Menu

4.9.12

Amada Imortal - Cate Tiernan

Amada Imortal

Sabe quando você pega um livro para ler sem ter a mínima noção do que esperar? Bem, minha relação com Amada Imortal começou assim, ele chegou, coloquei junto dos livros de parceria e continuei lendo outro livro. Apesar da capa ser linda, não fiquei muito empolgada em começar a leitura, pois achei que seria mais do mesmo YA que estamos acostumados e atualmente domina o mercado. Felizmente eu estava muito enganada.

Na minha opinião Amada Imortal não tem nada de Young Adult. A maior semelhança ao gênero é que eles parecem ser adolescentes, quando na verdade já viveram muitos séculos e a falta de cenas "calientes”. As experiências vividas durante seu longo tempo de vida, tornaram Nastasya uma personagem madura, que carrega um peso enorme dentro de si. Ela vive de festa em festa, sempre acompanhada de Incy, seu melhor amigo, e outros imortais que não estão nem aí para ninguém. Depois de se deparar com uma situação assustadora provocada por Incy, começa a perceber que algo precisa mudar.

Os personagens são bem construídos, Nastasya é um mulher presa no corpo de uma garota de 17 anos, durante o livro somos apresentados ao seu passado e presente, a autora conseguiu alternar os períodos históricos sem confundir o leitor e me deixou imensamente curiosa para descobrir todos os segredos de Nastasya. O crescimento dessa personagem é o ponto alto do livro, vê-la se reconectar consigo mesma foi muito emocionante. Seus professores nessa jornada são pessoas que assim como ela já se perderam uma ou outra vez, por isso sabem o quanto amizade verdadeira é valiosa.

Reyn é um personagem que me agradou e desagradou. Ele é misterioso e muito atraente. Nastasya se sente imediatamente atraída por ele, ainda ele seja totalmente hostil a sua presença. Apesar de ter um indício de romance nesse livro, não esperem muito, mesmo porque acredito que esse não seja o foco desse primeiro volume da série.

Eu comecei a ler Amada Imortal e só parei quando cheguei a última página. O livro me surpreendeu de forma positiva e aguardo ansiosa pela continuação para descobrir como Nastasya irá enfrentar os desafios que em breve irão chegar a sua porta.

Sinopse:

Primeiro livro de bem-sucedida trilogia, mistura fantasia sobre imortais a uma história moderna de jovem em busca de si mesma e de redenção. Questões de identidade e moralidade aparecem na trama, protagonizada pela imortal Nastasya. Nascida em 1551, acostumada a beber e sair para baladas cada vez mais loucas, ela perdeu o rumo. Suas conexões com outros imortais, interessados apenas em suas habilidades mágicas, a fazem partir em busca de um propósito. E o encontra em uma espécie de clínica de reabilitação para os de sua espécie, onde conhece um pouco mais sobre o próprio passado e cria importantes laços para o futuro.

Livro no Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/254428-amada-imortal


12 comentários:

  1. Gostei muito da sua resenha. Eu quero ler esse livro, a historia me atraiu e a capa é muito LINDA!Hahahah vou colocar na listinha.

    Beijos
    http://sopadeletrasdalana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro YA, mas confesso que tô meio enjoada da avalanche desse tipo de leitura.
    Que bom que estão lançando bons títulos adultos.
    Amada Imortal está na minha lista de futuras (beeeeeem futuras) compras.

    ResponderExcluir
  3. Gostei da resenha, senti o mesmo durante a leitura.
    Doida para ver as novas etapas da vida de Nasty e Reyn.
    E que venha logo a sequência!

    ResponderExcluir
  4. Sou louca pela capa desse livro e a sinopse me apaixonou. Sua resenha me fez ficar com muito mais vontade de conhecer a Nastasya.

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Ha cada dia estou gostando mais deste estilo de livro e em pensar que a um tempinho atrás eu "torcia o nariz" para livros com este tema...rs
    E além de uma história super atrativa achei a capa super linda.

    ResponderExcluir
  6. Ah que lindo... a capa condiz com a estória!!!
    Acho bom quando não focam em romance... e gostei por ela não ser a única imortal, pq aí sim seria um tédio... me pergunto com o que ela preenche o tempo além das festas... e junto com o Reyn vem confusão?

    ResponderExcluir
  7. Citação:

    "Na minha opinião Amada Imortal não tem nada de Young Adult. A maior semelhança ao gênero é que eles parecem ser adolescentes, quando na verdade já viveram muitos séculos e a falta de cenas "calientes”."

    Vai ver que foi por isso que gostei. #brincadeira.

    No início, eu achei que os personagens tinham certa imaturidade no seu comportamento hedonista, mas depois a autora foi me convencendo do seu ponto de vista, de como esses personagens imortais se comportariam. E ainda mais tarde, percebi a grande bagagem emocional que eles carregam. Resumindo: acabei gostando muito, embora no início tenha tido algumas dificuldades. Vou acompanhar a trilogia. ;)

    Ótima resenha.

    bjokas

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li esse livro,mas parece muito bome fiquei mais entusiasmada com a resenha :)

    ResponderExcluir
  9. O livro me atraiu pela linda capa, mas lendo a sinopse pensei 'mais do mesmo: sobrenatual com drama adolescente".
    A resenha mostrou um lado diferente da história e me deixou com vontade de ler. Ainda não tenho planos para adquirir, até porque é série, mas vai para listinha dos desejados.
    Bjkas!

    Monique Martins
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  10. Um livro que me conquistou pela capa e que não vejo a hora de ler.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  11. A capa é linda,ja li algumas resenhas deste livro e to bem curiosa pra lê-lo.Esse tema de imortais é bem legal,ja entrou na minha listinha *-*

    ResponderExcluir
  12. Eu queria saber quando vai sair o 2 livro. Alguém sabe????

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.