Menu

2.12.09

A Rosa do Inverno
A Rosa do inverno é um delicioso romance escrito por Patrícia Cabot (pseudônimo de Meg Cabot). A história gira em torno de Lord Edward Rawlings e Pegeen MacDougal. Edward é um segundo filho, mas seu irmão mais velho fugiu com a filha de um vigário escocês e foi assassinado, deixando um filho órfão (renegado por seu pai) e o irmão Edward com um título que não queria. No entanto, antes de morrer, o pai pede desculpas por renegar seu filho (já morto) e pede para encontrar o jovem que agora é herdeiro do título Rawlings.

Quando a história começa, Edward está tentando convencer Jeremy, o jovem herdeiro de deixar Escócia e vir com ele. No entanto, há uma única coisa em seu caminho, a tia do menino Pegeen se recusa a permitir que ele deixe o país, apesar do fato de que ela está vivendo na miséria relativa após a morte de seu pai, o vigário. Pegeen é uma reformadora social, que não entende como os membros da aristocracia pode gastar o montante de dinheiro que eles fazem sobre coisas frívolas, como trajes de charadas.


Eventualmente, Pegeen concorda em acompanhar Edward Rawlings, depois de perceber que a sua única alternativa é aceitar a proposta do novo Vigário de casamento. ( Para aqueles que leram Orgulho e Preconceito, este novo vigário é tão odioso e chato, mais do que Collins, que propõe casamento a Elizabeth Bennett. Para aqueles que não leram Orgulho e Preconceito, em suma, o vigário é um babaca total.) Ela também é convencida a deixar Escócia, quando Edward diz a ela que as rosas crescer durante o ano todo em Rawlings Manor. Pegeen rapidamente ajusta à vida aristocrática, embora ela ainda acha que é ridiculamente extravagante. Esta é a primeira vez que ela já teve mais de dois vestidos e também a primeira vez que ela e Jeremy ter sido capaz de comer carne todos os dias da semana. Além disso, Jeremy nunca possuiu tantos brinquedos. Finalmente, Pegeen se apaixona por Edward, que se sente da mesma forma (isso depois de muita lenga-lenga , idas e volta...).


Tudo parece estar perfeito ... exceto que um vilão que aparece no meio deles. Lady Arabella é casada com o Visconde, que mora ao lado. Seu marido, que é muito mais velho, não beneficia de funções sociais, Arabella trata Rawlings Manor como sua própria casa, tem um caso há muitos anos com Edward. Deseja vingança quando é trocada pela jovem Pegeen por quem seu amante se apaixonou. Escolhe para atacar a Pegeen ao revelar um segredo horrível.

Um livrinho histórico agradável de ler. Confesso que o que mais me encantou nele foi a capa. Esperava mais do livro quando o vi, mas quem disse que não se pode julgar o livro pela capa... acertou.


1 comentários:

  1. Ahhh, eu adorei esse livro!
    Ele é tão gostosinho de ler! Uma leitura leve né?
    A caoa dele é linda mesmo!

    bjs

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.