Menu

20.7.12

O Escolhido - Hannah Howell

 

Ele tinha dons sobrenaturais... e lhe despertava uma irresistível paixão.

escolhido

Inglaterra, verão do século XVIII. Um homem nu aparece no roseiral da família de Lorelei Sundun.  Ao contrário de gritos ou pedidos de socorro, algo que se esperava da maioria das mulheres de sua época, Lorelei oferece ajuda, pois percebe o embaraço do rapaz, que não sabia onde estava. Ela nunca ouvira falar da família de Argus Wherlocke, nem sobre os dons paranormais comuns entre os membros desta família.

Porém, arrebatada por uma súbita paixão e munida de coragem, ela logo se arrisca para ajudá-lo num jogo perigoso de perseguições. Argus logo descobre que Lorelei é sua única esperança de salvação, e que seu desejo pode ser a mais importante arma para combater seus inimigos.

Amo os livros da saga da familia Wherlocke, não que as histórias sejam perfeitas ou mesmo muito intrigantes, é simples, às vezes confusas devido a quantidade de personagens, mas sempre me dá uma sensação de tranquilidade, como se eu estivesse lendo noticias de uns amigos queridos.   “ O escolhido” é o quarto livro da série e o personagem principal  Argus Wherlocke é da mesma família de Chloe, Penelope e Alethea, personagens apresentadas nos livros “A Vidente”, “A Sensitiva” e “A Intuitiva”. Este livro é mais um que vem com uma numerosa quantidade de personagens novos e que prometem boas história, se a Hannah conseguir fazer um livro pra cada um, ela não vai ter tempo de escrever sobre mais ninguém.

Argus tem o dom de hipnotizar as pessoas pelo olhar e pela voz, mas por causa desse dom foi sequestrado por pessoas que acham que esse poder pode lhes ser dado ou até ensinado. Lorelei, a mocinha do livro, é decidida, forte,  e como em todos os livros da saga até agora, acredita ”quase” que de primeira nos dons do mocinho. E sua ajuda é fundamental para salvar a vida de Argus. Gostei do romance é leve e descontraído. As partes engraçadas ficam por conta das numerosas famílias Wherlocke e Vaughn, e da não menos abundante família Sundun. 


11 comentários:

  1. Não sei bem se eu ajudaria um ser que aperece pelado no meu jardim... hahaha... não de primeira... eu pensaria que era um tarado e fugiria... sorte do rapaz que ela não é como eu e ficou para escutar e resolveu ajudar!!!
    Que poder hein? Perigoso e interessante, não é a toa que o sequestraram... hahaha
    Adorei!!!

    ResponderExcluir
  2. Danielle, Do jeito q as coisa estão difíceis, acho q eu ajudaria. Quando eu teria outra oportunidade de ver uma espécime como o Argus no meu jardim e nu!? rsrs

    ResponderExcluir
  3. Preciso comprar esse livro para fechar minha coleção!
    Amei a capa, se brincar é a mais bonita da série.
    Gostei da sua resenha, como vejo muitas resenhas sobre essa série, e nem todas são positivas, quando começar a ler já vou sabendo que não devo entrar com muita expectativa na leitura, acho que assim vou gostar com certeza!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  4. ja pensou em encontrar um argus peladinho no seu jardim? ai que tentação kkk, ainda não li os livros dessa familia, mas sou fã da Hannah e conheço bem su jeitinho unico de escrever e encantar, misturando romance e comédia. Ao meu ver essa saga é uma versão de livraria ja que a tão conhecida e aclamada saga das terras altas foi publicada em banca e a gente não seem falar pode ficar sem Hannah Howell na estante :)sem falar na delicadeza de cada livro que vem fechado a fita de cetim amei!!!Como agora só vou poder gastar no natal esse livro e os outros da saga estão na minha lista de desejos

    ResponderExcluir
  5. Eu ganhei os outros livros da série, mas ainda não tive o prazer de ler. Mas claro que irei completar minha coleção.
    Quem não gostaria de encontrar um Argus nu em seu jardim??? kkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Thalita!
    Os livros da HH são simplesmente fantásticos e maravilhosos!

    FELIZ DIA DO AMIGO!!

    "AMIGO, palavra tão fácil de se escrever e pronunciar, mas tão difícil de ter. AMIGO, é aquele que nos ampara nos momentos difíceis, é aquele que nos crítica nos erros e fraquezas, é aquele que não engana, que não elogia para não explorar. AMIGO, é aquele que sente a nossa ausência e chora quando choramos."

    Vim desejar alegria, felicidade e muito amor no coração e um final de semana iluminado, cheio de carinho e felicidade!!
    “Crer, é tornar possível o impossível.”
    Carinho não tem preço, doe-se.
    Blogueiras Unidas 1275!
    Luz e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Se aparece um homem pelado no meu jardim?? eu ia ficar uns segundos paradas..rs mais acho q dependendo da situação e da cara do moço eu ajudaria..rs
    Gostei da resenha , a história é otima e acho que me prenderei fácil a esta leitura

    ResponderExcluir
  8. Eu tenho os 3 primeiros da série. Mas ainda não li.
    HH é uma das minhas autoras favoritas.

    Gosto mto de livros descontraidos onde eu me divirta com a história.

    Parece ser o caso desse. Pq convenhamos um homem pelado aparecer no seu jardim é no minimo engraçado...(em livros) kkkk

    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Adoro os livros de família. Sobrenatural então... Tenho que comprar logo meus livros dessa série, sou louca pra ler! ;)

    Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Oi Thalita, ainda não li nada dessa escritora, é que as opiniões são tão contraditórias...mas quando leio uma resenha assim me assanho toda...quando ver aquelas promoções de box com a coleção vou comprar e eu mesma ter minha opinião..porque gosto é muito subjetivo cada um tem o seu...obrigada pela dica e bjs

    ResponderExcluir
  11. Uma trilogia legal vai virar uma série infinita. Espero que a autora não "perca a mão" nas historias. Adoro as capas desta série.

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.