Menu

28.2.14

Um perfeito cavalheiro – Julia Quinn

Um perfeito cavalheiro capa_WEB

Quando Sophie Beckett decidiu infiltrar-se um baile de máscaras, ela nunca esperava encontrar o Príncipe Encantado.

Benedict Bridgerton não acredita em amor à primeira vista ... até que ele viu a misteriosa mulher mascarada. Mas ela vai aceitar sua oferta antes que o elógio bate meia-noite?

Como uma nova Cinderela, Sophie consegue escapar de sua malvada madrasta para ir ao baile de máscaras. Conhece Benedict e ambos se apaixonam. Mas à meia-noite foge sem deixar rastros para Benedict, que passa a procurá-la. Algum tempo depois voltam a se encontrar e ele se apaixona novamente por ela sem reconhecê-la pois agora não passa de uma simples empregada. E muitas peripécias acontecem antes que possam unir-se e desvelarem seus segredos.

Adoro Contos de Fadas ou história que os lembrem,  e neste livro  Julia Quinn se superou e colocou tudo de melhor nos seus protagonistas. Benedict é o segundo irmão na ordem de nascimento dos Bridgerton’s e é o sensível e romântico da família, também era o que eu achava mais “apagado” nos outros livros e não achava que ele poderia ser tão perfeito (o título do livro faz jus ao personagem), se apaixona à primeira vista por uma mulher desconhecida, que vê em um baile,  e passa a procurá-la  desesperadamente por todos os lugares após perdê-la, nesse meio tempo conhece Sophia, uma verdadeira gata borralheira, e passa a nutrir sentimentos por ela e sentir que está traindo o sentimento pela a ilustre desconhecida.  Esse livro me fez passar uma certa vergonha em lugares públicos, às vezes me via rindo, ás vezes chorando. O romance entre Benedict e Sophie é tão comovente e bonito que nos faz querer que príncipes encantados existam de verdade e não só nas belas páginas dos livros e que todo romance venha  disfarçado de contos de fadas. Ah! ia esquecendo de comentar: a mexeriqueira de plantão da alta sociedade londrina Lady Whistledown continua aprontando das suas e destilando suas fofocas no jornal local. Qual será sua verdadeira identidade? Alguém tem alguma pista de quem seja? E o mais importante... curiosidade mata? Preciso saber quem é!!!

A capa e a revisão da Editora Arqueiro está impecavel como sempre! nota 1000.


1 comentários:

  1. eu adorei a resenha, seus elogios me instigam ainda mais a ler! Adorei conhecer mais dessa louca e amável família rsrsr

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.