Menu

7.6.11

Um amor para recordar–Nicholas Sparks

 

UM_AMOR_PARA_RECORDAR_1304381567P

"Landon é um jovem sem metas, medroso , irresponsável e que não tem fé, que foi punido por ter feito uma brincadeira de mau gosto a um rapaz que quase fica paraplégico. Como punição, o diretor da escola faz com que participe na produção de uma peça que está sendo montada, onde ele conhece Jamie Sullivan, filha do pastor da pequena cidadezinha onde moram, uma garota "certinha" que o ajuda a ensaiar para a peça com apenas uma condição: ele não se apaixonar por ela. Porém ambos se apaixonam, até que Jamie conta-lhe que possui leucemia, e que parou de responder aos tratamentos faz 2 anos. Isso muda a vida dos dois e Landon corre contra o tempo para poder realizar todos os sonhos de sua namorada antes que a morte os separe."

Eu tive o prazer de me deparar com o e-book deste livro ainda na minha adolescência ( Tá, 2002 eu não era mais tão adolescente, mas isso não vem ao caso, né?), o livro foi digitalizado ainda com o nome “Um momento inesquecível”, e foi paixão à primeira vista. Depois dele fui à caça de outros livros do Nicholas Sparks  e de alguma forma encontrei o filme. Tenho a vaga lembrança de compará-los e não saber qual tinha gostado mais.

Bom, este ano foi lançado o livro pela Editora Novo Conceito, que eu gostaria de coração agradecer por ter nos enviado o livro, e gostaria de pedir: Publiquem “A Alquímia do Amor” do Nicholas Sparks. O livro é maravilhoso! (Tá!  vou parar com meu momento tiete e voltar ao livro, rsrs)

É diferente você ler um e-book que você foi apaixonada na adolescência, não–tão-adolescente-assim, e depois na fase adulta ter a oportunidade de ter o livro nas mãos e poder se apaixonar de novo ou retomar um paixão que estava guardadinha. Não tem como não fazer comparações entre e livro e filme, O Landon do livro me passou uma imagem totalmente diferente do Landon do filme, no primeiro ele foi um rebelde mais sutil, na verdade nem encontrei rebeldia, apenas um descontentamento com a vida, senti falta no livro do Landon realizando os sonhos da Jamie, estar em dois lugares ao mesmo tempo, fazer uma tatuagem ou construir um telescópio? Fácil, tudo por ela!  A imagem da Jamie, que fiz em minha cabeça, é igualzinha em qualquer lugar que ela apareça, livro ou filme, ela tem o mesmo jeito. Se  você me perguntasse se descobri qual dos dois eu acho melhor ainda não saberia dizer, acho que o que falta no livro, o filme completa e vice-versa. Faça assim, leia o livro ou releia, veja o filme ou reveja e se apaixone. Depois me diga se um não completa o outro, combinado?

 

Trailer do Filme:

 

Música (Tema do filme):


6.6.11

Destino – Ally Condie

Destino – Ally Condie

Cassia tem absoluta confiança nas escolhas da Sociedade. Ter o destino definido pelo sistema é um preço pequeno a se pagar por uma vida tranquila e saudável, um emprego seguro e a certeza da escolha do companheiro perfeito para se formar uma família.
Ela acaba de completar 17 anos e seu grande dia chegou: o Banquete do Par, o jantar oficial no qual será anunciado o nome de seu companheiro. Quando surge numa tela o rosto de seu amigo mais querido, Xander – bonito, inteligente, atencioso, íntimo dela há tantos anos –, tudo parece bom demais para ser verdade.
Quando a tela se apaga, volta a se acender por um instante, revelando um outro rosto, e se apaga de novo, o mundo de certezas absolutas que ela conhecia parece se desfazer debaixo de seus pés.
Agora, Cassia vê a Sociedade com novos olhos e é tomada por um inédito desejo de escolher. Escolher entre Xander e o sensível Ky, entre a segurança e o risco, entre a perfeição e a paixão. Entre a ordem estabelecida e a promessa de um novo mundo.

Terminei esse livro ontem a noite. Destino foi um livro que mexeu com as minhas emoções. Apesar do início do livro ser um tanto quanto parado, me vi presa nas descobertas que Cassia passa a fazer após seu banquete de par. Todas as certezas de Cassia mudam quando o rosto que ela vê na tela não é de Xander, seu par, segundo a escolha da sociedade. Ela vê na tela o rosto de Ky, alguém que ela nunca enxergou de verdade.

A sociedade esconde muitos segredos, em vez de ser "perfeita" como querem fazer todos acreditarem, ela é cheia de falhas e mistérios.

Em muitos momentos do livro fiquei furiosa pelas pessoas não verem o quanto tudo estava errado. Todos devemos ter direitos a nos expressar de forma individual, mas na Sociedade isso não é aceito.

Todos precisam se vestir iguais, falar igual, pensar igual e nunca, nunca mesmo se rebelar contra isso.

Fiquei muito orgulhosa de Cassia durante a leitura do livro, pois quando ela percebe o que está acontecendo começa a lutar contra. Seus pensamentos não são mais de conformidade e aceitação, ela amadurece.

O triângulo amoroso do livro fica por conta de Cassia, Xander e Ky. Os dois estão dispostos a ficar com Cassia, mas ela só pode escolher um.

Xander é um personagem muito maduro, ele é companheiro de todas as horas, e mesmo quando é magoado por atitudes de Cassia, continua ajudando-a a seguir em frente. Ky é um jovem que aprendeu da forma mais difícil a ficar invisível, mas quando tem a chance de amar, acaba arriscado tudo por alguns momentos.

Um livro que me fez valorizar a sociedade atual em que vivemos, pode não ser perfeita, mas sinceramente eu prefiro assim.

Irei aguardar o lançamento do próximo livro da trilogia e quem sabe algumas dúvidas que ficaram no ar, possam ser esclarecidas.

Se gostaram da resenha, comentem. Vou adorar saber o que vocês acharam desse livro.


4.6.11

Enquanto Você Dormia - Sandra Steffen

Enquanto Você Dormia
Sandra Steffen

DESESPERO OU TRAIÇÃO?

A adorável Maggie Mckenzie tem tudo o que queria: um marido amoroso, duas lindas filhas e sua irmã, Jackie, amiga e confidente.Quando sofre um acidente de carro e entra em coma, Spence e Jackie se revezam no hospital e recusam-se a aceitar o pior. Praticamente desenganada, Maggie permanece inconsciente por meses. Certa noite, cedendo ao desespero, Spence e Jackie buscam consolo nos braços um do outro. Quando toda a esperança parece perdida, Maggie sobrevive e se recupera aos poucos, mas tudo havia mudado em sua vida, e sua luta agora é pela reconquista do amor das filhas e do marido. Afinal, o mundo continuara a girar sem ela, mas Maggie quer recuperar o tempo que perdeu e tudo o que se foi com ele. Um ar de mistério, porém, paira ao redor de Maggie, mas ele não consegue desvendar exatamente o que é. O que acontecera enquanto ela estivera em coma?

Não gosto muito de ler livros onde o tema é traição, sou muito complexada com esse assunto então pra evitar a raiva, passo longe de livros assim, mas foi impossível fugir desse livro.

A sinopse do livro já me deixou bem intrigada e com aquela vontade ler, depois li a resenha de uma amiga, e comecei a ler o livro.

Valeu cada minuto. O livro é repleto de tantas emoções que em alguns momentos eu já não sabia nem o que sentir, vi pela primeira vez o lado da pessoa que trai e não a traída, percebi que nem tudo nessa vida é Preto e Branco como eu gosto de acreditar, existem algumas situações que somente quem vive ou passa por aquilo é que realmente entende.

Me fez analisar as minhas atitudes, meu julgamento quanto a traições. Eu ainda não seria capaz de perdoar, principalmente porque acredito que nada no mundo, nem uma tragédia justifica a traição, mas acho que aprendi a não julgar alguém por atitudes tomadas em momentos difíceis e as conseqüências de escolhas impensadas. No final acabei torcendo pela felicidade de todos. Impossível não se comover com essa história.


3.6.11

Retrato Mortal – J.D Robb

Retrato Mortal – J.D Robb

Eve Dallas vive no ano de 2059, mas nem por isso é uma detetive diferente das atuais: corajosa, destemida, inteligente e muito impaciente. Neste mais recente livro de J.D. Robb, Retrato Mortal, ela está à caça de um serial killer que assassina vítimas jovens e inocentes, as fotografa após a morte e, no fim, envia as poses para os jornais como se fossem modelos à procura de um emprego. A trama começa quando um corpo é encontrado num reciclador de lixo, e uma repórter, amiga da tenente Eve Dallas, repassa a informação à policial. Eve parte, então, no encalço de um criminoso que se propõe a oferecer às suas vítimas a eternidade arrancando-lhes a vida no auge da juventude. O assassino, supostamente um fotógrafo ou uma fotógrafa, observa, analisa e registra cuidadosamente cada movimento de seus modelos antes de capturá-los. Sua missão macabra é absorver a inocência, a beleza, a juventude e a vitalidade das vítimas, sugando-as para a câmera com o intuito de tirar um derradeiro e assustador... retrato mortal. Para dificultar ainda mais a tarefa de Eve Dallas, um inesperado obstáculo se colocará à sua frente: seu marido, Roarke, descobrirá terríveis fatos sobre o próprio passado. Assim, ela terá de dar assistência ao homem que ama, caminhando na corda bamba que liga a sua vida profissional à pessoal, e buscando justiça nos dois lados do seu mundo.

Quero começar agradecendo a editora por ter me enviado o livro para resenha. Muito obrigada!

Retrato Mortal me emocionou em muitos momentos. Fatos que acontecem com Roarke me envolveram tanto que para mim essa é a melhor parte do livro (Temos uma participação considerável dele no livro)

Quanto a parte policial, Nora continua a dar um Show na escrita, a leitura é tão fluída que em alguns momentos me peguei tentando pensar como a Eve. (Difícil!  Nunca descubro quem é o assassino)

Existem muitos momentos engraçados nesse livro, Peabody é uma personagem incrível e a relação dela com a Eve é um dos pontos altos do livro. Vários outros personagem da série aparecem durante o desenrolar da história e um deles recebe uma noticia que me levou as lágrimas (Não posso falar mais)

Eve e Roarke estão cada vez mais entrosados romanticamente, e Eve se esforça para entender todas as milhões de regras que fazem parte do casamento, quando Roarke esquece de algumas, ela irá mostrar exatamente como ele deve agir (Teve um momento que tive vontade de pegar o Roake e dar umas boas palmadas nele).

Um livro bem escrito, envolvente que nos deixa com aquela sensação de quero mais. Eu até tentei ler devagar, mas é simplesmente impossível.

Tem resenha de todos os outros livros da série aqui. Se você não conhece, não perca tempo e vá ler o primeiro "Nudez Mortal"

Agora é esperar lançamento de "Imitação Mortal" 17º Livro da série.

Esse eu mais que RECOMENDO.


1.6.11

Lançamento e promoção de Almas Sombrias – LJ Smith

Diários do Vampiro – Almas sombrias

Almas Sombrias – LJ Smith 

Apesar de para sempre marcados pela tragédia, Bonnie, Meredith e Matt tentam retomar o rumo de suas vidas. Até que sonhos e premonições alertam Bonnie que um mal antigo e poderoso ameaça todos e é preciso buscar ajuda...

Com a morte de Elena, Stefan e Damon deixam Fell’s Church e voltam a vagar pelo mundo sob a cruz de sua sina: a sede de sangue. Mas um chamado inesperado os coloca novamente no caminho de Elena — e daqueles que ela ama.

Presa entre a vida e a morte, Elena permanece ligada a Stefan, por quem se sacrificou. Mas, quando um grande perigo ameaça a cidade e seus amigos, o destino oferece a ela mais uma chance de reencontrar o amor.

Para os fãs da série chegou Almas sombrias da L.J Smith o mais novo livro da série diários do vampiro. Eu não acompanho essa série através dos livros, mas já vi a 1ª temporada da série inspirada nos livros, e apesar de algumas mudanças acredito que segue a mesma idéia geral dos livros.

E que tal uma promoção desse livro? Isso mesmo! A editora disponibilizou um exemplar para sorteio no blog. Essa promoção será diferente das outras, para participar deixe um comentário nesse post. O sorteio será entre as pessoas que comentarem, assim quem não tem twitter também pode participar!

Viu como é fácil. Então recapitulando.

1 - Siga o blog.
2 - Deixe um comentário com seu nome e email.
3 - Se tiver Twitter retuite a frase: Sigo @meninasqueleem e quero ler #AlmasSombrias lançamento da @galerarecord até 20/06 http://kingo.to/DSi

Boa sorte!!