Menu

6.11.09

Pecados Sagrados
Nora Roberts


Combinando cenas de suspense explosivo com paixões arrebatadoras, Nora Roberts bota pra ferver nesta novíssima e clássica história - a tórrida narrativa de um casal no encalço de um assassino enlouquecido, uma busca que os fará mergulhar de cabeça no perigo.

Nos indolentes dias de verão, uma impiedosa onda de calor é o principal assunto na capital norte-americana. Mas a condição climática logo deixa de ser matéria das primeiras páginas quando uma jovem é encontrada morta por estrangulamento. Um bilhete foi deixado: Seus pecados lhe são perdoados. Logo surgem duas outras vítimas, e, de repente, as manchetes passam a ser dedicadas ao assassino que a imprensa apelidou de "Padre". Quando a polícia pede à Dra. Tess Court, uma psiquiatra renomada, que auxilie na investigação, ela apresenta o retrato de uma alma perturbada. O detetive Ben Paris não dá a mínima para a psique do assassino. No entanto, o que ele não consegue descartar com facilidade é a sensual Tess. Moreno, alto e bonitão, Ben tem uma reputação lendária com as mulheres, mas a fria e elegante Tess não reage como as outras que ele conheceu... e o detetive acha o desafio sedutor. Agora, enquanto os dois estão juntos numa perigosa missão para deter um serial killer, irrompe a chama de uma paixão incandescente. Mas há alguém que também está de olho na linda médica loura... e só resta a Ben rezar para que, se o assassino atacar, ele consiga detê-lo antes que seja tarde demais...

Depois de tanto falarem mal de Tesouro Secreto eu li esse livro com um pé meio atrás, eu sou fã de carteirinha da Nora, mas tenho que dizer que alguns dos livros escritos por ela em seu inicio de carreira não são tão incrivel como os "atuais", são um pouco mais simples, acredito que esse seja o termo ideal, pois falta uma emoção a mais, mas esse livro foi uma adoravel surpresa, nele conhecemos a Dra. Tess que é psiquiatra e tem sua vida bem organizada e metodica sem grandes sobressaltos, ela é convidada a ajudar em uma investigação e assim conhece o detetive Ben Paris que ao contrario dela encara a vida de frente, ele não gosta de psiquiatras por motivos que ao decorrer da história são mostrados e nos fazem entender um pouco mais esse detetive linha dura. A relação entre esse dois é uma luta de vontades, os dois estão constatemente tentando negar que se amam, mesmo quando não conseguem ficar longe um do outro. A parte policial do livro é instigante e ficamos o tempo todo querendo saber quem é o assassino.

Este livro faz parte de uma serie junto com Virtude Indecente que ainda não li, mas já está lista, assim que ele chegar e eu terminar a leitura posto aqui, enquanto isso uma boa leitura e se divirtam!



4 comentários:

  1. Oi meninas, estou sorteadno esse livro e Virtude indecente lá no blog.

    Participem!

    bjs

    http://meninasdabahia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ju,

    que bom que vc gostou...

    Depois eu quero..risos...

    Bjos,

    ResponderExcluir
  3. Ju e Nora, Nora e Ju... rs
    Querida tem selinho pra você no meu blog!

    bjsss

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.