Menu

11.12.09


A filha da minha melhor amiga
Dorothy Koomson

O que você faria se não tivesse a chance de dizer adeus a sua melhor amiga no leito de morte?

Se não tivesse uma segunda chance de ser perdoada por seus erros ou de perdoar alguém?

Este é o enredo do livro “ A filha da minha melhor amiga” de Dorothy Koomson.

Ganhei esse livro no amigo secreto da Adoro Romances em Fortaleza. Pela segunda vez consecutiva a Rafinha me tira, isso é que é ter sorte (ei.. a sortuda sou eu , ta? rsrs ).
Amiga, obrigada! Acho que eu não poderia ter ganhado livro melhor. Me emocionei desde o começo com a lição de vida, e com a sensibilidade com que o livro trata a morte e o sentimento de não ter dito tudo o que tinha pra dizer e não ter ouvido tudo que tinha que ouvir.

As protagonistas Kamryn, Adele e Tegan são espetaculares e fizeram eu me apaixonar com suas particularidades:
Kamryn com sua dor pela traição do noivo com sua melhor amiga.

Adele com sua doença e culpa de ter acabado com a vida de sua melhor e única amiga.

Tegan com sua inocência e com dor de perder da mãe e por passar por maus tratos.

Não posso dizer que o livro é uma novidade, uma revolução no mundo literário. Não é!
Já vi inúmeros filmes e livros que tratam desse assunto: Doença, superação e esperança.

Mas este me sensibilizou.
A forte relação de amizade entre Kamryn Matika e Adele Brannon, companheiras desde os tempos de faculdade, é destruída num instante de traição que marcará as suas vidas para sempre.
Anos depois desse incidente, Kamryn é uma mulher com uma carreira de sucesso, que vive sem ligações pessoais complexas, protegendo-se de todas as desilusões. Mas eis que, no dia do seu aniversário, Adele a contacta... A amiga de Kamryn está a morrer e implora-lhe que adote a sua filha, Tegan, fruto da sua ilícita relação de uma noite com Nate.

Ao longo do livro acompanhamos a relação de Kamryn e Tegan, e todas as aventuras que passam juntas e a tentativa de Kamryn de conciliar a sua nova vida com a anterior! Nota-se bastante a mudança na relação entre ambas ao longo do período de adaptação e tal como acontece às outras personagens, também nós acabamos por ser conquistados por Tegan!!

Terá ela outra escolha? Será o perdão possível? O que estará Kamryn disposta a fazer pela amiga que lhe partiu o coração?

Uma viagem dolorosa e comovente de auto-conhecimento, uma leitura de cortar a respiração.
De chorar, rir e tremer de emoção, este livro é uma curiosa revelação que exige uma reflexão extrema. Profundamente emotivo, este livro vai marcá-lo com toda a certeza. O perdão e a amizade como motes principais, obrigam-nos a várias perguntas interiores. Até que ponto seremos capazes de perdoar!?

Deixo aqui um pequeno trecho:

…” A minha melhor amiga sabia que eu a amava incondicionalmente, pois tinha-me deixado a sua recordação mais preciosa. Tinha-me confiado o seu único e verdadeiro amor. E adotar Tegan, transformar a filha da minha melhor amiga na minha filha, era todo o perdão que Adele poderia ter precisado…”

9.12.09

Reencontros - Linda Howard


Sinopse

Desaparecem a dezenas, cada dia, em todo o país.

Homens, mulheres e meninos, muitos dos quais nunca voltam a dar sinais de vida.

Milla dedica todo seu tempo e energia a encontrá-los, umas vezes com êxito, outras não. Há dez anos, impulsionada pela lembrança da terrível tragédia que trocou sua vida para sempre, está derrubada em corpo e alma na organização de voluntários Finders. Agora, por fim, aparece uma pista sobre o caso que a atormenta, um fino fio que descobre uma trama sinistra de roubo de meninos e de assassinatos. Nas perigosas cidades fronteiriças com o México, povoadas de traficantes, assassinos e ladrões, inunda-se em um jogo letal no que o caçador pode converter-se rapidamente em caçado. Ali, Milla se verá obrigada a confiar em um homem estranho e perigoso, um profissional sem escrúpulos. Alguém que pode ajudá-la, mas também arrastá-la a um caminho sem retorno...

Gosto muio de Linda, seria até suspeita de falar.... mais esse livro mexe muito com a gente. Ainda não sou mãe mais me coloco muito no lugar dela. Em várias situações sofri e ri junto com a personagem. Esse é um livro que a gente ri, chora, tem medo, se assusta, tudo ao mesmo tempo. Tem uma leitura super fácil e com gostinho de quero mais. Li em dois dias. E olha que eu trabalho o dia todo. Reencontros, um livro hipnotizante de Linda Howard, é uma história para mexer com os nervos e com o coração. Aguenta coração.

6.12.09

A Princesa de Rosa - Shocking
Meg Cabot


Até as princesas sonham. E Mia Thermapolis não é diferente: mesmo sendo herdeira de um pequeno principado europeu e morando em Nova York, uma das cidades mais interessantes do mundo, ela só pensa no baile de formatura. Em A PRINCESA DE ROSA-SHOCKING, quinto volume da série O Diário da Princesa ? que deu origem à superprodução dos Estúdios Disney estrelada por Julie Andrews e Anne Hathaway e um dos lançamentos mais vendidos pela Editora Record ?, ela precisa convencer o namorado Michael a vestir um smoking, comprar um belo buquê e alugar uma limusine para o evento.Com uma linguagem leve e descontraída, Cabot acompanha as peripécias de Mia: o envolvimento numa greve e a rescisão do contrato que a obriga a passar suas férias com a avó. Mas, fora isso, tudo vai bem para a princesinha. Ela é a mais nova integrante do jornal da escola, e o milagre de conseguir passar em álgebra está prestes a acontecer. Além disso, logo vai ganhar um irmãozinho ou uma irmãzinha. Mesmo que a mãe passe toda a gravidez reclamando dos inconvenientes de se ir ao banheiro de meia em meia hora.A voz da personagem principal continua cativando adolescentes do mundo inteiro e a trama está mais deliciosa e divertida, repleta de referências à cultura pop americana. As listas com os gatos mais quentes, os melhores filmes e pegadas do cinema ganham a versão Baile de Formatura. Mia fala sobre todos os filmes de adolescente que mostram a formatura como peça fundamental no desenvolvimento do enredo. Principalmente A garota de rosa-shocking. Mia se identifica com o drama da personagem, de Molly Ringwald ? ela vai conseguir ir à festa de formatura com o menino rico bonito ou vai com o pobre esquisito? ? embora odeie o vestido escolhido. A cor é boa, mas parece um saco de batata pavoroso.O livro é uma indiscreta espiadela num mundo totalmente selvagem. Cada página, o resumo perfeito das agruras e neuroses dos adolescentes. Desde amores não correspondidos até dias de cabelo ruim, passando por dúvidas existenciais e movimentos para salvar o planeta. Não esquecendo conflitos nada clássicos com os pais, festas de arromba, roupas e muita pegação.



O Projeto da Princesa
Meg Cabot

A maioria das princesas prefere passar as suas pausas Primavera em Gstaad, ou alguns outros igualmente impronunciáveis Europeia hot spot. Não é um presente, no entanto. Martelo na mão, Princesa Mia embarca em uma épica aventura de um modo reconhecidamente maljeitoso: juntamente com ela a partir de coortes escola, ela está fora para construir casas para os menos afortunados. Mas Mia não leva muito tempo a perceber que ajudar os outros, não é um nobre passatempo, é muito trabalho duro.O seu espírito prevalecerá?Vai dar vontade de voltar pra casa devido ao colapso da construção desastrada? E mais importante, Michael vai parar de funcionar durante um período suficiente para beijá-la.

Livro curto mas muito engraçado.Principalmente porque Mia só pensa em uma coisa beijar Michael,e não na nobre atitude de construir casas.