Menu

17.1.14

Adeus à Inocência - Drusilla Campbell

 

ADEUS_A_INOCENCIA_1379513087P

Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581632766
Ano: 2013
Páginas: 272

Faz um tempo que li esse livro, mas achei melhor “assentar” as ideias antes de resenhar. Quando li a sinopse fiquei muito interessada em ler, pois trata de um tema controverso e complicado.

Madora acaba indo embora com Willis, acha que será mais feliz com ele, afinal não consegue se entender com a mãe que percebe que Willis não é exatamente quem transparece. Infelizmente Madora é facilmente manipulada, seu desejo de aceitação a impede de enxergar Willis como ele realmente é, em alguns momentos fiquei nervosa e irritada com a cegueira de Madora, que só começa a mudar quando faz amizade com o esperto Django, que sem dúvida é o personagem mais interessante do livro. Django acabou de ser tornar órfão, seus pais sempre lhe deram tudo, tanto no aspecto material quanto no emocional, morar com sua tia solteirona está longe de ser o que deseja, mas aos poucos as coisas vão mudando. Willis é completamente doente, já no começo do livro percebemos que tudo está errado com ele, sua fixação por se tornar médico e seu passado “corrompido” são os culpados pelas crimes cometidos.

Gostei da autora nos permitir conhecer profundamente cada personagem, seus sentimentos são bem descritos, o que permite o leitor ter sentimentos ambíguos. Infelizmente não curti muito o final, foi totalmente diferente do que imaginei, o que acabou me decepcionando. Precisava de mais algumas páginas para finalizar da forma correta.

No geral é um livro interessante, mas não entrou para a lista de inesquecíveis.

Sinopse

Madora tinha 17 anos quando Willis a “resgatou”. Distante da família e dos amigos, eles fugiram juntos e, por cinco anos, viveram sozinhos, em quase total isolamento, no meio do deserto da Califórnia. Até que ele sequestrou e aprisionou uma adolescente, não muito diferente do que Madora mesmo era, há alguns anos... Então, quando todas as crenças e esperanças de Madora pareciam sem sentido — e o pavor de estar vivendo ao lado de um maníaco começava a fazê-la acordar —, Django, um garoto solitário, que não tinha mais nada a perder depois da morte trágica de seus pais, entrou em sua vida para trazê-la de volta à realidade. Quem sabe, juntos, Django, Madora e seu cachorro Foo consigam vislumbrar alguma cor por trás do vasto deserto que ajudou a apagar suas vidas?

Livro no Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/347176


1 comentários:

  1. as resenhas tem seguido mais ou menos a sua opinião, o livro é denso, mas sem grandes emoções.
    e esses finais, hein? podem estragar toda a história!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.