Menu

10.9.13

Liberta-me - Tahereh Mafi

LIBERTAME_1363575158P

Liberta-me é o segundo livro da série, vou começar dizendo que supera muito o primeiro. Enquanto em “Estilhaça-me” somos introduzido aos costumes condizente com a realidade vivida por Juliette, nesse nos aprofundamos na história. Somos apresentados a novos personagens, revemos velhos amigos e damos de cara pela primeira vez com o “grande” inimigo.

No começo fiquei irritada com Juliette e sua mania de isolação, claro que a moça tem seus motivos, mas juro que tinha vontade de gritar boas verdades, quem sabe assim ela perceberia que para ser feliz é necessário coragem e confiança. A autora conseguiu criar personagens complexos, envolventes e dúbios, afinal em alguns momentos a divisão entre certo e errado não são facilmente discernidas.

Adam ficou em segundo plano na história, ainda que esteja presente em quase todos os momentos, Juliette terá que lidar com muitos mais que Adam, ela precisa decidir se está disposta a lutar de verdade pela liberdade. As cenas de ação são poucas, mas intensas. Quando ela começa a descobrir a totalidade de seus poderes, somos surpreendidos com o quanto ela é capaz. O legal é que a autora misturou vários poderes, tornando Juliette a maior arma dessa guerra, mas o psicológico da garota é sua maior fraqueza.

Eu prometi a mim mesma que não falaria de Warner, mas gente, eu não consigo me segurar! Suspirei muito em algumas cenas, sem falar quando perdi totalmente o fôlego, a tensão entre esses dois personagens é palpável no decorrer do livro, tive a sensação que as páginas pegariam fogo em alguns momentos. Eu sei que não gosto de triângulos amorosos, mas também não me decidi com quem devo ficar, ops, Juliette deve ficar.

Agora fica a ansiedade pelo próximo volume, espero que seja publicado rapidamente, não vejo a hora de reencontrar velhos amigos/inimigos.

Sinopse

Liberta-me é o segundo livro da trilogia de Tahereh Mafi. Se no primeiro, Estilhaça-me, importava garantir a sobrevivência e fugir das atrocidades do Restabelecimento, em Liberta-me é possível sentir toda a sensibilidade e tristeza que emanam do coração da heroína, Juliette. Abandonada à própria sorte, impossibilitada de tocar qualquer ser humano, Juliette vai procurar entender os movimentos de seu coração, a maneira como seus sentimentos se confundem e até onde ela pode realmente ir para ter o controle de sua própria vida. Uma metáfora para a vida de jovens de todas as idades que também enfrentam uma espécie de distopia moderna, em que dúvidas e medos caminham lado a lado com a esperança, o desejo e o amor. A bela escrita de Tahereh Mafi está de volta ainda mais vigorosa e extasiante.

Livro no Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/309872


4 comentários:

  1. Também quis morrer com este lado psicológico de Juliette.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. eu ainda não criei animo pra ler estilhaça-me :( quero ler, mas não agora!
    com esse segundo livro acho que podemos conhecer mais da Juliette!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Thaila, é bem legal essa série. Eu não dava nada pelos livros, fui surpreendida pela qualidade de escrita da autora.

    Beijoss

    Juliana Vicente

    ResponderExcluir
  4. Olá Juliana, adorei seu post, resenha e a capa desse livro é tudo de bom! :)
    Beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.