Menu

28.2.10

Tithe - Fadas Ousadas e Modernas
Holly Black

Kaye é uma menina de 16 anos que leva uma vida bastante atípica. Junto com sua mãe vive de cidade em cidade enquanto a mãe busca a fama com sua banda de rock. Tanto Kaye quanto Ellen fumam e bebem demais e estão sempre envolvidas com os homens errados. Após ser estranhamente espancada pelo namorado, Ellen e a filha voltam para Nova Jersey, para morar durante algum tempo com a avó da menina. Lá, no lugar onde passou sua infância, Kaye reencontra velhos amigos, tanto seres humanos quanto mitológicos: fadas que a visitavam regularmente e que, depois que ela se tornou adolescente, nunca mais a procuraram, fazendo com que Kaye acabasse por considerar a existência de tais seres como um simples fruto de sua imaginação. Já na primeira noite em Nova Jersey coisas estranhas começam a acontecer. Um cavalo de madeira parece tomar vida e, em meio a uma tempestade, ela encontra um cavaleiro do reino das fadas ferido nas margens de um córrego. Kaye acaba salvando a vida dele e se apaixonando. Nessa mesma noite, seus velhos amigos encantados a procuram, se mostrando mais reais e assustadores do que nunca. Eles lhe revelam que Roiben, o cavaleiro que ela salvara algumas horas antes, é na verdade uma criatura perigosa, responsável pela morte de um de seus antigos amigos mágicos e que viera buscá-la para ser oferecida como sacrifício na Tithe, um ritual onde uma jovem e inocente mortal é sacrificada para aplacar o desejo das rainhas fadas. Entretanto, a notícia mais estranha que revelam a Kaye é que, na verdade, ela também é uma fada e que, graças a um encanto, ela consegue assumir a forma humana. Assim, Kaye deve utilizar-se desse trunfo para escapar da Tithe, tarefa que, infelizmente, terá que realizar sem a ajuda deles. A partir daí, Kaye empenha-se numa luta frenética pela harmonia do reino das fadas e por sua própria vida. Contando apenas com Corny, um velho amigo mortal, ela é obrigada a observar as alterações de seu corpo, que, aos poucos, vai se transformando no de uma fada, aprender a dominar seus novos poderes e ajudar Roiben, que está sobre a maldição de uma das rainhas das fadas, monarca da mais sanguinolenta horda de seres mitológicos. Logo, Kaye e Roiben se tornarão as figuras centrais de uma antiga e mortal guerra entre reinos encantados.

O Tema do Desafio Literário do mês de fevereiro foi Contos de fadas, de todos os temas do desafio o desse mês foi o mais difícil para mim, eu não tinha a miníma ideia do que ler, ja tinha lido Penelope e minhas outras opções não pareciam tão atraentes.

Procurei, procurei...e acabei escolhendo esse. E me Arrependi. Não me levem a mal quem gostou do livro, mas definitivamente não é pra mim, a autora até conseguiu prender minha atenção por algum tempo e eu me obriguei a ir até o final, mas não faz meu genêro.

Confuso demais.

Principalmente pra quem acabou de sair de um bloqueio literário. Espero reler o livro e quem sabe num momento melhor eu possa gostar dele (Duvido muito).

P.S: Fadas Verdes???? hellooo.... verdes são alíeniginas! Alguém prenda essa mulher.
Oráculo de ovos...??????Fala sério...nem merece comentário...

Fevereiro/2010




2 comentários:

  1. Ah, que pena q vc não gostou. Vi umas resenhas muito positivas desse livro e fiquei interessada.

    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Não é muito a minha praia....
    e olha que eu adoro uma coisa esquisita...
    mas quem sabe no futuro...
    bj

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.