Menu

27.12.13

Jardim de Inverno - Kristin Hannah



Título: Jardim de Inverno
Autor(a): Kristin Hannah
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 416
 
Sinopse:
 
Meredith e Nina Whiston são tão diferentes quanto duas irmãs podem ser. Uma ficou em casa para cuidar dos filhos e da família. A outra seguiu seus sonhos e viajou o mundo para tornar-se uma foto jornalista famosa. No entanto, com a doença de seu amado pai, as irmãs encontram-se novamente, agora ao lado de sua fria mãe, Anya, que, mesmo nesta situação, não consegue oferecer qualquer conforto às filhas. A verdade é que Anya tem um motivo muito forte para ser assim distante: uma comovente história de amor que se estende por mais de 65 anos entre a gelada Leningrado da Segunda Guerra e o não menos frio Alasca. Para cumprir uma promessa ao pai em seu leito de morte, as irmãs Whiston deverão se esforçar e fazer com que a mãe lhes conte esta extraordinária história. Meredith e Nina vão, finalmente, conhecer o passado secreto de sua mãe e descobrir uma verdade tão terrível que abalará o alicerce de sua família… E mudará tudo o que elas pensam que são. ”
 
Resenha
 
“ - Seu pai pensa que não posso lidar com a morte dele.
- E você pode? - Nina perguntou com simplicidade.
- Você ficaria surpresa com o que o coração humano pode suportar. ”
 
Jardim de Inverno conta a estória de uma família, composta de pai, mãe e filhos.
Seria uma família tradicional se a mãe não fosse misteriosa, pra não dizer esquisita, amarga e desprovida de carinho materno.
Como esposa e mulher ela desempenhava seu papel na casa e com o marido.
As filhas sentiam a falta de carinho da mãe e o pai tentava compensar ás filhas e netas o vazio existente.
Anya (de origem russa) tinha o habito de contar estórias, não as convencionais que as crianças gostam de ouvir. Eram estórias sem muita lógica, com príncipe, torre, donzela, mas que prendiam a atenção de quem as escutava, por serem bem contadas.
 
Um dia um ataque cardíaco, levou o esposo de Anya e o pai pede as filhas: “ Depois que eu me for, conheçam sua mãe. ”
Elas sabiam que seria difícil a aproximação, se nunca houvera comunicação entre mãe e filhas. Mas Nina prometeu.
Com a doença e morte do pai, Nina deixara o seu emprego de jornalista fotógrafa e até o seu amor, para dividir com Mereditha tarefa de cuidar da mãe, não porque ela se encontrasse senil.
   “E talvez assim as coisas devessem ser, a forma como a vida se desdobra quando você viveu o suficiente. Alegria e tristeza eram parte do pacote; o truque, talvez, fosse permitir-se sentir tudo, mas agarrar-se à alegria um pouquinho mais, porque nunca se sabe quando um coração forte pode desistir.”
O casamento de Meredith estava em crise, por ela tratar melhor dos cães e da casa e se esquecer do marido Jeff, em não mais fazendo o seu papel de esposa e mulher.
Nina com a promessa feita ao pai, ficou pensando como chegaria à mãe, se nunca houvera dialogo, risos compartilhados, machucados curados com remédio e beijos de mãe.
Nina era inteligente, observadora, e tendo como “aliado” o gosto que a mãe tem de contar estórias, armou uma estratégia; regada a vodca, a bebida preferida de sua mãe.
A persistência e determinação de Nina, destravariam o porquê do comportamento fechado de sua mãe? Valeria à pena “descongelar” os contos de fadas contados pela mãe, para se aproximar? As estórias contadas por Anya seriam reais ou ficção?
Esse livro narra também o outro lado da guerra, que também mata, como a fome, a sede, o frio e as doenças que tudo isso traz.
É uma boa estória, bem contada, com sequência lógica, tem bons diálogos, mas há algo que não flui.
O emocional da parte final é forte. Gostei e recomendo!
“ - Perder o amor é algo terrível - Mamãe disse suavemente -, mas virar as costas para ele é insuportável. Você vai passar o resto da vida repassando isso na sua cabeça? Imaginando se o afastou cedo demais ou com facilidade demais? Ou se vai algum dia amar alguém novamente com tanta profundidade? ”

10 comentários:

  1. u tenho, mas ainda não li, preciso estar emocionalmente preparada para ler uma obra tão intensa1
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Parece ser muito interessante. Por causa da resenha agora estou com vontade de ler. Rsrs
    Bjs

    http://ultimasfolhasdooutono.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá!!!!!
    Meninas acabei de ler este livro Jardim de Inverno,lindo,maravilhoso.Uma historia marcante e emocionante.Já li muitos livros,mas este com certeza vai me marcar para sempre.Quem não leu ainda leia.
    Abraços
    Angelica

    ResponderExcluir
  4. Parece interessante...

    ResponderExcluir
  5. maravilhosooooooo!!!

    ResponderExcluir
  6. Profundo. Faz , realmente, refletir sobre o poder do amor, suas consequências, suas conquistas.

    ResponderExcluir
  7. Eu e minha mãe acabamos de comprar JARDIM DE INVERNO.. ela começou ler porque estou no meio de um outro.. não vejo a hora de começar esse jardim de inverno.. ja li O CAMINHO PARA CASA e ameeei muitoo e esse vou levar p vida toda. to gostando dos livros de Kristin Hannah

    ResponderExcluir
  8. Já li esse livro várias vezes , simplesmente lindo fico imaginando quantas mulheres tiveram a força que ela teve... Impossível não chorar

    ResponderExcluir
  9. Já li esse livro várias vezes , simplesmente lindo fico imaginando quantas mulheres tiveram a força que ela teve... Impossível não chorar

    ResponderExcluir
  10. Já li esse livro várias vezes , simplesmente lindo fico imaginando quantas mulheres tiveram a força que ela teve... Impossível não chorar

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.