Menu

28.8.12

Minha Vida Agora - Meg Rosoff

Minha-vida-agora

Uma garota nova-iorquina de 15 anos desembarca na Inglaterra, enquanto uma nova grande guerra está prestes a começar, para passar uma temporada com a tia e quatro excêntricos primos totalmente desconhecidos. Na imensa casa de campo, longe da agitação de Manhattan e dos conflitos com a nova madrasta, grávida do bebê que pode lhe tirar o pouco que lhe resta do pai, Daisy descobrirá o amor, o desejo, a liberdade de um cotidiano sem adultos e o valor da amizade verdadeira.

Minha vida agora é diferente de tudo que já li. Um livro com apenas 176 páginas que me envolveu e emocionou. Comecei a leitura sem saber o que esperar, primeiro achei que seria sobre uma garota que viveria um verão inesquecível, cheio de momentos divertidos e muito romance, mas ainda que esses momentos façam parte do livro, esta muito longe de ser o foco da história.

Daisy é uma jovem perturbada, sua mãe morreu no parto e ela foi criada por seu pai, até que ele se casa novamente e ela desenvolve um ódio imenso de sua madrasta que em breve irá lhe dar um irmão, por isso ela começa a puni-lós e se punir. Daisy deixa sua casa em Nova-York e parte para a Inglaterra onde irá conhecer seus primos que são mais que especiais. Cada um dos primos de Daisy tem algo especial, quase como um “poder” ainda que seja sutil e não discutido entre eles. Piper e Edmund tem um papel especial na vida de Daisy, com Edmund ela irá conhecer o amor e a paixão, e com Piper irá conhecer o que é amizade.

Até a metade do livro eu juro a vocês que não conseguia entender o sentido da autora ter escrito o livro, não que seja ruim, eu logo me acostumei com o fato dos diálogos serem parte da narrativa de Daisy, mas procurava entender que mensagem a autora queria nos passar, foi quando tudo mudou e a história começou a ter todo o sentido do mundo para mim.

É um livro que não irá agradar todo mundo, tenho certeza que muita gente irá desistir antes de chegar a metade do livro, mas eu recomendo a vocês que continuem a leitura, pois quando tudo começa a mudar e tenham certeza que tudo muda, a leitura nos absorve e emociona.

Vou parar de falar, pois vocês mesmos devem ler e conhecer os pequenos e grandes sentimentos pelos quais somos bombardeados durante a leitura.


9 comentários:

  1. Achei legal a resenha, parece ser um livro interessante.
    Gosto de leituras leves, e esse parece ser um assim...

    ResponderExcluir
  2. gostei da resenha, parece ser um livro legal, talvez se eu lesse ia gostar ^^

    ResponderExcluir
  3. gostei da sinceridade da sua resenha :)

    ResponderExcluir
  4. Ainn, Ju.
    Eu quero MUITO ler esse livro. Mas, uma perguntinha... O fato de ser tão curtinho e você ter passado metade da história tentando entender o motivo da autora ter escrito não influenciou no seu entendimento?
    Porque, sei lá, me preocupo quando o livro é pequeno e vago no início... enfim...

    Ainda quero muito ler, rs
    BEijos

    ResponderExcluir
  5. Gabi, o livro é curto, mas é completo. Entendemos a história normalmente, o problema é que até a metade a história é leve e feliz, mas sem grandes surpresas, eu não entendia como haviam escolhido publicar aqui no Brasil, mas depois da metade eu entendi o sentido da história.

    Espero que você goste, eu gostei!

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi Ju!
    Eu quero muito ler esse livro!
    Desde a primeira resenha que li, fiquei curiosa e interessada na história!

    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Uma boa resenha... a segunda que leio e tb positiva... a capa é meiga... eu fiquei curiosa sobre os poderes dos primos dela.... gosto quando incluem esse quesito em livros... =)

    ResponderExcluir
  8. Livro bem curtinho, para ser lido bem rapidinho, heim? Mas ter que esperar até a metade do livro para entender o sentido da estória...será que dou conta?????

    ResponderExcluir
  9. essa capa nada a ver com a história, porem parece mt interessante

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.