Menu

20.3.10

A Hospedeira
Stephenie Meyer

Melanie stryder se recusa a desaparecer. Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo.
Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente.
Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.

Confesso que foi muito Difícil fazer a resenha desse livro.
Eis o Porque:O Livro é muito complexo,sem deixar de ser empolgante.A relação e o conflito que vai crescendo entre a Peg e a Mel é emocionante.E os sentimentos de ambas para com Jared e Jamie é muito profundo e cresce mais no decorrer do livro.O envolvimento de Peg com os humanos,o modo como ela se encaixa na vida humana,os hábitos e sentimentos é indescritível.

Adorei a oportunidade de ler o livro,apesar de no começo não levar muita fé na história,não me arrependi.Mas atenção não tente comparar com a Saga Crepúsculo da autora pois é completamente diferente.

Palavras da Autora sobre a História:
"É um livro de ficção científica que não parece ficção científica - é sobre um triângulo amoroso com apenas dois corpos. O que mais gostei nesse livro foi de explorar o amor de ângulos tão diferentes. O amor pela comunidade, pelo próprio 'eu', pela família - o amor romântico e o amor platónico." - Stephenie Meyer

Bom será que preciso falar mais?
Aproveite a leitura.!!!!

3 comentários:

  1. Achei esse livro muito bom!! Não tive tanta dificuldade com o começo do livro quanto você! Li em dois dias e pra mim a qualidade desse livro só serviu para afirmar o talento da autora!
    Beijos
    Camila

    ResponderExcluir
  2. Leitora
    Dificil não foi ler o livro....
    o livro é ótimo...
    dificil foi fazer a resenha...
    é pq é tão bom que eu queria contar tudo e não dá certo assim...

    bj

    ResponderExcluir
  3. Estou curiosa em ler, porem tenho medo de não gostar muito... parece não fazer muito meu gosto...
    mais vale a dica!
    bjos


    http://comedoradelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.