Menu

19.7.12

Doce Triunfo - Judith McNaught

1.1

Katie Connelly é jovem, linda e sofisticada; tem amigos importantes, sucesso na profissão e uma legião de pretendentes. Mas ninguém havia tocado verdadeiramente seu coração até o dia em que Ramon Galverra, um misterioso e másculo motorista de caminhão, a salva das mãos de um admirador exaltado. Katie não imagina que o homem moreno e de sotaque hispânico é na realidade um riquíssimo empresário, que se diverte com seu engano. Ramon deixa que a garota se apaixone perdidamente pelo rústico pobretão que ele finge ser, a fim de testar sua sinceridade. Ao mesmo tempo, ele também se vê seduzido por ela. Sempre sustentando a mentira, o magnata convence Kelly a acompanhá-lo a Porto Rico. Ele a pede em casamento. Mas, antes de unirem-se, ela precisa superar seus preconceitos, aceitar as diferenças e aprender com elas. Precisa revelar um segredo que carrega há anos, enterrando as mágoas no passado para encarar um novo futuro.

Judith McNaught é uma autora maravilhosa! Adoro seus livros históricos e boa parte de seus livros contemporâneos, infelizmente em “Doce Triunfo” a autora perdeu a direção e escreveu um livro: Chato e irritante.

A personagem principal, Katie é preconceituosa, mimada e muito indecisa. Eu tinha vontade de falar uma boas verdade para ela, sem contar que o delicia do Ramon Galverra não merecia uma mocinha tão sem noção.

A sinopse diz muito do livro, inclusive quando li, fiquei louca para lê-lo, pena que o melhor do livro seja a sinopse. Algumas partes também são bem enganosas, me deixaram no desejo de ler um enredo como o mostrado no livro.

O melhor do livro com certeza é o mocinho que apesar de ser um tanto machista, é decidido e apaixonante. Juro que não entendo como ele suportou por tanto tempo a chata da Katie.

O livro foi escrito em 1983, fato que justifica a questão machista da história, pois Ramom tem uma visão estreita do papel da mulher dentro da família. Como ele me conquistou com seu caráter, honra e paixão, eu não acharia ruim ficar no lugar de Katie sem problema nenhum.

Se eu não conhecesse a autora dos livros maravilhosos que já li, ficaria com um pé atrás em ler qualquer outro livro dela, mas felizmente sabemos que todo autor escreve algo digno de ir para a lata do lixo.

 


18 comentários:

  1. Rindo da sua resenha Ju. O melhor do livro é a sinopse foi boa, kkk

    Bom saber que a Judith errou a mão nesse livro, assim nem entra para a,lista, kkk

    Continuo rindo, kkk

    ResponderExcluir
  2. Eu confesso que tenho medo dessa autora... pq vejo que uns adoram Whitney meu amor, outros odeiam...
    Fico pensando, arrisco ou não? o.Õ
    Já sei que é melhor correr léguas deste... a capa é bonita e realmente a sinopse agrada... uma pena que se vc que gosta se decepcionou... eu acabarei banindo ela de qq futura leitura. XD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao faça isso. Desse gênero de romances contemporâneos e historicos, judith é a melhor.
      Leia whitney sim. Agora e sempre é lindo.

      Excluir
  3. Juliana Vicente amei a resenha!!!Ri demais com a frase final " felizmente sabemos que todo autor escreve algo digno de ir para a lata do lixo."
    Só para constar esse foi o primeiro livro que li da Judith por isso acho que demorei tanto tempo pra me deixar ser convencida a ler outros livros da autora,eu não gostei de nada do livro,nada mesmo.A mocinha é uma estúpida e o mocinho apesar de todas as qualidades escritas acima é machista demais para mim.

    ResponderExcluir
  4. Pela sinopse parece ser muito bom... mas sinopses enganam bastante.
    Acho que leria somente por causa da autora... já que minha amiga Ju não gostou, é quase certo eu não gostar tbm. =)

    ResponderExcluir
  5. haha adorei a resenha Ju. Amo Judith mas sabemos que "todo autor escreve algo digno de ir pro lixo"

    Bjs,

    ResponderExcluir
  6. Amoooooo Judith, já li todos os históricos dela... Poucos contemporâneos. Mas sei que esse não estará na lista... Bju Ju!!!

    ResponderExcluir
  7. Poxa eu li a sinopse e fiquei como vc: doida pra ler o livro agora a vontade ate murchou, pelo menos o micinho parece ser tudo de bom, mas ja a mocinha uma mimada e egoista ai não da ne? Quebra toda a magia do livro. Talvez por ser muito antigo o livro cause estranheza

    ResponderExcluir
  8. Adoro os livros históricos da Judith, mas o contemporâneo que li; Dois pesos e duas medidas; me despertou um único sentimento: raiva...
    Acho que a autora nasceu para os históricos mesmo!
    Bjkas,
    Monique Martins
    @moniquemar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahn! Eu gostei de dois pesos e duas medidas, mas o livro é bastante curto. Ela podia ter explorado melhor a história.
      Leia em busca do paraíso. É de judith tb e é contemporâneo. Linda a história e eu adorei!!

      Excluir
  9. Como a grande maioria aqui tbm sou fascinada pelos livros da Judith,tendo Whitney meu amor como o preferido. É chocante saber q ela teve um momento ruim ao escrever esse livro. Como nunca li ele antes, agora depois da sua resenha vou evitar,rsrs Vou focar nos livros que as amigas tudo de bom mandaram pra mim ;)
    Excelente resenha Ju! Beijao! :-D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amaçaras whitney até ler Agora e Sempre.
      Leia q vc vai gostar. Bjos

      Excluir
  10. Nunca li nenhum livo desta autora e provavelmente iria me empolgar pela sinopse que iria me fazer ter muita vontade de ler este livro. Mais pelo que vi/li de sua resenha a história deixa a dsejar...;(

    ResponderExcluir
  11. Apesar de muiiiito fã da Judith, eu preferi nem ler esse livro pois parece que nesse ela errou feio a mão...

    Continuo passando a vez, e nem quero ler....

    ResponderExcluir
  12. Uma pena quando o autor erra a mão.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  13. Pela sinopse eu fiquei doidinha pra ler mas agora que vi a resenha desanimei kkkkkk
    É uma pena, mas fazer o quê, todos os escritores erram uma vez ou outra.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Eu não li nada de Judith McNaught e fica anotado para não começar por este livro.
    Realmente pela sinopse o livro parece muito bom, mas pela resenha e pelos comentários a autora realmente não foi feliz no desenvolvimento da historia.

    ResponderExcluir
  15. Adoooro judith!! To procurando lembranças de nós dois
    Para ler.
    Já li todos os historicos dela e alguns contemporâneos.

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.