Menu

22.6.12

A Filha da Minha Mãe e Eu - Maria Fernanda Guerreiro.

A_FILHA_DA_MINHA_MAE_E_EU_1334758785PSensível e tão real a ponto de fazer você se sentir parte da família, A filha da minha mãe e eu conta a história do difícil relacionamento entre Helena e sua filha, Mariana. A história começa quando Mariana descobre que está grávida e se dá conta de que, antes de se tornar mãe, é preciso rever seu papel como filha, tentar compreender o de Helena e, principalmente, perdoar a ambas. Inicia-se, então, uma revisão do passado – processo doloroso, mas imensamente revelador, pautado por situações comoventes, personagens complexos e pequenas verdades que contêm a história de cada um.

Quando recebi esse livro, achei a capa linda e a história promissora, infelizmente com exceção da capa, o resto é maçante, confuso e em muitos momentos sem lógica nenhuma.

Terminei o livro, mesmo não sendo uma leitura coesa e envolvente. Terminei porque precisava saber que final a autora daria a esse livro, afinal depois de tantas reviravoltas achei que o final seria muito diferente do que foi.

O livro se inicia quando Mariana descobre que está grávida, a partir de então ela irá relembrar todos os detalhes de sua infância, juventude e idade adulta. A idéia do livro é muito interessantes, mas infelizmente na minha opinião a autora não conseguiu unir as idéias, colocou fatos demais na história e não conseguiu unir as pontas, quando menos esperava outro drama era inserido na vida dos personagens sem que anterior fosse resolvido.

A mãe de Mariana é uma mulher confusa, em muitos momentos achei que ela tinha transtorno bipolar, mas estava errada, ela é apenas uma mulher fechada que não consegue falar sobre seus sentimentos e assim acaba complicando a vida de todo mundo.

Não gostei do livro, talvez por não ter conseguido achar a história realista no que propõem, sem contar que Mariana é uma personagem que agrada e desagrada muitas vezes, não consegui me identificar com nenhum dos personagens, acho que o motivo é que minha relação com minha mãe é aberta e completa.

Um ponto positivo do livro é que a leitura flui rapidamente, pois é quase todo composto de diálogos deixando de lado a parte descritiva da história, assim foi fácil chegar ao final da história de Mariana e sua mãe.

Terminei a leitura com a sensação que a autora queria escrever um livro de auto-ajuda disfarçado de romance. Eu entendi a mensagem principal do livro, só acho que não precisava enrolar tanto para chegar ao final.


9 comentários:

  1. A capa é mesmo bonita... mas de início eu não queria ler... ou melhor, eu continuo sem fazer questão... justamente por ter entendido como vc... um livro de auto ajuda, que não me ajudaria a nnada... kkkk

    ResponderExcluir
  2. Oi Ju, gostei da sinceridade na resenha.
    Ainda não li o livro, mas já o tenho. Fiquie interesada na leitura e já li outras resenhas super positivas, então acredito que cada livro toque a pessoa de um jeito, quando eu ler vou ver se vou gostar ou não né? Mas confesso fiquiei temerosa...

    bjs,
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    http://delivroemlivro.blogspot.com/
    http://devaneiosfugazes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. achei tão bunitim vc falando da tua mamis...

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela resenha Juliana! Estou ansiosa para ler A Filha da Minha Mãe e Eu e espero não me decepcionar. Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Pois é Juliana como vc diz as capam enganam, me pareceu uma estória cheia de sentimentos e se revelou confusa e cansativa...Essa eu deixo passar...gostei de sua resenha, sem enrolações, foi bem clara...Bom seabado e bjs

    ResponderExcluir
  6. poxa tava entusiasmda pra ler o livro, a capa transpassava uma coisa e é outra isso é chato. Mas gostei de como vc falou, foi direto ao ponto sem achismo,foi na certeza

    ResponderExcluir
  7. Que pena... a capa é tão linda, e estou para começar a ler, agora dei uma desanimada...
    Bem, vou começar sem expectativas, ou melhor, esperando o pior... quem sabe eu goste, né?

    beijos,

    ResponderExcluir
  8. Achei essa capa perfeita, e achei tbm que seria um livro perfeito para ler junto da minha filha, mas agora vi que não é bem por ai.
    Ainda pretendo ler, mas agora vou com mais cautela!

    ResponderExcluir
  9. A capa é linda apesar de não ser o meu tipo de livro =\
    Ainda mais sendo comparado com auto-ajuda ><

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.