Menu

27.8.10

Estranhos no Paraíso - Eileen Goudge

 

capa Estranhos no Paraíso

Eileen Goudge

Trilogia Amores Possíveis

 

Com Estranhos no Paraíso, o primeiro volume da cativante "Trilogia Amores Possíveis", Eileen Goudge oferece a seus fãs um romance grandioso. O olhar aguçado da autora para os detalhes e sua compreensão acerca da intensidade e complexidade dos relacionamentos humanos dão vida a um lugar aonde os leitores sentirão vontade de retornar sempre.
Famoso por servir de locação para filmes clássicos e por seu convento de freiras apicultoras, Carson Springs é um lugar idílico onde as tradições imperam e as histórias familiares têm raízes profundas e entrelaçadas. No primeiro volume, a atração de uma viúva de quarenta e oito anos por um homem muito mais jovem põe em risco tudo que ela mais preza na vida - o amor das filhas.

Antes de falar do livro, quero agradecer a Karla por me emprestar. Ela nem chegou a ler e logo me entregou. (Muito Obrigada).

Antes desse livro eu nunca havia lido nada da Eileen Goudge. Ainda não sei se gostei ou não do estilo da autora e vou esperar ler outro livro, antes de dar uma opinião decisiva. Quanto a este livro, sua sinopse me deixou interessada. Uma mulher de quarenta e oito anos se apaixonar por um homem vinte anos mais novo não é algo comum nos livros que leio e pode chegar a ser um tanto controverso. Então decidi ler o livro e tirar minhas conclusões sobre como seria a relação entre duas pessoas de idades diferentes.

Sam é uma mulher que por muito tempo foi a única responsável por sua família e ao ficar viúva não imaginou que iria encontrar um novo amor. Ian é um jovem de 28 anos que desde que conheceu Samantha soube que ela era a mulher ideal para ele. Afinal, ele quer uma mulher como Sam que sabe o que quer da vida. A atração entre esses dois é impossível de conter e logo estão total e completamente envolvidos.

Laura e Alice são as filhas de Sam e quando descobrem o relacionamento da mãe com Ian, ficam literalmente chocadas e incomodadas, cada uma por seus próprios motivos. Como pode que a mãe delas se apaixone de novo? ela deveria respeitar a memoria do pai delas. Os preconceitos começam a surgir como também os problemas. Sam vai precisar decidir o que é mais importante: a opinião das filhas ou seu próprio coração.

O livro é um emaranhado de sentimentos. Acompanhamos o casamento de Alice e as descobertas que só a convivência trás. Laura que passou por um divorcio e que sempre desejou ter filhos. Filch que aparece na história e carrega um segredo. São tantas vidas dentro de um único livro que sinto dizer que em alguns momentos a autora pecou e resolveu conflitos de forma tão rápida que fiquei me perguntando: Como assim? Já? Não acredito.

No geral é um livro agradável e vou tentar ler as seqüencias. Quem sabe assim eu consigo algumas das respostas que ficaram no último livro.

Nota: 8,0


26.8.10

O Orgulho de Jared Mackade – Nora Roberts

O ORGULHO DE JARED MACKADE

O Orgulho de Jared Mackade

Nora Roberts 

Savannah Morningstar passou dez anos tentando reconstruir sua vida e a de seu filho. Quando pensa que pode relaxar, Jared MacKade aparece para abalar suas estruturas. Irresistível e sexy, Jared é um advogado que chega com a notícia de que o pai de Savannah morreu e lhe deixou uma pequena herança, mas a surpresa interessa a ela. Sua relação com o pai nunca fora das melhores, e a herança não serviria como um pedido de desculpas póstumo. Porém, mesmo que queira abrir mão do legado, antes terá de lidar com a situação, e isso significa negociar com Jared. Ele se sente cada vez mais importunado pela presença de Savannah. Afinal, ela é tão teimosa... e tão atraente! Mesmo evitando de todas as maneiras possíveis se apaixonarem, os dois se descobrem completamente loucos um pelo outro. Agora, precisam enfrentar dois grandes desafios para poderem ficar juntos: o passado de Savannah e o orgulho de Jared...

Eu simplesmente amei esse livro! Considero melhor que o primeiro do qual fiz resenha alguns dias atrás. Jared é o mais velho dos quatro irmãos MacKade e por isso se considera por direito próprio um general. É um homem que acredita em regras, mas ao conhecer Savannah muito do que antes considerava certo, simplesmente cai por terra. Ele terá que rever seus conceitos e descobrir da maneira mais difícil, que nunca é possível mandar no coração.

Savannah é uma mulher que precisou lutar muito, para dar uma vida digna a seu filho. Foi expulsa de casa aos dezesseis anos de idade por seu pai, e quando Jared aparece em sua casa dizendo que ele lhe deixou uma herança, sua primeira reação é coloca-ló para correr.

A atração entre os dois é imediata e quando menos esperam estão completa e definitivamente apaixonados. O interessante é que apesar dos dois se amarem os problemas não deixam de existir. Jared tem problemas para aceitar parte do passado de Savannah e ela não está disposta a deixar que homem algum a julgue por atos que lhe permitiram cuidar da melhor forma possível de seu filho. Os dois personagens dessa história são fortes, envolventes e muito orgulhosos.

Como é comum nos livros da Nora, conseguimos acompanhar um pouco do casamento do Rafe e Regan personagens do livro anterior (O Retorno de Rafe Mackade). Os personagens secundários da história também nos cativam. Bry o filho da Savannah é um garoto muito inteligente, acabamos nos apaixonando por ele. Neste livro conseguimos ter uma idéia do desenrolar do próximo Mckade (Devin). Fiquei ainda mais ansiosa em acompanhar a história de todos os Mackades.

P.S: Teve uma cena em especial nesse livro que me fez dar boas gargalhadas e tenho certeza, que ao ler o livro, vocês saberão que cena é essa.


23.8.10

Ame o que é seu - Emily Giffin

AME_O_QUE_E_SEU_1278871815P

Ame o que é seu

LOVE THE ONE YOU'RE WITH

Sinopse

“Como amar de verdade a pessoa que está comigo, se não consigo esquecer alguém que ficou no passado?”.

O tema deste livro é aquela pulga atrás da orelha de imaginar como seria a vida se tivéssemos feitos outras escolhas. Esta é uma história para quem algum dia já se perguntou

Em Ame o que é seu o leitor encontrará a história de uma mulher (Ellen) dividida entre o amor real e aquele fatídico “ E, se”.

O casamento de Ellen e Andy não parece perfeito, ele é perfeito. São inegáveis a profundidade da devoção mútua e o quanto um desperta o melhor do outro. Mas por obra do destino, certa tarde, Ellen revê Leo pela primeira vez em oito anos. Leo, aquele que partiu seu coração sem se explicar, aquele que ela não conseguiu esquecer.

Quando o reaparecimento dele desperta sentimentos há muito adormecidos, Ellen se põe a questionar se sua vida atual é de fato como ela queria que fosse.

O desenrolar da história é contagiante, pois a cada página acontecem novas cenas que é quase impossível abandonar a leitura, ou ... não se colocar em seu lugar.

Este romance figura nas principais listas norte-americanas há 20 semanas e todos os comentários são muito parecidos: “Seus romances são cativantes e sensíveis, difíceis de largar”. É comparada pelos leitores a Marian Keys, autora de Melancia, Férias e Sushi.

Como seria a vida se tivéssemos feito outras escolhas?”

Já temos uma resenha desse livro aqui no blog feito pela Rafinha, mais como a Juliana diz cada pessoa tem seu ponto de vista. Então...

Esse livro caiu em minhas mãos em uma boa hora. O que ele nos traz é nada mais e nada menos que nossos questionamentos. Questionamentos reais. Dúvidas essas que a maioria das pessoas que tem um relacionamento têm. Sejamos sinceras. Todos se perguntam sim, se a pessoa que está ao seu lado é a sua “alma gêmea”. Mesmo que seja naquele momento de brigas, onde estamos com a cabeça quente, ou quando estamos abrindo mão de algo que queremos em função do outro. Ou ainda quando ele prefere o futebol a mulher. Quando ela prefere a novela a estar com ele. Não sou psicóloga mais porque será que nunca o outro quer que tenhamos contato com um antigo namorado(a). Será que a insegurança de um reflete no outro. Todos nós temos incertezas. Ao mesmo tempo que questionamos se essa pessoa é a ideal, temos medo de perdê-los.

Imaginem a situação de Ellen reencontrar o seu antigo namorado… Aquele namorado que marcou. Que você achava que era pra sempre. E ver que ele continua lindooooo.

“Mesmo assim, apesar da minha promessa de tirar o Léo completamente da minha cabeça, eu não consegui me livrar dele por toda a noite, nem mesmo durante o jantar com o resto da família.”

Somos humanas. Ellen é humana. Infelizmente (ou felizmente) temos esse tipo de questionamento. Precisamos que aconteçam coisas que apimentem a relação. Quem nunca teve uma briga e depois teve A reconciliação. No final nem lembrou que brigou ou porque brigou. Não quero aqui(longe de mim) pregar que devemos nos questionar. Assim como tem pessoas que se questionam, tem pessoas que não. O livro não quer isso, muito menos eu. Queremos apenas frisar o que o título bem diz “Ame o que é seu”.


Série Calor 01-Calor Perfumado – Judy Mays

Judy Mays - Calor 01

Desde a morte de sua companheira, Artemis Gray não desejou que outra mulher tomasse seu lugar. Então Moira Archer, um ser humano, entra na sua vida. O cheiro dela, de terra pura, combinado com o perfume que ela usa, o seduz. O lobisomem em sua alma desperta e uiva em triunfo, "minha"!

 Eu sou super fascinada por livros com temas sobrenaturais, lobisomens,vampiros,dragões e afins.Essa série da Judy Mays é Maravilhosa,tá eu sou super suspeita pra falar do tema,foi estranho,diferente eu leio mesmo,mas esses lobos são tudo de bom.

Com uma dose de humor e sensualidade a autora criou um universo de lobisomens que todas as mulheres  gostariam de ter em casa.

Artemis foi banido de sua alcatéia por ter acasalado com uma Loba,depois que sua companheira morreu Artemis quase morreu pois não conseguia encarar a vida sem ela,mas seus filhos impediram que isso acontecesse.

Agora depois de muito tempo  Moira conseguiu despertar os sentimentos de posse de Artemis.Ele não dá chance para ela escapar,a declara como sua na primeira noite e logo diz a ela que é um lobisomem,e ainda espera que ela aceite tudo numa boa.

E o que Moira fez com tudo isso???Só lendo pra saber…Hahaha…

Eu recomendo.O livro é curtinho e além de hot,garante boas risadas.


22.8.10

O Retorno de Rafe Mackade – Nora Roberts

O RETORNO DE RAFE MACKADE

O Retorno de Rafe McKade

Nora Roberts

Após dez anos, Rafe MacKade retorna a Antietam, sua cidade natal. O rapaz rebelde, sexy e irresistível tornou-se um homem de sucesso, com dinheiro no bolso e muitos planos para o futuro. Para começar, acabara de realizar seu grande sonho: comprar a antiga Mansão Barlow. Considerada uma casa mal-assombrada, Rafe planeja restaurá-la nos mínimos detalhes: estrutura, pintura e, principalmente, decoração de época. Para essa tarefa, conta com a ajuda da bela Regan Bishop, dona de um antiquário local e tão rebelde quanto Rafe.
Além de contratar os serviços de Regan, Rafe também está muito interessado em arrumar espaço em sua vida atribulada para mais um desafio: conquistar aquela mulher arredia. Mas Regan não está disposta a ceder aos caprichos de um homem pecaminosamente lindo. Ainda que esteja se apaixonando por ele...

Outro dia, saindo do trabalho, resolvi passar em uma banca que fica perto e, verificando os livros que chegaram, deparei-me com este livro da Nora, eu vinha procurando por ele há muito tempo. Claro que comprei na hora, mesmo tendo prometendo a mim mesma não comprar mais livros esse mês (Mas estava bem baratinho).

Fiquei apaixonada por Rafe Mackade. Dos quatro irmãos, ele é o que tem o temperamento mais volátil, por isso o livro inteiro é repleto de passagens e sentimentos fortes e vibrantes. Rafe volta para casa depois de obter sucesso longe e, para aqueles que não acreditavam que o antigo “bad boy” conseguiria evitar de ir para a cadeia, é uma surpresa e tanto. Rafe volta para acertar alguns assuntos, sem grandes planos de fixar residência em Antietam, mas, como sabemos, nem tudo acontece como planejamos. Logo ao chegar à cidade, ele conhece Regan, uma mulher forte e decidida. A última coisa que ela deseja é um relacionamento. A atração entre os dois é implacável e inevitável. Nesse ponto a paixão toma conta do livro.

300px-Battle_of_AntietamAntietam é uma cidade que realmente existe e foi palco do dia mais sangrento da história dos EUA. A autora trouxe detalhes da realidade para dentro da vida desses personagens. Em muitos momentos, quando ela descreve esse dia que marcou a história de uma nação, entramos em um mundo de fantasmas.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Batalha_de_Antietam

Esse livro faz parte de uma série, são quatro irmãos e quatro livros. É típico da Nora, escrever livros e livros e nos obrigar a ler todos. Estou lendo o segundo livro que se chama o Orgulho de Jared Mackade e estou amando, então logo tem resenha dele no blog.

P.S: O relacionamento desses irmãos é algo maravilhoso de ver!