Menu

15.9.12

Promoção “A Casa das Orquídeas”

neve-e-vista-em-macieira-na-regiao-de-somerset-na-pennsylvania-eua-apos-tempestade-de-neve-a-nevasca-fora-de-epoca-tambem-atingiu-pembroke-em-nova-york-1335218152915_956x500 copy

A promoção de hoje é do livro A Casa das Orquídeas da Editora Novo Conceito. Se ainda não conhece a história é só clicar AQUI e ler a resenha no blog.

Para participar da promoção é preciso:

1 – Seguir o Blog.

2 – Seguir o Twitter da @Novo_Conceito e @Meninasqueleem.

3 – Residir no Brasil ou ter endereço de entrega.

4 – Twittar a frase:

Quero ganhar A Casa das Orquídeas da @Novo_Conceito que @Meninasqueleem vão me dar http://kingo.to/1bsm 

Atenção

O sorteio inicia dia 15/09/2012 e termina dia 15/10/2012. O ganhador terá 48 horas para responder ao contato ou novo sorteio será realizado.

O livro será enviado em até 30 dias após o sorteio.

Boa Sorte!


14.9.12

Starters - Lissa Price

starters
Sabe quando um livro prende totalmente sua atenção? Starters é exatamente assim! Comecei a ler sem ter certeza do que esperar. Claro que a sinopse me permitiu ter uma ideia geral da história, mas eu não estava preparada para entrar de cabeça nesse mundo.

O livro é futurista, começa após o final da guerra dos esporos que matou todos as pessoas entre 20 e 60 anos. A sociedade é regida por Enders que possuem uma expectativa de vida prolongada graças a evolução médica. Nesse mundo os jovens sem família são criados em reformatórios ou se escondem em casas abandonadas, enquanto aqueles que possuem a sorte de ter avós ricos, são mimados e alienados.

Não espere enrolação nesse livro. A autora é clara e rápida nas descrições e situações que Callie vive, ela nos comove com sua dedicação e amor por seu irmão Tyler; todas as confusões e perigos pelas quais ela passa é em busca de uma vida melhor para ele. Callie vai parar na Prime Destinations, um local que usa os corpos de jovens sem família para que ricos idosos possam ter a sensação de serem jovens novamente por um período curto de tempo. Só que as coisas mudam, quando Callie descobre que eles desejam muito mais que “alugar” seu corpo, eles desejam tomá-lo. Se vocês já assistiram o filme “Gamer” irão notar as semelhanças entre o filme e o livro, fica até mais fácil de compreender a história comparando filme e livro, mas apenas a ideia principal é a mesma, pois todo o resto diverge do filme.

Gostei muito da personalidade de Callie, ela é aquele tipo de mocinha corajosa que enfrenta as dificuldades de frente, ainda que busque seu final feliz. Ela tenta fazer o certo, mesmo que acabe errando no caminho; Tyler é o personagem fofo que está no livro apenas para dar sentido a luta de Callie, quem sabe nos próximos livros ele tenha um destaque maior.

Nesse primeiro livro, Callie conhece Blake, garoto rico, que lhe proporciona ótimos momentos e faz com que ela esqueça de Michael, seu melhor amigo, por um tempo. Acredito que em breve teremos um triângulo amoroso para complicar ainda mais a vida de Callie, eu mesma não sei quem escolher. Até havia me decidido quando fui bombardeada por revelações que me fizeram ver as coisas de forma diferente.

A editora manteve a capa original. Pessoalmente não gostei muito da escolha da foto para a capa do livro, mas devo dizer que é belissimamente trabalhada. Tem um brilho lindo que me fez ficar mexendo na capa sempre que eu pegava o livro para ler.
Starters é um livro eletrizante, daqueles que mais parece roteiro de filme de ação, em alguns momentos eu precisava parar a leitura para conseguir respirar. Existe um mistério sobre quem é o “Velho” que comanda a Prime Destinations, eu reli várias partes do livro tentando descobrir, mas infelizmente continuo sem ter a mínima ideia. Só me resta aguardar ansiosa pelo lançamento do segundo livro e saber de que forma a autora irá conduzir a história de Callie e sua luta contra o sistema.

Sinopse

Seu mundo mudou para sempre. Callie perdeu os pais quando as guerras de Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes que os matariam por uma bolacha. A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar perturbado em Berverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como o Old Man. Ele aluga adolescentes para alugar seus corpos aos Terminais — idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudará a sobreviver concorda em ser uma doadora. Mas o neurochip que colocam em Callie está com defeito e ela acorda na vida de sua locadora, morando em uma mansão, dirigindo seus carros e saindo com o neto de um senador. Parece quase um conto de fadas, até Callie descobrir que sua locatária pretende fazer mais do que se divertir — e que os planos de Prime Destinations são tão diabólicos que Callie nunca podia ter imaginado...

Link do livro no Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/246794

13.9.12

Evento Devoted – Editora ID.

Eu adoro um bom evento! É bom demais encontrar pessoas que são tão apaixonadas pelos livros quanto eu.

Eu fui ao encontro de fãs de Elixir, primeiro livro da série, e tive a sorte de ganhar o livro. A editora ID sempre envia ótimos brindes para esses encontros, afinal, eles sabem o quanto adoramos ganhar mimos e livros.

Abaixo vocês podem conferir os locais e as datas dos eventos.  Para tornar o evento ainda melhor, quem comprar o livro no dia terá 10% de desconto.

Eu com certeza irei, e você?

email-mkt-encontro-devoted-saraiva


12.9.12

Dias de Chuva e Tempestade - Nancy Pickard

 
As pessoas que me conhecem sabem da minha paixão por livros de mistério, suspense e policiais. Assim que a Editora Arqueiro divulgou a sinopse deste livro, ele entrou para minha lista de leitura obrigatória.

Surpreendente! Essa é a palavra que me vem à cabeça quando penso neste livro. Nancy Pickard consegue tornar atraente uma história que a princípio parecia comum, tornando a sua leitura fluida e prazerosa, nos levando a penetrar neste universo muito bem descrito que é Rose e nos apresentando a personagens tão reais que até se pode acreditar que eles realmente existam.

A história começa em 2009, quando Jody Linder, uma jovem mulher de 26 anos que foi mimada e protegida durante toda sua vida, é informada que o suposto assassino de seus pais foi posto em liberdade e ela tem que lidar com todos os sentimentos de raiva e impotência que essa situação a coloca. Com um salto ao passado, voltamos ao ano de 1986, e nos são apresentados os fatos anteriores ao crime e como ocorreu a morte de Hugh-jay e o desaparecimento de Laurie Jo - os pais de Jody - e o que isso ocasionou à vida de todos. De volta a 2009, vemos nossa mocinha se juntando ao advogado Collin Crosby - filho do suposto assassino de seu pai - em busca da verdade. É quando ocorre um novo crime e os fatos se desenvolvem até culminar em um final surpreendente. Retornamos a 1986 e somos apresentados à verdadeira história por trás dos crimes.

A princípio pode-se até pensar: mais que enredo confuso! Mas ai é que vemos a genialidade da autora, que nos apresenta a história de forma tão fluida e lírica que você não consegue deixar de se envolver e emocionar com ela. Os personagens são tão ricos emocionalmente que você sente como se os conhecesse. A descrição dos ambientes e paisagens são tão realísticas que quase podemos vê-las. Durante a leitura deste livro cheguei a pensar que ele daria um ótimo roteiro para um filme. Desenvolvi, como todo fã de mistério, algumas teorias sobre os crimes, mas não cheguei nem perto da verdade.

Quero parabenizar a Editora Arqueiro pelo excelente trabalho de editoração. A capa é simplesmente linda e nos dá ainda mais subsídios para nos identificarmos com a obra.

SINOPSE:

A professora Jody Linder acaba de receber uma terrível notícia: o homem condenado pelo assassinato de seu pai está sendo solto e voltará para a cidade.
Há 23 anos um crime abalou a pacata Rose, uma cidadezinha no interior do Kansas. Hugh-Jay Linder, filho de um rico fazendeiro, foi encontrado morto em casa e sua esposa, Laurie, desapareceu, levantando a suspeita de que ela também teria sido assassinada.
Ex-empregado da família, o vaqueiro Billy Crosby foi imediatamente detido e logo condenado: um vestido sujo com o sangue de Laurie estava dentro da sua picape e o chapéu dele foi encontrado na cena do crime.
Agora o jovem advogado Collin Crosby quer provar que o pai é inocente e que as evidências foram manipuladas por influência da família Linder.
Enquanto Collin espera um novo julgamento para fazer justiça ao pai, Jody precisa confrontar seus tios e avós para descobrir o que realmente aconteceu naquela terrível noite. Para isso, ela será obrigada a remexer em velhos segredos de família e a lidar com consequências imprevisíveis.
Um suspense com pinceladas de poesia e lirismo, Dias de chuva e tempestade captura a essência das pequenas cidades americanas e demonstra a habilidade de Nancy Pickard em criar personagens incrivelmente reais e profundos.

Link do livro para o Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/221841
Foto: Usa essa foto Ju.


Essa resenha foi escrita por Karla Costa, colaboradora do blog sempre que desejar.

Twiiter: @akarlacosta

Facebook: https://www.facebook.com/karla.costa.359


10.9.12

Cinquenta Tons de Cinza - E. L. James

Capa de "50 Tons de Cinza", de E. L. James
Pensei muito em não escrever essa resenha. Tanto já foi dito na blogosfera que fiquei sem saber se deveria ou não escrever, mas acho que vale a pena dizer o que penso da série mais comentada de todos os tempos.

Muito se falou e ainda se fala sobre “Cinquenta Tons de Cinza”, acredito que vocês já tenham ouvido ou lido algo sobre esse livro em algum momento, mas caso eu esteja enganada e vocês nunca ouviram falar da série que anda movimentado e polemizando as publicações ultimamente, chegou a hora de ficar por dentro.

Eu não tinha intenção nenhuma de ler esse livro. Sério! Só comecei a ler porque uma amiga me perturbou tanto, mas tanto, que para ela deixar de me incomodar, resolvi ler e saber o motivo de tanto blá blá blá... Comecei o livro sem nenhuma empolgação, em parte porque eu já sabia que era "Fanfic" de “Crepúsculo” e já basta uma Bella irritando na literatura.

Realmente o livro lembra muito “Crepúsculo”, pelo menos no que se refere a Ana, nossa mocinha que não tem personalidade alguma, mas que conquista um dos homens mais cobiçados da cidade. Não consigo simpatizar com Ana, durante a leitura fico pensando como alguém conseguiria gostar de alguém tão sem expressão, ela é tão indecisa que minha vontade maior era dar uns bons tapas nela, quem sabe assim ela deixa de ser tão tapada. Sem falar na tal "Deusa Interior" que devia ser calada para sempre. (Quando vocês lerem, irão entender)

Nesse ponto da resenha, vocês devem estar pensando que detestei o livro. Estou certa? Vão achar estranho se eu falar que na verdade eu gostei? Isso mesmo, EU GOSTEI! (Dei 03 estrelas no Skoob). Não precisam ficar confusos, já vou explicar o que me conquistou na história.

Ao mesmo tempo que não consegui simpatizar com Ana, me apaixonei por Christian Grey e seus cinquenta tons de problemas, como gosto de chamar. Ele é atraente, inteligente e apaixonado por Ana, apesar de seus traumas e medos, entra na relação com tudo. Como não gostar de alguém que se entrega tanto? Ele faz de tudo para conquistar Ana, ainda que precise deixar de lado as regras de relacionamento que tanto preza.

Christian Grey é um protótipo de Dominante. Estou dizendo isso porque já li vários livros de BDSM e posso garantir a vocês que “Cinquenta Tons de Cinza” está longe de tratar desse tema, claro que quem já leu vai dizer que existem pontos que se adequam ao estilo proposto pela autora, mas insisto em dizer que Christian Grey é o pior DOM ao qual já fui apresentada. Durante a leitura conhecemos seu quarto de jogos, e em algumas cenas ele até divide seu estilo de vida com Ana, mas é algo tão estranho que não me senti a vontade com essa relação, talvez porque Ana é a pior submissa que já vi.

O livro em si é mal escrito! Eu morria de rir com a troca de e-mails entre Ana e Christian, só lembrava da época que era adolescente e escrevia bilhetinhos para o carinha que eu gostava, isso para vocês perceberem o nível de maturidade entre os personagens. Já estou falando mal novamente quando acabei de dizer que ia falar do que gostei no livro. Bem, eu sinceramente fui fisgada pela história, precisava saber como Christian e Ana iria dar prosseguimento a essa relação não convencional. E é isso! Você lê porque quer saber como termina... hahaha. Podem me chamar de maluca, mas a verdade é só essa. Eu precisava saber se finalmente Ana deixaria de ser tão chata e se Christian deixaria de aceitar tudo que Ana fazia com ele. (Não vou contar, vocês terão que ler!)

As cenas de Sexo são abundantes, eles se pegam em todo e qualquer lugar, mas não achei nada demais. Já li muito livro com cenas melhores de sexo, então toda a comoção a respeito disso na minha opinião é desnecessária.

Apesar de tudo que se fala sobre esse livro, fico feliz dele ter feito tanto sucesso aqui no Brasil, graças a ele, estamos sendo bombardeados de lançamentos adultos. Finalmente as editoras acordaram e perceberam que existe um público adulto que gosta e lê livros com cenas de SEXO. Então não se surpreenda se encontrarem alguns lançamentos mais sensuais nas livrarias, pois agora a moda é lançar livro erótico. Vou até dar três pulinhos para comemorar esse fato... Só espero que isso não seja moda passageira e que as editoras percebam que esses livros vendem e continuem trazendo bons livros ao Brasil.

Já estou lendo o “Cinquenta Tons Mais Escuros”, segundo livro da trilogia, e posso dizer a vocês que não estou percebendo uma grande evolução em relação ao primeiro livro, mas ainda não cheguei na metade, quem sabe as coisas ainda mudem. Infelizmente a "Deusa Interior" continua aparecendo e me irritando, mas continuo presa do universo criado por E.L. James.

Essa trilogia irá agradar ou irritar, e talvez como no meu caso, irá deixar o leitor confuso e incomodado. Quem sabe quando eu chegar ao final do terceiro livro consiga ser mais conclusiva no meu julgamento a respeito da relação de Christian Grey e Ana Steele. Por enquanto vou continuar lendo e deliberando...

Sinopse:

Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja.

Link do livro no Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/242567