Menu

19.4.11

Lançamento & Promoção: Kate – Nasce uma princesa - Claudia Joseph

clip_image002
Kate – Nasce uma princesa

Quando Kate Middleton se tornar, oficialmente, esposa do príncipe William Arthur Philip Louis Windsor será a primeira não aristocrata a se casar com um futuro rei da Inglaterra, desde o século XVII. Com a idade avançada da rainha e a proximidade do fim do seu reinado, o casamento do príncipe William dará novos ares à monarquia, oferecendo uma perspectiva mais jovem a uma instituição que recebe criticas por seu tradicionalismo. William e Kate têm um relacionamento moderno — eles se conheceram na faculdade, moraram juntos e namoraram por quase 10 anos. A noiva do príncipe William vem mostrando ao mundo que é dona de um estilo e personalidade dignos da realeza contemporânea. Kate Middleton, futura rainha da Inglaterra, é o nome mais procurado na internet quando o assunto é moda, tomando o primeiro lugar da diva pop Lady Gaga. Kate inspirou os mais importantes desfiles da Semana de Moda de Nova Iorque e Londres.

Em Kate – nasce uma princesa, a jornalista inglesa Claudia Joseph, formada no London College of Fashion e colaboradora de importantes publicações britânicas como o Mail on Sunday, The Times e a revista Tatler, revela a história da talentosa aluna formada pela Universidade de St. Andrews e filha mais velha do empresário e ex-piloto Michael Francis Middleton e Carole Elizabeth, ex-comissária de bordo. A autora faz um retrato fascinante da jovem princesa e também conta a saga de uma família de trabalhadores humildes, que superou privações e adversidades até chegar aos altos escalões da sociedade. A jornalista entrevistou parentes e amigos do casal mais famoso do mundo e fez uma profunda pesquisa sobre as sete gerações que antecederam o encontro de Kate e William. Joseph não se limita a apresentar os membros de cada família, mas também traça um panorama econômico e social de cada época.

Das minas de carvão em Durham, onde trabalharam os antepassados de Kate, até a passagem da futura rainha da Inglaterra pelos portões do Palácio de Buckingham, Claudia Joseph tece uma narrativa instigante e apresenta um caderno de imagens, muitas delas inéditas, sobre a trajetória da menina tímida e retraída que se tornará a primeira mulher de um monarca britânico a ser formada em uma universidade, a ter desfilado de lingerie numa passarela e a ter morado com o rei antes de se casar com ele.

No entanto, apesar de toda essa exposição, a futura rainha da Inglaterra ainda mantém um ar de mistério. Afinal, quem é essa mulher que um dia disse a célebre frase “Ele tem muita sorte de sair comigo!”?

Claudia Joseph estudou no Cheltenham Ladies College antes de exercer a profissão de jornalista. Trabalhou na revista Tatler, nos jornais The Times e Mail on Sunday e escreve regularmente para inúmeros veículos de comunicação britânicos. Atualmente mora em Londres.


PROMOÇÃO

Quer ganhar um exemplar desse super lançamento? É muito fácil.

É só seguir o twitter das meninas @Meninasqueleem e o Twitter da editora @EdBestSeller e retuitar a seguinte frase:

RT: SIGA @Meninasqueleem e @EdBestSeller e conconrra ao livro Kate – Nasce uma princesa até 30/04/2011 http://kingo.to/z0D

A promoção será válida até 30/04/2011.

Boa Sorte!! 

18.4.11

Minha vida - Filme

1293155841_minhavidaposter01

Título original: (My Life)

Lançamento: 1993 (EUA)

Direção: Bruce Joel Rubin

Atores: Michael Keaton, Nicole Kidman, Bradley Whitford, Queen Latifah.

Duração: 102 min

Gênero: Drama

Sinopse:

Bob Jones (Michael Keaton), proprietário de uma empresa de relações públicas, tem um casamento sólido e feliz. Gail Jones (Nicole Kidman), sua mulher, espera um filho, mas ele é portador de um câncer inoperável e tem os dias contados Com isso, decide então gravar um vídeo para o filho, se apresentando e passando para ele toda sua experiência, desejando muito estar vivo no dia de seu nascimento.

Não sei se agradeço ou brigo com a Leninha (Sempre Romântica), por ter me indicado este filme. Chorei Horrores!

É um filme sensível, como a maioria que falam da morte. O diferencial deste é a gravidez de Gail, a injustiça de um pai não ter a chance de acompanhar o crescimento do filho.

Não é uma história de toda dramática, as cenas engraçadas ficam por conta dos vídeos que o Bob faz, para imortalizar a si mesmo, e deixar algo de si para o filho ver. Ensina como cozinhar macarrão ( deve ser intragável! ), como dirigir, fala sobre a mãe se apaixonar de novo, e não consegue falar sobre sexo pro filho.

Além disso, tem o reencontro com os pais e o perdão, um capitulo lindo do filme! O pai fazendo a barba dele é uma cena simples e emocionante, a surpresa que os pais fazem pra ele é perfeita. Amei, amei!