Menu

23.9.13

O Visconde que me amava - Os Bridgertons 02–Julia Quinn

 

O_VISCONDE_QUE_ME_AMAVA_1374675648P

A temporada começou este ano de 1814 sem que existam razões para confiar em que vamos ver alguma mudança destacável como a de 1813. Como sempre, os atos de sociedade continuam cheios de mamães ambiciosas cujo único objetivo é ver suas preciosas filhas casadas com solteiros convenientes. As deliberações entre as mamães indicam o visconde do Bridgerton como seu partido mais cotizado para este ano e, de fato, se o pobre homem parece despenteado e seu cabelo alvoroçado pelo vento se deve a que não pode ir a nenhum lugar sem que alguma jovem senhorita sacuda suas pestanas com tal vigor e celeridade que provoca uma brisa de força impetuosa. Talvez a única jovem dama que não mostrou interesse pelo Bridgerton seja a senhorita Katharine Sheffield; sua atitude para com o visconde às vezes roça a hostilidade.

Nunca vi um casal mais turrão.  Ele insiste em casar com a irmã da Kate, Edwina.  Ela jura que ele, mulherengo como é, só casa com  Edwina por cima do cadáver dela. Deste impasse sai um livro divertido, leve, agradável de se ler em uma tarde de preguiça.

Anthony é o mais velho dos oito filhos da Família Bridgerton,  tem fama de mulherengo, tem jeito de mulherengo, mas mulherengo não é, quer dizer… era, não é mais e não quis fazer nada pra limpar a reputação. O problema é que agora ele quer casar e a escolha não poderia ser diferente: Tem que ser com a “Incomparável da Temporada”, no caso, com Edwina Sheffield, uma moça bela, culta, inocente e que ele tem certeza que nunca irá se apaixonar.  O que ele não esperava é que com essa escolha teria que passar primeiro pelo crivo da irmã mais velha, Katharine Sheffield, não tão bela quanto Edwina, mais velha, turrona e quando ele chega perto sai faísca, e quando está longe ela habita seus sonhos.  Kate, por outro lado, não espera mais se casar, está debutando também nesta temporada, mas o que mais deseja é que a amada irmã se case com uma pessoa que a respeite e a ame e não acredita, nem por um segundo, que o Visconde possa ser este homem. Principalmente quando ela descobre que quer ele para si mesma.

O livro como todos da  família Bridgerton é engraçadíssimo,  isso por conta da fofoqueira de plantão que atende por Lady Whistledown. E nos conta as novidades da temporada com o máxímo de bom humor e detalhes.

A capa do livro está maravilhosa! A Editora Arqueiro, mais uma vez, fez um trabalho incrível

 

A série “Os Bridgertons” no Skoob:

1 - O Duque e Eu

2 - O Visconde que me amava


3 comentários:

  1. Essa é minha próxima leitura, já ansiosa para ler!

    ResponderExcluir
  2. Essa série é maravilhosa!

    Anthony é maravilhoso, quero pra mim!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Thalita o que mais me encanta nas histórias da Julia é a mescla de romance e comédia!
    faz dela única!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.