Menu

20.8.12

O HOMEM SEM GRANA - Vivendo um ano fora do sistema econômico - Mark Boyle

689884

Com o objetivo de chamar atenção para o excesso de consumo e desperdício na sociedade ocidental, o economista Mark Boyle se propôs a viver sem dinheiro durante um ano. O autor conseguiu sobreviver, se alimentar, manter uma casa e a higiene pessoal sem gastar nada. Para isso, ele lançou mão de soluções criativas, como pasta de dentes feita de moluscos, esquemas de permuta de habilidades e um sanitário compostável. 'O homem sem grana' é o relato de alguém que já esteve dentro do sistema econômico e que, ao perceber as consequências do dinheiro para o meio ambiente, decidiu agir e mostrar que, às vezes, abrir mão dele pode ser o caminho para uma vida melhor.

Esse livro me chamou atenção por sua sinopse, não conseguia imaginar como é viver fora do capitalismo no qual estamos inseridos. O livro é o relato completo de Mark Boyle durante um ano de sua vida, no qual se propôs a não usar dinheiro para nada. Vocês podem se perguntar, assim como me perguntei como ele conseguiu fazer isso, mas depois de ler o livro ficou muito claro que é possível sim, ainda que seja muito difícil.

Mark desistiu da suposta segurança financeira para viver uma vida que não prejudicasse ao planeta. Já vivia uma vida diferente da maioria das pessoas, é totalmente Vegano, recicla seu lixo, criou um site chamado Freeconomy onde pessoas podem trocar talentos ou produtos que já não precisam, assim o consumo desses materiais diminuem consideravelmente. Muitas das ideias desse livro chamam atenção pelo fato de poderem ser facilmente praticadas, mas ainda assim é algo muito difícil de acontecer.

É impossível começar a leitura e não se identificar com alguns ideais que Mark divulga pelo simples fato de tentar viver sua vida fora de tudo que para nós é essencial. Sou sincera em dizer que não conseguiria viver com o mesmo desprendimento que Mark, não consigo me imaginar precisando construir meu próprio banheiro. Mas o legal é que ele nos mostra que não precisamos viver da mesma forma que ele, só precisamos mudar um pouco a forma de ver o mundo e as pessoas, assim será possível melhorar nossa vida e a vida do planeta.

O livro é muito bem escrito, Mark consegue nos inserir em seu relato e com isso temos momentos de tensão e diversão. Gostei principalmente do fato de ele conseguir manter o bom humor em suas palavras, apesar de todas as dificuldades. Você irá se deparar com palavras cruas e sinceras, com sentimentos e dúvidas que são impossível de evitar.

Esse relato de coragem e amor pelo planeta me tocou, e mesmo depois que terminei de ler fiquei com essa história na cabeça, pensando numa forma de mudar meus hábitos de alguma forma, quem sabe assim eu consiga ajudar um pouquinho a mãe natureza.

Para aqueles que ficaram curiosos para saber mais sobre o autor do livro, ou quer dicas de como viver com menos dinheiro, é só acessar o blog:

http://www.justfortheloveofit.org/

Se você não sabe inglês, pode traduzir o site para português na lateral direita do site. Você irá conseguir entender boa parte do que está escrito.

P.S: Mark continua vivendo sem dinheiro.


8 comentários:

  1. Nossa, não me imagino vivendo assim, seria uma experiência bem difícil, kkk
    Mas se o cara consegue e depois ainda escreve um livro é por que pode ser possível.
    Ficou só uma pergunta no ar: O que ele fez com o dinheiro do livro?

    ResponderExcluir
  2. uau, como assim ir contra o sistema que esta em nós, puxa deve ser um livro e tanto aposto qu eo Mark tem muito a passar e principalmente nos fazer refletir

    ResponderExcluir
  3. Lena, ele fala sobre o que irá fazer com o dinheiro. Na verdade tem muita polêmica a respeito disso e ele passa parte disso no livro.

    Senti que ele é verdadeiro no que se propõe.

    Thaila, dá para aprender muito de verdade.

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Ju achei bem interessante a proposta do cara,apesar de não me imaginar dentro desse contexto.
    Acredito que é o tipo de livro que vale a pena ser lido principalmente pela reflexão que o livro nos influencia a fazer.
    É legal saber que nossas atitudes por menores que sejam ajudam a mudar o mundo.=)

    ResponderExcluir
  5. Esta experiencia eu passo rsrsrs Série não consigo pensar como seria viver sem dinheiro. Fiquei muito interessada no livro, deve ter sido uma experiência e tanto e deve ter valido a pena já que ele continua a viver sem o dinheiro.

    ResponderExcluir
  6. Cruz credo... viver sem dinheiro durante 1 ano??? mas, pensando bem, vivendo com a "merreca" que eu ganho não deve ser muito diferente!!! ECAAAA... pasta de dentes feita de moluscos???

    ResponderExcluir
  7. Caramba! Queria ser assim, ou pelo menos contribuir mais para a preservação do meu planeta! ;(

    ResponderExcluir
  8. Acho que vou ser o proximo. Só não sei se irei pelo mundo a pé ou de bicicleta.

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.