Menu

22.5.14

Riquezas Ocultas - Nora Roberts

RIQUEZAS_OCULTAS_1380925694PDora Conroy é dona de um antiquário da Filadélfia e comprou uma série de itens curiosos num leilão na Virginia – objetos que ela própria considerou novidades para a sua loja. Enquanto isso, do outro lado do país, o contrabandista Edmund Finley descobre que o pacote que recebeu contém, na verdade, objetos sem valor algum. Disposto a recuperar o que lhe foi, de algum jeito, roubado, o bandido fará de tudo para encontrar quem está de posse das relíquias ocultas. Segundo ele, com certeza, esta pessoa não sairá viva. Quando Dora e seu misterioso vizinho, o ex-policial Jed Skimmerhorn, começam a investigar os diversos roubos e mortes que cercam os itens arrebatados no leilão, descobrem que tesouros preciosos são mascarados em peças vagabundas, de pouco valor. A criatividade de Nora Roberts não tem limites: ela mergulha no exótico e decadente mundo das antiguidades e traz à tona uma história em que a posse é uma obsessão letal, e um simples e mínimo erro pode levar a uma série de assassinatos violentos.

Vou voltar um pouquinho no tempo e contar por que Riquezas Ocultas tem um valor sentimental para mim, tá? Há  mais ou menos  06 anos, conheci pessoas maravilhosas que mudaram a minha vida e continuam mudando. Através da internet conheci umas garotas super especiais que eram loucas por livros, tanto quanto eu,  nos encontramos, nos identificamos e hoje somos amigas pro que “der e vier”, assim se formou o Adoro Romances em Fortaleza (ARF). Desde o começo nossos natais são especiais e fazemos amigo secreto de livros. Em  2013 minha mãe que não é participante ativa do ARF, mas ama as minhas amigas do mesmo jeito, também participou da brincadeira e para minha surpresa, com a possibilidade de tirar umas das outras 28 meninas, eu fui a contemplada. Então Ganhei Riquezas Ocultas e mais dois outros livros ( filho serve pra isso: depenar o bolso da mãe), um presente especial de uma das pessoas mais importantes da minha vida. Obrigada, Mãe!

Depois de todo esse palavreado, vamos voltar ao livro…

Riquezas Ocultas é mais um livros que fala sobre artefatos, arte, roubo, etc . É! Caros, amigos! A Nora pesquisa sobre uma coisa e dali sai trocentos livros com o mesmo tema, e mesmo assim cada história é uma nova história. Como já disse em resenhas anteriores: é uma receita de bolo, ela só muda o sabor.

Neste temos mais um casal com temperamentos totalmente diferentes e que pegam fogo quando estão perto.  Vamos conhecer Dora, que veio de uma familia de artista, tem o teatro nas veias, mas decide montar uma loja de artigos antigos. Sabe a música da Ana Carolina: “Se precisar de alguma coisa, vai lá no meu armazém, tem de tudo quase tudo tem”? Pois é, esta é a  loja da Dora! “Riquezas” também nos traz o TDB Jed Skimmerhorn,´tem cara de policial, tem jeito de policial, mas policial já não é mais. Enfrenta o dilema de ter saido da policia, por achar que já não é bom o bastante. É, literalmente, o pobre menino rico que decide começar a vida num lugar que não guarde tantas lembranças ruins. Pra onde ele vai? Pra onde? Ganha um doce quem acertar. Bingo!! Isso aí amigos do meu core, vai ser vizinho da nossa ilustre Dora, que ganhou na Mega Sena, ou melhor, ganhou um ex-policial (que de ex só tem o nome) todinho dela  para protegê-la quando, por engano, compra um lote de quinquilharias que foi extraviado de um contrabandista perigoso e que quer as peças a qualquer custo e não exita em acabar com a vida de quem se meter no meio.  Com esse enredo Nora Roberts nos brinda com mais um livro eletrizante e super gostoso de ler.

Só uma coisinha, que não gostaria de deixar passar em branco: A Editora Bertrand tem um carinho incrÍvel com os seus leitores, faz um trabalho maravilhoso com a capa e edição, mas nesse eu fiquei um pouquinho decepcionada, encontrei uns dois errinhos de digitação, o que não é nada, e a capa do meu livro  desbotou quase todo, fiquei com a tinta toda na mão. Perguntei a alguns amigos se o exemplar deles estavam com esse problema, mas parece que foi só com o meu. Ainda bem, né?

2014-04-26 11.08.46


3 comentários:

  1. Adorei o prólogo, com certeza um momento para a vida toda conhecer e saber manter amigas por anos e anos.
    Também amei a leitura desse livro, Nora é sempre Nora, divando em seus livros.

    Quanto à capa, o meu não saiu tinta, pelo jeito você foi premiada, uma pena.

    ResponderExcluir
  2. Nora é uma diva, cheia de surpresas, me admira sua versatilidade ao escrever!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Uma pena o que aconteceu com a capa, mas de resto, tudo certo e eu com água na boca pelo livro.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.