Menu

10.3.11

O Cirurgião – Tess Gerritsen

O Cirurgião

Tess Gerritsen

A doutora Catherine Cordell pensava que o pesadelo tinha terminado. Dois anos antes fora uma das vítimas de um assassino que entrava em casa de mulheres enquanto estas dormiam e mutilava-as horrivelmente antes de lhes tirar a vida. Catherine Cordell sobrevivera milagrosamente e tentava esquecer o passado, quando surgem, na cidade de Boston onde ela agora vive, uma série de crimes idênticos. As mutilações são tão semelhantes que só podem sugerir tratar-se do mesmo assassino, mas isso é impossível já que Catherine matara o seu algoz em legítima defesa. Quem poderia ser então o criminoso a quem foi dado o nome de Cirurgião devido à perícia com que os ferimentos eram infligidos. E porque razão parecia querer atingir novamente Catherine. Os inspetores da delegacia de Homicídios, Thomas Moore e Jane Rizzoli têm de travar uma luta contra o tempo pois quanto mais rapidamente resolverem o mistério menor será o número de vítimas.

Esse livro foi um verdadeiro achado! Visitando o sebo “O Geraldo” aqui em Fortaleza, sempre encontro uma grande variedade de livros com ótimos preços. Quando li essa sinopse, no mesmo momento me identifiquei com o enredo do livro e decidi trazer para casa. O cirurgião é um livro de suspense policial que te fisga e faz com que as 379 páginas sejam lidas de uma única vez.

Catherine é uma médica que está lutando para viver uma vida normal depois de ter sido vítima de um assassino em série, ainda é cheia de traumas e obsessões adquiridas em virtude do que viveu. Não permite que as pessoas se aproximem. Quando ela passa a ser alvo de outro assassino, somos apresentados ao detetive Thomas Moore. Ele é o tipo de policial que é muito bom no seu trabalho, faz tudo certo e sempre segue as regras. Perdeu sua mulher há dois anos e até conhecer Catherine não imaginava se interessar por outra mulher.

Jane Rizzoli é detetive da homicídios e durante todo o livro precisa provar que merece seu lugar. Ela faz questão de apagar tudo de feminino em si mesma, afinal seus colegas de profissão fazem questão de lembrar que mulher é sexo “frágil”. Apesar de ela ser a personagem principal do livro, me liguei muito mais a Catherine e Thomas que são personagens mais atraentes e “simpáticos”.

O livro é repleto de ação, descrições detalhadas das mortes e muito sangue. Se você não gosta de cenas fortes envolvendo corpos e mutilação, não recomendo a leitura desse livro. Somos transportados para a mente de um assassino em série, temos acesso a seus pensamentos e motivações. A autora mantém o suspense durante todo o livro, não temos certeza de nada até que por fim algo aconteça.

Tess Gerritsen é formada em medicina, mas desistiu de exercer para escrever e cuidar da família. Acredito que por isso ela descreve as cenas de forma tão realista.

O único ponto negativo é que o final merecia mais páginas, gosto de finais bem resolvidos, mas como é uma série acredito que essa tenha sido a intenção da autora nos deixar com gostinho de quero mais.

A série é composta dos seguintes livros:

* O Cirurgião (2005)
* O Dominador (2005)
* O Pecador (2006)
* Dublê de Corpo (2007)
* Desaparecidas (2008)
* O Clube do Mefisto (2010)
* The Keepsake/Keeping the Dead (2008)
* Ice Cold (2010)

Tem uma série americana inspirada nos livros. Eu já vi alguns episódios e posso dizer que a Jane do livro e a da série não combinam muito no aspecto físico.

 


17 comentários:

  1. Adoroooo :-)
    Depois de ler O Clube Mefisto, fiquei babando pelos outros livros da série.
    Adorei !

    Bjs

    Simone (Luka)

    ResponderExcluir
  2. Luka estou louca para ler os próximos. Vou no sebo ver se não tem por lá. Essa autora se tornou uma das minhas favoritas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Gostei, não é muito o que leio, mas leria esse sem problemas, é bom variar as vezes né?!
    ótima resenha!

    ResponderExcluir
  4. Êita que agora fiquei com a maior vontade de ler esse livro, tenho um livro dela aqui em casa, já emprestei pra deuseomundo mas ainda não li, acho que vou começar a olhar com mais carinho pra ele hehehehehe...
    Ótima resenha, mas surgiu uma dúvida ele é o primeiro de uma série mas tem um final assim fechado e coeso ou é daquelas séries que tu tens que ler uma atrás do outro para saber o desfecho da história?
    estrelinhas coloridas...

    ResponderExcluir
  5. Mi, cada livro é independente, apesar de ser uma série.

    O final desse livro é fechado sim, mas deixa em aberto para conhecermos mais da Jane Rizolli.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Não acredito! Finalmente alguém que já leu esse livro! xD

    Comprei ele há alguns anos, numa fase em que eu estava meio viciada em romances policiais mas sem paciência para Agatha Cristie etc. Queria um policial MESMO, com investigação, delegacia...

    Realmente a história é muito realista e também muito interessante. Só não comprei a continuação por causa do final (wtf? achei decepcionante) e por causa dos personagens. Eu não suporto a Cordell e achei que ela está muito mais para a mocinha da história do que a própria Rizzoli. Quer dizer, o foco é praticamente inteiro para ela e em como ela é vítima sempre e blá, blá, blá.

    A Rizzoli também me irrita em alguns momentos e o Moore... nem vou falar dele pq pra mim é pior que a Cordell.

    rss, resumindo: Não gostei muito dos personagens, por isso não fiquei muito interessada nessa continuação. Quem sabe um dia eu dê uma nova chance a Tess Gerritsen...

    Desculpa o comentário gigante mas é que eu tinha que comentar sobre esse livro. Já faz algum tempo que visito blogs de resenha e nunca tinha visto ninguém falando sobre ele.

    Vai ler a continuação?

    teh mais

    ResponderExcluir
  7. Opa, já vi sua resposta nos comentários acima xD

    entra na estante virtual que tem vários livros dessa série e com uma faixa de preço bem abrangente (um dos motivos de eu ter comprado ^^)

    teh mais

    ResponderExcluir
  8. Eu gosto bastante desse livro e dos outros da série. Mas a minha personagem preferida é a Jane.

    ResponderExcluir
  9. Miss Carbono, ao contrário de você eu adorei a Cordell, acho que o foco nela tem a ver com tudo que ela passou e sua ligação com o assassino. Adorei o Moore também, achei ele protetor e atencioso.

    Já a Jane me irritou quase o livro todo e se fosse só por ela acho que não leria as continuações, mas sei que dependendo do crime, mais pessoas serão envolvidas.

    Espero que ela evolua no decorrer da série.

    Eu realmente gostei do livro, só queria um final mais cheio de detalhes.

    Ah, em relação ao tamanho do comentário, pode escrever, afinal eu adoro ler.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. A. Déborah como ainda não li os outros livros não sei como a Jane está, mas posso te dizer que nesse livro ela me irritou muito. Certo que o que ela passa também não é nada fácil, mas ainda assim em alguns momentos tive vontade de bater a cabeça dela na parede...rsrs

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Nossa, que resenha interessante!
    Não faz muito o meu estilo de leitura mas fiquei com uma super hiper mega vontade de ler!

    beijos!

    ResponderExcluir
  12. ola!! dediquei um selinho a vcs no meu blog,passa la e pega ok? beijos
    http://dayse177.blogspot.com/2011/03/selinho-esse-blog-me-completa.html

    ResponderExcluir
  13. Passei pra avisar que, graças a esse post, resolvi que vou ler a continuação. Tomara que a Cordell não apareça tanto no proximo livro (nem o Moore).

    Li sobre a serie e achei bem legal xD

    teh mais

    ResponderExcluir
  14. Nossa, esse livro me pareceu MUITO bom
    Ainda mais q fizeram uma serie dele ne
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi eu já li quase todos dessa série. Estou lendo o Pecador e depois o Duble de corpo.
    A Jane é minha personagem favorito e a Tess se tornou minha escritora favorita seguida do Harlan Coben que também é fantástico.

    ResponderExcluir
  16. Acabei de ler o livro a pouco tempo e tenho que dizer que amei! Nao consegui fazer mais nada enquanto nao cheguei ao final pra descobrir a identidade do Cirurgiao.. Confesso que também me decepcionei no final, como foi dito acima, na verdade eu esperava que alguém ligado a eles fosse o assassino, ate cheguei a pensar no Peter haha, mas mesmo assim continua sendo um excelente livro e nao deixarei de recomenda-lo!
    E sobre os personagens, fiquei apaixonada pelo romance do Moore com a Catherine, e ate pela propria Catherine e seu drama. Gostei muito que o foco foi praticamente todo nela e nao na Rizzoli, como eu imaginava que seria, gracas a Deus rsrss. Sempre achei a Rizzoli um pé no saco, tanto na serie de tv quanto no livro, que alias, recomendo e muito!

    ResponderExcluir
  17. Eu estou louca pra ler esse livro. Amo livros como esse, thriller médico. A forma como são escritas as cenas cirúrgicas, deve ser sensacional. Quero ler toda a série. E assisti-la também. Livros assim são simplesmente fascinantes! Aliás, livros que envolvem patologias, e conhecimentos médicos são fascinantes, haha <3.

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.