Menu

24.9.10

Doce Desejo - Diana Palmer

Doce Desejo
Diana Palmer

Com seu tamanho imponente e notória reputação, Marcus Carrera despertava medo em amigos e inimigos. Contudo, havia uma mulher capaz de enxergar através da dura fachada do magnata dono de cassinos e chegar ao homem rude, porém carinhoso, que se escondia em seu íntimo... E seus destinos se chocaram quando a doce Delia Mason se viu inesperadamente envolvida em uma série de problemas durante suas férias em um paraíso tropical. Ele a ajudou e se apossou de seus lábios trêmulos com um beijo ousado que a deixou tonta de prazer... Marcus, no entanto, estava sempre rodeado de perigos, e precisaria enfrentar um grande desafio antes de dar um novo rumo a sua vida: salvar Delia e torná-la sua para sempre...

A primeira vez que li esse livro eu me apaixonei pelo gangster mais doce do planeta, Marcus Carrera. Quando li ainda não havia sido lançado no Brasil, quando soube que a Harlequin tinha decidido lançar fiquei louca para reler. Minha amiga Karla comprou fiquei ainda mais feliz. Ela me emprestou e ainda não leu, por isso muito obrigada querida. Um prazer reler esse livro.

Como eu costumo dizer esse é um dos poucos livros da Diana que valem a pena ser lidos na minha humilde opinião. (fãs que me perdoem), mas gosto é gosto. Na maioria dos livros da Diana, as coitadas das personagens são tão mal tratadas, humilhadas... que passo o livro todo com vontade de matar os mocinhos que são brutos ignorantes, mas o Marcus... Ah o Marcus! Ele é a melhor exceção de todos e apesar que que em alguns momentos ele mete os pés pelas mãos, tudo se justifica no final.

Marcus é um homem temido por muitos. Quando ele conhece Delia fica completamente encantado e apesar dos perigos de se envolver com ela, a atração entre os dois é impossível de evitar. Delia não acredita em nada do que dizem de Marcus e está disposta a ficar com ele independente do que qualquer um posso dizer ou pensar.

Se você gosta ou não de Diana Palmer, esse livro deve ser lido. Agora vou correr atrás para comprar, afinal esse mocinho tem que estar na minha estante.

22.9.10

Cartas para Julieta.

Cartas-para-Julieta

Sophie (Amanda Seyfried) trabalha como checadora na redação da revista The New Yorker e busca uma oportunidade para mostrar seu talento também como repórter. Ela e seu noivo Victor (Gael García Bernal), um cheff, viajam para Verona para a Lua de Mel. Uma vez na Itália, a jovem americana encontra as Secretárias de Julieta, senhoras que respondem as cartas de mulheres apaixonadas. Abre-se, então, um mundo extremamente romântico, onde o amor sempre volta, mesmo que tenha se passado mais de 50 anos.

Ontem tive o prazer de assistir esse filme. Fiquei com vontade de vê-lo desde que vi o trailer, mas não esperava que o filme fosse tão bom. Minhas expectativas para o filme não se aproximaram da realidade.

Me tornei fã da Amanda Seyfried desde que assisti Mamma Mia! e parte da motivação em ver esse filme se deu por ela ser a atriz principal.

O filme é recheado de passagens românticas e engraçadas. Me emocionei em muitos momentos. Apesar da história principal se desenvolver entre Shopie e Charlie, os demais personagens também fisgam nossa atenção. Claire recebe uma resposta a sua carta escrita há cinquenta anos e decide procurar o grande amor de sua vida, aquele que ela nunca esqueceu e até ela conseguir encontrá-lo nos deparamos com diversas situações.

Os cenários do filme são belíssimos. Que vontade de conhecer a Itália.

Nota 1000 para esse filme. 


21.9.10

Uma vez mais com ternura - Nora Roberts


Uma Vez Mais com Ternura
Nora Roberts

Brandon e Kate deveriam trabalhar juntos se quisessem que o musical fosse um sucesso. Isolados em uma casa na Cornualha, eles precisariam criar uma obra-prima sem se entregar à tentação de se apaixonar…outra vez… O romance do passado havia terminado em mágoa e ressentimento, e Kate não estava disposta a se decepcionar novamente. Afinal, sua carreira estava em jogo, assim como seu coração. No entanto, Brandon tentaria reacender a chama da qual haviam desistido cinco anos antes…mas que jamais se extinguira…

Eu me apaixonei por esse livro. Os personagens são cativantes, complexos e bem construídos. Sou apaixonada pelos livros da Nora e faço questão de ler tudo que aparece dela. Esse livro foi lançado na década de oitenta (eu ainda nem tinha nascido!) e relançado atualmente pela Harlequin. Adorei, pois tive a oportunidade de comprar e ler, antes era muito difícil encontrar nos sebos.

Kate e Brandon tiveram um romance no passado e após um desentendimento Brandon vai embora sem dizer uma palavra. Kate fica devastada, mas acaba superando através da música. Como sempre a Nora nos transporta para dentro do universo do livro. O trabalho de composição, criação, as turnes, a paixão... Enfim tudo que envolve o mundo da música. Glorias e derrotas.

Brandon não conseguia lidar com os problemas de Kate no passado, mas agora ele voltou e está decidido a recuperar a mulher que nunca conseguiu esquecer. O problema é que os mesmo problemas que ele enfrentou no passado continuam existindo. Será que ele conseguirá fazer mais do que apenas desistir?

Esse livro me pegou de cheio e me deixou suspirando pelos cantos. Se tenho que dar uma nota para ele com certeza será um grande 10.

Abaixo a capa antiga para quem tiver curiosidade.