Menu

15.6.12

Um homem de negócios - Brenda Jackson

UM_HOMEM_DE_NEGOCIOS_1259085733PDesde o dia em que conheceu Tag Elliot, Renee Williams não conseguiu mais esquecê-lo. Tag pertencia à família mais rica de Manhattan e estava muito longe da realidade da assistente social. Apesar das diferenças, Renee permitiu-lhes uma noite para viverem suas fantasias, mas para Tag isso não era o suficiente, e ele sempre conseguia o queria...

Adorei esse livro! Ele tem todos os elementos que fazem o romance meu estilo favorito.

Tag é aquele tipo de mocinho que apaixona nas primeiras páginas e o melhor é que ele se sente imediatamente atraído pela teimosa Renee que acredita que uma relação entre eles é impossível pela diferença racial e de classe social.

Renee é negra, uma mulher que já se decepcionou com os relacionamentos passados. É assistente social de um grande hospital, quando a mãe de Tag precisa de ajuda acaba conhecendo o irresistível Tag que fará com que ela mude seus conceitos.

O livro é direto e bem escrito. Sem enrolações desnecessárias ou grandes vinganças sem cabimento. Nesse livro você irá acompanhar o surgimento de um relacionamento entre duas pessoas que se apaixonam.

Gostei da mocinha ser negra e do fato de Tag não vê-la pela cor. Ele se apaixonada pela pessoa, mas nem tudo são flores, afinal nem todos conseguem aceitar que duas pessoas de etnias diferentes possam ser felizes juntas. Renee demora a aceitar aquilo que seu coração insiste em lhe dizer, mas quando aceita é lindo.

Nunca tinha lido nada dessa autora, mas com certeza irei procurar outros livros dela.

Recomendo!


4 comentários:

  1. Que interessante! Uma mocinha negra não é algo que vejamos com frequência por aí... Vou procurar o livro para ler assim que eu puder! Valeu pela dica! ;)

    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Capa linda, ainda não tinha visto uma assim...
    Gostei da abordagem quanto ao preconceito e mais ainda de saber que o mocinho não liga para essa bobagem!!!
    Pessoas podem ser boas ou más sendo brancas ou negras... então a cor não é um ponto de distinção de quem é melhor e não merece mesmo sofrer humilhações por sua natureza.

    ResponderExcluir
  3. nossa é tão dificil encontrar mocinhas negras, é uma nova abordagem e parece ser bem legal e é uma menira de acabar com o preconceito, deve ser muito bom esse livro, foi uma dica e tanto de leitura

    ResponderExcluir
  4. Já livros dela e gostei, este ainda não conheço.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.