Menu

3.11.10

As Calhoun : Lilah

Contratado para pesquisar documentos antigos da família Calhoun durante uma viagem de iate à costa do Maine, o professor de história Max Quatermain acreditava ter encontrado o emprego dos sonhos. Com uma remuneração equivalente a um ano de salário, finalmente alguém reconhecera seu talento. Mas ao descobrir, que estava sendo manipulado por um inescrupuloso caçador de tesouros, Max se viu obrigado a literalmente abandonar o barco em meio à tempestade.
Enquanto isso, Lilah Calhoun ouvia o chamado do destino e seguia para a praia durante a tormenta. Ao chegar, percebeu alguém se afogando. Sem pensar duas vezes, mergulhou em meio às fortes ondas e foi ao resgate.
Quando acordou em um quarto estranho, com amnésia, rodeado por cinco belas mulheres, em devaneio. Max imaginou ter sido resgatado por sereias... Entretanto, após recobrar a consciência e passar a fazer parte do dia a dia da família que o abrigou, se vê cada vez mais atraído por Lilah. E, ao recuperar a memória, reconhece seu sobrenome devido aos documentos pesquisados. Sabendo que ela e as outras Calhoun correm perigo de vida, Max jamais ficará de braços cruzados...
Lilah, terceira história da saga As Calhoun, prossegue com o mistério das esmeraldas perdidas. Afinal, seria somente uma lenda ligada ao triste fim de Bianca Calhoun ou um precioso vestígio de um passado trágico?

Cada livro vai desvendando um pouquinho dos segredos do passado e de Bianca. Os fatos que aconteceram 80 anos atrás vão se repetindo no presente e tomando forma diferente. Muito apaixonante este livro.


3 comentários:

  1. Olá, boa tarde!
    Ainda não li nenhum livro da Nora, mas após ler as sinopses fiquei com vontade de fazer uma lista prioritária de livros que poderei ler da autora.
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. ...traigo
    sangre
    de
    la
    tarde
    herida
    en
    la
    mano
    y
    una
    vela
    de
    mi
    corazón
    para
    invitarte
    y
    darte
    este
    alma
    que
    viene
    para
    compartir
    contigo
    tu
    bello
    blog
    con
    un
    ramillete
    de
    oro
    y
    claveles
    dentro...


    desde mis
    HORAS ROTAS
    Y AULA DE PAZ


    TE SIGO TU BLOG




    CON saludos de la luna al
    reflejarse en el mar de la
    poesía...


    AFECTUOSAMENTE
    THALITA

    ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE CUMBRES BORRASCOSAS, ENEMIGO A LAS PUERTAS, CACHORRO, FANTASMA DE LA OPERA, BLADE RUUNER Y CHOCOLATE.

    José
    Ramón...

    ResponderExcluir
  3. José Ramón,

    Obrigada pelo o poema e seja bem-vindo!

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.