Menu

26.12.09

Se Houver Amanhã
Sidney Sheldon

Relata a história de uma mulher chamada Tracy Whitney, que se considerava a mulher com mais sorte no mundo. Ela ganhava bem em seu emprego e ia se casar com um homem da alta-sociedade, que era carinhoso e bonito, tudo o que uma mulher poderia desejar. Esse sentimento de felicidade durou somente até uma tragédia acontecer com sua mãe, e Tracy cair em uma cilada e ser condenada a quinze anos de prisão. Ela conseguiu a liberdade antes do prazo, e começou a bolar a vingança contra todos os que a haviam prejudicado. Gostou de enganar pessoas que enriqueciam à custa de outros e assim tornou-se uma ladra, que se passava por várias mulheres diferentes. Um detetive foi incumbido de desvendar o caso. Ele já sabia desde o começo quem era a mulher, mas precisava de provas, pois Tracy e seus crimes eram um desafio para a polícia de vários países.

INTELIGENTE...

Essa palavra é ideal para descrever esse livro, eu nunca havia lido nada do Sidney Sheldon, apesar das referencias boas que sempre ouvi a respeito dele, tenho que confessar que não achava que fosse gostar do estilo do autor, pode chamar de cisma tola. Ainda bem que sempre temos uma amiga ou outra para nos empurrar um livro, Thalita você me falou tanto desse livro que quando eu o vi na casa da Erika não resisti e o trouxe para casa. Quando comecei a ler não consegui mais parar, esse livro me emocionou, irritou, agradou e acima de tudo isso surpreendeu, claro que eu já sabia pelo resumo como seria a história, ou melhor, eu achava que sabia, pois a cada pagina lida um universo de surpresas surgia. Esse livro não é exatamente um romance dos que costumo ler, o ponto principal da história não é o romance que acontece, esse é apenas uma parte do livro, algo inevitável, o foco aqui é a Tracy e como alguma vezes a vida nos passa a perna para depois nos ajudar a levantar, esse livro em alguns momentos me lembrou doce vingança da Nora Roberts, se vocês já leram sabem do que estou falando, se não leram eu recomendo.

Estou muito feliz de finalmente haver lido algo desse autor, posso dizer a vocês que esse não será meu ultimo livro dele.

Minha nota: Um merecido 10.


24.12.09

Impressões Digitais
Barbara Delinsky


Em Impressões Digitais, Barbara Delinsky traz uma história intrigante desde o início, por meio de descrições minuciosas, o leitor consegue visualizar e entender perfeitamente todos os detalhes da trama e seus personagens.

Na história, Robyn Hart é uma jornalista que denuncia o incêndio criminoso que causou a morte de seu marido. Como as investigações resultam na prisão de um importante deputado, ela se torna uma protegida do Programa de Proteção a Testemunhas. Agora como Carly Quinn, toca sua vida, mas sem deixar o medo para trás. Sua única certeza é que, em algum momento, ela será encontrada e não terá como escapar.

Eu ganhei esse livro do Aluizio(Meu melhor amigo) e antes de falar de como eu gostei desse livro, quero agradecer a ele. Aluizio muitíssimo obrigado. Nem tanto pelo livro, claro que eu adorei o presente, mas quero agradecer principalmente por você fazer parte da minha vida. É engraçado como algumas coisas que não tem como dar certo acabam se tornando tão importantes, por isso pela pessoa que você é eu estou agradecendo. Bem, mas voltando ao livro, eu simplesmente amei, fazia um tempo que eu tava querendo ele, cheguei a pensar em pedir ao meu amigo secreto, mas devido o preço estar muito alto na época acabei deixando de lado e pedindo outro. Eu não tenho muita experiência com livros dessa autora, para ser sincera acredito que dela só li dois livros, mas a impressão que ela me deixou foi das melhores. Ao ler a sinopse do livro imediatamente fiquei atraída, quer dizer você deixar toda uma vida para trás e começar do zero por fazer algo que acredita ser o certo, eu não sei se teria essa coragem. É sobre isso que livro nos fala sobre recomeço, sobre fazermos o que é certo e não o mais fácil. Eu me apaixonei de cara pelo Ryan (nosso mocinho) ele é aquele tipo de homem que nos mostra que podemos sim confiar e nos entregar, por muitas vezes me peguei suspirando em trechos desse livro, a relação desse casal começa em meio a um emaranhado de mentiras e sobrevive; Sei que vocês devem estar pensando essa menina “viaja”, afinal é só um livro, mas tenho que confessar a vocês que quando estou lendo um livro como esse, minha esperança no mundo e nas pessoas se renova e não falo só da relação homem/mulher e sim da relação entre os seres humanos, pois esse livro é recheado delas.

Acredito que já falei demais, mas se você assim como eu adora "viajar" esse é o livro ideal.

Um feliz Natal para todos, desejo muita paz, amor e saúde, pois o resto à gente conquista. Ah, não posso deixar de desejar a vocês muitos e muitos livros, que o papai Noel seja generoso.


Ho Ho Ho...


Caminhada


Sei que na minha caminhada tem um destino e uma direção, por isso devo medir meus passos, prestar atenção no que faço e no que fazem os que por mim também passam ou pelos quais passo eu...

Que eu não me iluda com o ânimo e o vigor dos primeiros trechos, porque chegará o dia em que os pés não terão tanta força e se ferirão no caminho e se cansarão mais cedo...

Todavia, quando o cansaço houver, que eu não me desespere e acredite que ainda terei forças para continuar, principalmente quando houver quem me auxilie...

É oportuno que, em meus sorrisos, eu me lembre de que existem os que choram, que, assim, meu riso não ofenda a mágoa dos que sofrem: por outro lado, quando chegar a minha vez de chorar, que eu não me deixe dominar pela desesperança, mas que eu entenda o sentido do sofrimento, que me nivela, que me iguala, que torna todos os homens iguais...

Quando eu tiver tudo, farnel e coragem, água no cantil, e ânimo no coração, bota nos pés e chapéu na cabeça, e, assim, não temer o vento e o frio, a chuva e o tempo.

Que eu não me considere melhor do que aqueles que ficarão atrás, porque pode vir o dia em que nada terei mais para minha jornada e aqueles, que ultrapassei na caminhada, me alcançarão e também poderão fazer como eu fiz e nada de fato fazer por mim, que ficarei no caminho sem concluí-lo...

Quando o dia brilhar, que eu tenha vontade de ver a noite em que a caminhada será mais fácil e mais amena; quando for noite, porém e a escuridão tornar mais difícil a chegada, que eu saiba esperar o dia como aurora, o calor como bênção...

Que eu perceba que a caminhada sozinho pode ser mais rápida, mas muito mais vazia...

Quando eu tiver sede, que encontre a fonte no caminho, e quando eu me perder, que ache a indicação, a seta, a direção...

Que eu não siga os que desviam, mas que ninguém se desvie seguindo os meus passos...

Que a pressa em chegar não me afaste da alegria de ver as flores simples que estão a beira da estrada, que eu não perturbe a caminhada de ninguém, que eu entenda que seguir faz bem, mas que, às vezes, é preciso ter-se a bravura de voltar atrás e recomeçar e tomar outra direção...

Que eu não caminhe sem rumo, que eu não me perca nas encruzilhadas, mas que eu não tema os que assaltam-me, os que embuçam, mas que eu vá onde devo ir e, se eu cair no meio do caminho, que fique a lembrança de minha queda para impedir que outros caiam no mesmo abismo....

Que eu chegue, sim, mas, ainda mais importante, que eu faça chegar quem me perguntar, quem me pedir conselho e, acima de tudo, me seguir confiando em mim !



(Ponsancini)

Feliz Natal e um ano novo maravilhoso.
Que nosso papel noel siga o exemplo desse acima... rsrsrs


21.12.09


Para Sempre - Os Imortais - Volume 1
Alyson Noel


Ever Bloom tinha uma vida perfeita: era uma garota popular, acabara de se tornar líder de torcida do principal time da escola e morava numa casa maravilhosa, com o pai, a mãe, uma irmãzinha e a cadela Buttercup. Nada no mundo parecia capaz de interferir em sua felicidade, o céu era o limite! Até que um desastre de automóvel transformou tudo em um pesadelo angustiante. Ever perdeu toda a sua família. Mudou de cidade, de escola, de amigos, e agora, além de todas essas transformações em sua vida, ela precisa aprender a conviver com uma realidade insuportável: após o acidente, ela adquiriu dons especiais. Ever enxerga a aura das outras pessoas, pode ouvir seus pensamentos e, com um simples toque, é capaz de conhecer a vida inteira de alguém. É insuportável. Ela foge do contato humano, esconde-se sob um capuz e não tira dos ouvidos os fones do i-pod, cujo som alto encobre o som das mentes a seu redor. Até que surge Damen. Tudo parece cessar quando ele se aproxima. Só ele consegue calar as vozes que a perturbam tão intensamente. Ever não entende o porquê disso, mas é incapaz de resistir à paz que ele lhe proporciona, à sensação de, novamente, ser uma pessoa normal. Ela não faz ideia de quem ou o quê Damen realmente é. Sua única certeza é estar cada vez mais envolvida... e apaixonada.

O livro me chamou atenção inicialmente pela capa e em seguida pela sinopse e desde então entrou na minha lista de aquisições e ontem felizmente tive o prazer de comprá-lo e posso dizer que valeu muito a pena. Já no inicio, o livro nos prende e nos proporciona um mistério para ser resolvido, afinal o que será que o Damen tem de especial que atrai tanto a Ever?A Ever é um adolescente que sofreu uma tragédia e a partir de então tem sua vida totalmente alterada, deve aprender a conviver com sua nova realidade, novo colegio, novos amigos, nova família e claro novos dons e principalmente vai precisar aprender a dizer adeus quando necessário. Este livro faz parte de uma serie e aguardo ansiosa pelos próximos.


Recomendo.


18.12.09


Coração Ferido-Chelsea Cain

"Cain criou uma Femme Fatale cruel e impulsiva difícil de ser superarada”
The New York Times

"Esse thriller extraordinário revigora o gênero"
Publishers Weekly

“A Gretchen Lowell de Chelsea Cain é arrebatadora,
a serial killer mais original desde Hannibal Lecter.”
Chuck Palahniuk

Um dos melhores thrillers do ano.”
Booklist

Trama inteligente e personagens inesquecíveis.”
Kirkus Review

“Impossível largar!”
Library Journal


O detetive Archie Sheridan passou dez anos perseguindo Gretchen Lowell, uma estonteante serial killer, mas foi ela quem o capturou. Dois anos atrás, Gretchen aprisionou-o e torturou-o por dez dias, mas, em vez de matá-lo, ela surpreendentemente o deixou partir, entregando-se à polícia. Agora ela está na cadeia pelo resto da vida, enquanto Archie se vê em outro tipo de prisão viciado em analgésicos, incapaz de voltar à sua antiga vida e sem forças para apagar aqueles dez dias horrendos de sua lembrança. Sua mulher, de quem se afastou, diz que o velho Archie não existe mais, e ele concorda. As visitas a Gretchen são semanais, com a justificativa de que só ele pode fazê-la confessar onde estão os corpos das vítimas. Mas Archie sabe qual o real motivo, ele simplesmente não consegue ficar longe dela. Quando outro criminoso começa a seqüestrar meninas em Portland, Archie tem que se recompor para liderar uma nova força-tarefa que investigará os assassinatos. Uma repórter jovem e determinada, Susan Ward, acompanha o trabalho do grupo, o que desencadeia um jogo mortal entre Archie, Susan, o novo serial killer e até Gretchen. Eles têm um maníaco para capturar, e talvez isso liberte Archie de Gretchen de uma vez por todas.


Pegue tudo que você pensa sobre Serial Killers e sobre crueldade.
Jogue tudo no LIXO!!


Surpreendente, Maravilhoso, Inesquecível...

Chelsea tem uma forma de escrever e de envolver você na trama que fica impossível você largar o livro até terminar e quando termina é pensando em partir pro próximo.

Os personagens são "perfeitos" e complexos.
Archie e Gretchen tem uma química que não vejo em outros casais, a relação entre eles é doentia. Uma forma de amor bem distorcida.

Archie depois de Gretchen não é mais o mesmo, nosso mocinho se divorciou da mulher que ama, abandonou os filhos, virou dependente de remédios. Está afastado da Polícia há dois anos, voltou por insistência de um amigo.Vive sempre chapado e relembrando os dez dias que passou em cativeiro.
Tem certas horas que eu tenho muita pena dele, mas ele não é de todo um santo não.

Gretchen é bonita, inteligente e sem sentimentos...os ingrediente certos para uma assassina. Manipuladora Gretchen gosta de sentir que tem poder sobre as pessoas e sobre as situações, gosta da tortura física e mental. Mata por prazer.

Ela não é má... é pior!!!


Só um aperitivo:

-Se Gretchen tivesse compaixão, teria me deixado morrer. Eu queria morrer. Estava pronto para morrer. Se tivesse me dado um bisturi eu teria furado meu pescoço e sangrado até a morte no porão dela com um sorriso na cara. Não foi favor nenhum ela não ter me matado. Gretchen gosta de ver os outros sofrerem. E simplesmente achou uma maneira de prolongar minha dor e o prazer dela. Acredite, foi a coisa mais cruel que ela podia fazer por mim. Se tivesse pensado em algo mais cruel,teria feito. Gretchen não tem misericódia.



Amei o livro. Muitíssimo obrigada Jê... Fique sabendo que seu esforço pra me dar o livro não foi em vão. Amei cada página e palavra.

17.12.09



Marsha Mellow e eu
Maria Beaumont




Como Explodir a sua vida em Dez lições por Amy Bickerstaffm Ph.D em Roubada


1. Quando o seu namorado, um cara com uma quedinha por emoções em horizontais fortes, der um fora em você porque te acha careta demais para o gosto dele, abra o seu laptop e escreva um romance no gênero pode-vir-quente-que-eu-estou-fervendo, só para provar a si mesma que, em matéria de Kama Sutra, você da de dez nele (e no kama Sutra Também).


2. Deixe o Laptop ao alcance daquela sua irmã que adora te meter em encrencas, para que ela descubra o livro quando você estiver dormindo
e o mande para 5 agentes literários sem o seu conhecimento.


3. Aceite se encontrar com a superagente Mary McKenzie, uma encantadora hipopótama com astúcia de 007, a fineza de uma lady e o faro de um perdigueiro para contratos milionários.


4. Feche o negócio com um editor que nunca viu você mais gorda para publicar o seu livro sob o pseudônimo de Marsha Mellow.


5. Torne-se a autora mais vendida da Inglaterra... e a mais procurada pelo jornal Daily Mail, quando ele lançar uma campanha pondo a sua cabeça a prêmio por fazer com que o número de adolescentes grávidas triplique no país.


6. Não conte nada para sua mãe (aquela fera que não sabe nem que você fuma, ou você não estaria viva para fumar). E continue escondendo dela que o seu melhor amigo é um gay que trabalha numa boate chamada seminário, não um estudante de teologia.


7. Vá pela cabeça da sua irmã (é, aquela das encrencas) e contrate um detetive particular pinta-braba para seguir o seu pai, que anda pulando a cerca. Ah, e não se esqueça de pedir a ela para tocar no segredo de Marsha Mellow na escada do prédio do cara, quando ele estiver bem atrás de você.


8. Siga o instinto infalível de sua superagente e compareça com um modelito fatal ao encontro secreto que ela marcou entre você e o seu editor, um bode velho que não pode ver um decote bem-dotado sem babar na gravata.


9. Sucumba às saudades, deixe o seu ex-namorado pervertido levar você para um quarto de hotel e fique de queixo (e vestido) caído com a surpresa que ele lhe preparou, inspirado em Marsha Mellow! (Mas você também tem uma na ponta da língua para ele, não tem?)


10. Quando o circo estiver pegando fogo, experimente contar que é Marsha Mellow para o diretor da revista onde você trabalha - isso mesmo, aquele sósia de George Clooney com quem você vive se casando e tendo filhos nos seus sonhos.


Procure um abrigo antiaéreo, tape os ouvidos e boa sorte!


Adorei este livro! É leve, engraçado e fácil de ler.


15.12.09

Sedução - Nicole Jordan

Sedução
Nicole Jordan

Lord Damien Sinclair dedica todo seu tempo a seu próprio prazer, ou seja, jogos e mulheres. Mas essa rotina muda quando sua irmã Olivia sofre um acidente em uma situação comprometedora, que pode deixar sua reputação abalada. Damien jura vingança contra Aubrey, o nobre que teria causado mal a Olivia, mas não esperava encontrar um obstáculo tão... sedutor: Vanessa Wyndham, a irmã do rapaz. Ela se oferece para cuidar de Olivia, que perdeu os movimentos das pernas e está presa à cama. Damien aceita, com uma escandalosa condição: Vanessa também teria de ser sua amante. Nesse romance de intriga e sedução, a autora explora sentimentos que nem sempre são revelados. Será que os corações escaparão ilesos quando o acordo for posto em prática?

Eu ganhei esse livro no amigo secreto da comunidade Adoro romances em Fortaleza no ultimo dia 06 desse mês, minha amiga secreta foi a Erika e antes de qualquer coisa gostaria de agradecer a ela por me presentear com este livro e claro me apresentar ao lorde Sin ou se preferirem lorde Sinclair.
Este livro é exatamente como sua sinopse o descreve, eu tentei ler devagar, aproveitar um pouco mais do meu presente, mais a partir do momento que comecei a ler não consegui mais parar.
Damien é um devasso e quando digo um devasso é mesmo um devasso, em toda a minha experiência com livros históricos, este foi o primeiro que li que realmente me mostrou um lado desses lordes tão ricos e entediados;  É um lorde com dinheiro e tempo ocioso demais e por isso preenche esse tempo da forma que deseja. Sua relação com Vanessa "sortuda" Wyndham começa por causa de umas bobagens que o irmão dela faz, assim nossa inocente Vanessa entra em mundo de grandes prazeres.
O que mais me tocou nesse livro é a vulnerabilidade do lorde Sin, no decorrer do livro seus sentimentos mudam e a autora nos faz acompanhar essa mudança, conhecemos seus pensamentos e os motivos por suas ações, claro que algumas são baseadas apenas no prazer, mas sua dedicação e paciência com sua irmã são tocantes, um homem que deseja remediar seus muitos erros e que no caminho para a redenção acaba cometendo alguns outros. Em relação a Vanessa o que posso dizer, acredito que nunca uma mulher foi tão bem ensinada nas artes do amor, quero deixar aqui uma aviso para aquelas leitora que não gostam de livros muito explícitos ou Hots como estamos acostumadas a dizer, se você é dessas leituras fique bem longe desse livro, pois só de estar perto dele sua temperatura vai subir.
Minha nota para esse livro é 10. Minha nota para esse casal é 1000.
Uma frase inesquecível: "Se me chegasse a você, ia me querer, mesmo corrupto? Meu amor maculado de pecado e decadência?"

O que acham que ela respondeu?


11.12.09


A filha da minha melhor amiga
Dorothy Koomson

O que você faria se não tivesse a chance de dizer adeus a sua melhor amiga no leito de morte?

Se não tivesse uma segunda chance de ser perdoada por seus erros ou de perdoar alguém?

Este é o enredo do livro “ A filha da minha melhor amiga” de Dorothy Koomson.

Ganhei esse livro no amigo secreto da Adoro Romances em Fortaleza. Pela segunda vez consecutiva a Rafinha me tira, isso é que é ter sorte (ei.. a sortuda sou eu , ta? rsrs ).
Amiga, obrigada! Acho que eu não poderia ter ganhado livro melhor. Me emocionei desde o começo com a lição de vida, e com a sensibilidade com que o livro trata a morte e o sentimento de não ter dito tudo o que tinha pra dizer e não ter ouvido tudo que tinha que ouvir.

As protagonistas Kamryn, Adele e Tegan são espetaculares e fizeram eu me apaixonar com suas particularidades:
Kamryn com sua dor pela traição do noivo com sua melhor amiga.

Adele com sua doença e culpa de ter acabado com a vida de sua melhor e única amiga.

Tegan com sua inocência e com dor de perder da mãe e por passar por maus tratos.

Não posso dizer que o livro é uma novidade, uma revolução no mundo literário. Não é!
Já vi inúmeros filmes e livros que tratam desse assunto: Doença, superação e esperança.

Mas este me sensibilizou.
A forte relação de amizade entre Kamryn Matika e Adele Brannon, companheiras desde os tempos de faculdade, é destruída num instante de traição que marcará as suas vidas para sempre.
Anos depois desse incidente, Kamryn é uma mulher com uma carreira de sucesso, que vive sem ligações pessoais complexas, protegendo-se de todas as desilusões. Mas eis que, no dia do seu aniversário, Adele a contacta... A amiga de Kamryn está a morrer e implora-lhe que adote a sua filha, Tegan, fruto da sua ilícita relação de uma noite com Nate.

Ao longo do livro acompanhamos a relação de Kamryn e Tegan, e todas as aventuras que passam juntas e a tentativa de Kamryn de conciliar a sua nova vida com a anterior! Nota-se bastante a mudança na relação entre ambas ao longo do período de adaptação e tal como acontece às outras personagens, também nós acabamos por ser conquistados por Tegan!!

Terá ela outra escolha? Será o perdão possível? O que estará Kamryn disposta a fazer pela amiga que lhe partiu o coração?

Uma viagem dolorosa e comovente de auto-conhecimento, uma leitura de cortar a respiração.
De chorar, rir e tremer de emoção, este livro é uma curiosa revelação que exige uma reflexão extrema. Profundamente emotivo, este livro vai marcá-lo com toda a certeza. O perdão e a amizade como motes principais, obrigam-nos a várias perguntas interiores. Até que ponto seremos capazes de perdoar!?

Deixo aqui um pequeno trecho:

…” A minha melhor amiga sabia que eu a amava incondicionalmente, pois tinha-me deixado a sua recordação mais preciosa. Tinha-me confiado o seu único e verdadeiro amor. E adotar Tegan, transformar a filha da minha melhor amiga na minha filha, era todo o perdão que Adele poderia ter precisado…”

9.12.09

Reencontros - Linda Howard


Sinopse

Desaparecem a dezenas, cada dia, em todo o país.

Homens, mulheres e meninos, muitos dos quais nunca voltam a dar sinais de vida.

Milla dedica todo seu tempo e energia a encontrá-los, umas vezes com êxito, outras não. Há dez anos, impulsionada pela lembrança da terrível tragédia que trocou sua vida para sempre, está derrubada em corpo e alma na organização de voluntários Finders. Agora, por fim, aparece uma pista sobre o caso que a atormenta, um fino fio que descobre uma trama sinistra de roubo de meninos e de assassinatos. Nas perigosas cidades fronteiriças com o México, povoadas de traficantes, assassinos e ladrões, inunda-se em um jogo letal no que o caçador pode converter-se rapidamente em caçado. Ali, Milla se verá obrigada a confiar em um homem estranho e perigoso, um profissional sem escrúpulos. Alguém que pode ajudá-la, mas também arrastá-la a um caminho sem retorno...

Gosto muio de Linda, seria até suspeita de falar.... mais esse livro mexe muito com a gente. Ainda não sou mãe mais me coloco muito no lugar dela. Em várias situações sofri e ri junto com a personagem. Esse é um livro que a gente ri, chora, tem medo, se assusta, tudo ao mesmo tempo. Tem uma leitura super fácil e com gostinho de quero mais. Li em dois dias. E olha que eu trabalho o dia todo. Reencontros, um livro hipnotizante de Linda Howard, é uma história para mexer com os nervos e com o coração. Aguenta coração.

6.12.09

A Princesa de Rosa - Shocking
Meg Cabot


Até as princesas sonham. E Mia Thermapolis não é diferente: mesmo sendo herdeira de um pequeno principado europeu e morando em Nova York, uma das cidades mais interessantes do mundo, ela só pensa no baile de formatura. Em A PRINCESA DE ROSA-SHOCKING, quinto volume da série O Diário da Princesa ? que deu origem à superprodução dos Estúdios Disney estrelada por Julie Andrews e Anne Hathaway e um dos lançamentos mais vendidos pela Editora Record ?, ela precisa convencer o namorado Michael a vestir um smoking, comprar um belo buquê e alugar uma limusine para o evento.Com uma linguagem leve e descontraída, Cabot acompanha as peripécias de Mia: o envolvimento numa greve e a rescisão do contrato que a obriga a passar suas férias com a avó. Mas, fora isso, tudo vai bem para a princesinha. Ela é a mais nova integrante do jornal da escola, e o milagre de conseguir passar em álgebra está prestes a acontecer. Além disso, logo vai ganhar um irmãozinho ou uma irmãzinha. Mesmo que a mãe passe toda a gravidez reclamando dos inconvenientes de se ir ao banheiro de meia em meia hora.A voz da personagem principal continua cativando adolescentes do mundo inteiro e a trama está mais deliciosa e divertida, repleta de referências à cultura pop americana. As listas com os gatos mais quentes, os melhores filmes e pegadas do cinema ganham a versão Baile de Formatura. Mia fala sobre todos os filmes de adolescente que mostram a formatura como peça fundamental no desenvolvimento do enredo. Principalmente A garota de rosa-shocking. Mia se identifica com o drama da personagem, de Molly Ringwald ? ela vai conseguir ir à festa de formatura com o menino rico bonito ou vai com o pobre esquisito? ? embora odeie o vestido escolhido. A cor é boa, mas parece um saco de batata pavoroso.O livro é uma indiscreta espiadela num mundo totalmente selvagem. Cada página, o resumo perfeito das agruras e neuroses dos adolescentes. Desde amores não correspondidos até dias de cabelo ruim, passando por dúvidas existenciais e movimentos para salvar o planeta. Não esquecendo conflitos nada clássicos com os pais, festas de arromba, roupas e muita pegação.



O Projeto da Princesa
Meg Cabot

A maioria das princesas prefere passar as suas pausas Primavera em Gstaad, ou alguns outros igualmente impronunciáveis Europeia hot spot. Não é um presente, no entanto. Martelo na mão, Princesa Mia embarca em uma épica aventura de um modo reconhecidamente maljeitoso: juntamente com ela a partir de coortes escola, ela está fora para construir casas para os menos afortunados. Mas Mia não leva muito tempo a perceber que ajudar os outros, não é um nobre passatempo, é muito trabalho duro.O seu espírito prevalecerá?Vai dar vontade de voltar pra casa devido ao colapso da construção desastrada? E mais importante, Michael vai parar de funcionar durante um período suficiente para beijá-la.

Livro curto mas muito engraçado.Principalmente porque Mia só pensa em uma coisa beijar Michael,e não na nobre atitude de construir casas.

3.12.09

Promoção no Skoob

O Skoob, em parceria com as melhores editoras e livrarias nacionais, vai sortear os maiores lançamentos editoriais do ano. Para concorrer é simples, faça o seu cadastro no Skoob através do link abaixo e depois clique no link "Renove sua estante" no fim da página.Os ganhadores poderão escolher 10 livros que deseja ganhar, incluindo os maiores lançamentos do momento.

Vamos participar meninas!!!!!

2.12.09

O lago da paixão

O Lago da Paixão
Barbara Delisnk


"O Lago da Paixão" conta a história de Lily Blake, uma talentosa cantora que preza bastante sua privacidade. Enganada por um repórter inescrupuloso ao dar uma entrevista sobre sua amizade com um eminente sacerdote católico recém-elevado a cardeal, ela acaba se transformando numa pessoa discriminada. Assediada pela imprensa, demitida do emprego e com as manchetes da mídia culpando-a por seu comportamento, Lily não encontra outra opção senão retornar à sua cidade natal, Lake Henry, situada na zona rural de New Hampshire. Lá, encontra John Kipling, editor do semanário local Lake News. Desde o princípio, Kipling vê Lily como uma vítima, além de um formidável personagem para o livro que planeja escrever. Tentando persuadi-la a processar seus detratores, Kipling sente-se cada vez mais atraído por Lily, sem se importar com a posição dos amigos por ficar ao lado dela. "O Lago da Paixão" oferece uma história comovente do complexo relacionamento entre um homem enigmático e uma mulher vulnerável e assediada, que, juntos, lutam para encontrar um novo rumo para suas vidas, num lugar estranho, outrora chamado de lar.

Eu particularmente esperava mais do livro por ser da Barbara, tem um bom enredo mais gosto de livro com mais romance, mais.... não sei dizer.... sinto que falta algo. Se fosse mais explorado ou de forma diferente talvez fosse melhor. Nota 10 para o romance da irmã dela com um dos repórteres.

A Rosa do Inverno
A Rosa do inverno é um delicioso romance escrito por Patrícia Cabot (pseudônimo de Meg Cabot). A história gira em torno de Lord Edward Rawlings e Pegeen MacDougal. Edward é um segundo filho, mas seu irmão mais velho fugiu com a filha de um vigário escocês e foi assassinado, deixando um filho órfão (renegado por seu pai) e o irmão Edward com um título que não queria. No entanto, antes de morrer, o pai pede desculpas por renegar seu filho (já morto) e pede para encontrar o jovem que agora é herdeiro do título Rawlings.

Quando a história começa, Edward está tentando convencer Jeremy, o jovem herdeiro de deixar Escócia e vir com ele. No entanto, há uma única coisa em seu caminho, a tia do menino Pegeen se recusa a permitir que ele deixe o país, apesar do fato de que ela está vivendo na miséria relativa após a morte de seu pai, o vigário. Pegeen é uma reformadora social, que não entende como os membros da aristocracia pode gastar o montante de dinheiro que eles fazem sobre coisas frívolas, como trajes de charadas.


Eventualmente, Pegeen concorda em acompanhar Edward Rawlings, depois de perceber que a sua única alternativa é aceitar a proposta do novo Vigário de casamento. ( Para aqueles que leram Orgulho e Preconceito, este novo vigário é tão odioso e chato, mais do que Collins, que propõe casamento a Elizabeth Bennett. Para aqueles que não leram Orgulho e Preconceito, em suma, o vigário é um babaca total.) Ela também é convencida a deixar Escócia, quando Edward diz a ela que as rosas crescer durante o ano todo em Rawlings Manor. Pegeen rapidamente ajusta à vida aristocrática, embora ela ainda acha que é ridiculamente extravagante. Esta é a primeira vez que ela já teve mais de dois vestidos e também a primeira vez que ela e Jeremy ter sido capaz de comer carne todos os dias da semana. Além disso, Jeremy nunca possuiu tantos brinquedos. Finalmente, Pegeen se apaixona por Edward, que se sente da mesma forma (isso depois de muita lenga-lenga , idas e volta...).


Tudo parece estar perfeito ... exceto que um vilão que aparece no meio deles. Lady Arabella é casada com o Visconde, que mora ao lado. Seu marido, que é muito mais velho, não beneficia de funções sociais, Arabella trata Rawlings Manor como sua própria casa, tem um caso há muitos anos com Edward. Deseja vingança quando é trocada pela jovem Pegeen por quem seu amante se apaixonou. Escolhe para atacar a Pegeen ao revelar um segredo horrível.

Um livrinho histórico agradável de ler. Confesso que o que mais me encantou nele foi a capa. Esperava mais do livro quando o vi, mas quem disse que não se pode julgar o livro pela capa... acertou.


1.12.09


Desafio Literário 2010

Fui apresentada ao desafio aqui mesmo no Blog...a Juliana já tinha comentado comigo em uma ida ao cinema sobre o desafio e vim dá uma conferida...e me inscrevi.

O objetivo do Desafio é ler 12 livros a partir de janeiro cada um por mês indo desde romances de banca á livros de suspense.Além disso promover a variedade de autores e estilos literários.
E no fim de cada mês vou postar aqui as minhas impressões sobre o livro.

Depois de pensar,pesquisar,analisar,fazer várias listas terminei...enfim.

Aqui está minha lista:

1.Janeiro:Romance de banca

Livro Escolhido:Mais Forte Que a Paixão-Terri Brisbin
Livro Reserva:A Força do Sentimento & Possuida-Penny Jordan


2.Fevereiro:Romance que nos remeta aos contos de fada

Livro Escolhido:Tithe[Fadas Ousadas e Modernas]-Holly Black
Livro Reserva:O Jardim Secreto-Frances Burnett

3.Março:Clássico da Literatura Universal

Livro Escolhido:Orgulho e Preconceito-Jane Austen
Livro Reserva:Emma-Jane Austen


4.Abril:Um livro de Escritor(a) Latino-Americano

Livro Escolhido:Confesso que vivi-Pablo Neruda
Livro Reserva:Amores em Tempos de Cólera-Gabriel Garcia Marques


5.Maio:Um Chick-lit

Livro Escolhido:A Caça de Harry Winston-Laura Winsberger
Livro Reserva:Um Best-Seller Pra Chamar de Meu-Marian Keyes


6.Junho:Um livro de escritora brasileira

Livro Escolhido:Crocodilo Sonhador-Vanda Amorim
Livro Reserva:Venha Ver o Pôr-do-Sol-Lygia Fagundes Telles


7.Julho:Um livro adaptado para o cinema

Livro Escolhido:A Mulher do Viajante do Tempo-Audrey Niffenenger
Livro Reserva:O Caderno de Noah-Nicholas Spark


8.Agosto:Um romance policial

Livro Escolhido:Não Conte a Ninguém-Harlan Coben
Livro Reserva:A Casa do Penhasco-Agatha Cristhie


9.Setembro:Um romance histórico

Livro Escolhido: Agora e Sempre-Judith Mcnaught
Livro Reserva: Sedução-Nicole Jordan


10.Outubro:Um livro que contenha uma lição de vida

Livro Escolhido:Comer,Rezar e Amar-Elizabeth Gilbert
Livro Reserva:A Filha da Minha Melhor Amiga-Dorothy Koomson


11.Novembro:Um livro de escritor(a) de Portugal

Livro Escolhido:A Costa dos Murmurios-Lidia Jorge
Livro Reserva:Ensaio Sobre a Cegueira-Jose Saramago


12.Dezembro:Um livro que tenha a palavra "Coração" no título

Livro Escolhido:Coração Apaixonado-Chelsea Cain
Livro Reserva:Coração de Pedra-Charlie Fletcher


Bom agora é só esperar o ano começar.!!!!


Finalmente terminei minha lista do desafio literário, espero não precisar fazer nenhuma mudança. Ante de colocar a lista vou explicar para quem ainda não sabe o que é isso.

O Desafio Literário 2010 (By RG) visa:

1) Incentivar a leitura. Isso mesmo! Porque o desafio é ler 12 livros em 12 meses, ou seja, um livro para cada mês do ano. Ao final do ano, a leitura de 12 livros já está garantida. Sei que muitas de vocês podem quadruplicar essa lista em dias. Mas, enfim, o desafio que proponho é mais comedido nesse sentido.

2) Promover o conhecimento de novos autores e livros pouco conhecidos bem como congraçar os leitores convertidos em blogueiros e leitores sem blog também. Um ano de confubação de leituras em clima de unidade, não é uma boa?

3) Fazer com que nos lembremos dos livros soterrados nas pilhas que temos em casa e que cresce progressivamente a cada ano.

Agora que vocês sabem o que o desafio literário abaixo segue minha listagem:


Agenda do Desafio 2010 By RG


Janeiro – Para facilitar a vida de todas, leituras rápidas para o primeiro mês do ano. O desafio é ler um Romance de Banca ao estilo da Nova Cultural, Harlequin, entre outros livros vendidos em bancas. Vale qualquer segmento, Clássico Históricos, Momentos Íntimos, Júlia, Sabrina, etc… Tenho certeza que você tem um livro na pilha esperando para ser lido. Portanto não há desculpas.

Livro 1 - Caminhos do Coração - Diana Palmer.

Livro 2 - Não tenho.

Fevereiro – Um livro que nos remeta aos contos de fada. È baba! Nem tudo é inovação. Há muitas histórias baseadas nos contos de fadas. Patinho Feio, A bela e a fera, Cinderdela…

Livro 1 - As crônicas de Narnia - C.S Lewis.

Livro 2 - Penélope - Marilyn Kaye.

Março – Um clássico da Literatura universal. Só vale aquele que você nunca leu na vida. Sabe aquela coleção em destaque na estante que está lá só para fazer bonito? È lá que você vai pescar esse.

Livro 1 - Emma - Jane Austen.

Livro 2 - Jane Eyre - Charlotte Bronte.

Abril – Um livro de escritor(a)Latino-Americano. Leitura inédita só para lembrar!

Livro 1 - Pobre não tem Sorte - Leila Rego.

Livro 2 - Crocodilo Sonhador - Vanda Amorin.

Maio – Para aliviar, vai aí um Chick-lit. O mar está para peixe no que diz respeito ao gênero.

Livro 1 - Lembra de mim? - Sophie Kinsella.

Livro 2 - Melancia - Marian Keyes.

Junho – Um livro de uma escritora brasileira.

Livro 1 - A hora da estrela - Clarisse Lispector.

Livro 2 - Não tenho.

Julho – Um livro adaptado para o cinema. O que mais há ultimamente!

Livro 1 - A mulher do viajante do tempo - Audrey Niffenegger.

Livro 2 - P.S eu te amo - Cecelia Ahern.

Agosto – Um romance policial. Vale os autores mais clássicos ou autores do romance “romântico” policial.

Livro 1 - Fomos longe demais - Suzanne Brockmann.

Livro 2 - Não tenho.


Setembro – Um romance histórico. Cá entre nós, esse gênero é o queridinho de muitas!

Livro 1 - A rosa do Inverno - Patricia Cabot.

Livro 2 - Não tenho.

Outubro – Um livro que contenha uma lição de vida. Pode ser ficção ou não-ficção. Viu como facilitei?

Livro 1 - A filha da minha melhor amiga - Dorothy Koosom.

Livro 2 - Para minha irmã - Jody Picoult.

Novembro – Um livro de escritor(a) de Portugal. Com a aproximação ortográfica porque não uma aproximação literária?

Livro 1 - Ensaio sobre a Cegueira - José Saramango.

Livro 2 - Não tenho.

Dezembro – Um livro (ficção ou não ficção) que tenha a palavra “Coração” no título.

Livro 1 - Coração ferido - Chelsea Cain.

Livro 2 - Coração de Tinta - Cornelia Funke.


Para quem quiser participar é só clicar no link do desafio do lado esquerdo do blog. No decorrer do desafio irei postar as resenhas dos livros, então que começe a brincadeira...