Menu

12.5.14

Um Desejo Selvagem - Renegade Angels #02 - Sylvia Day

 
 
Um desejo selvagem é o segundo livro da série Renegade Angels, de Sylvia Day. Enquanto os leitores esperam o fim da série Crossfire, eles vão adorar se envolver com a paixão selvagem de Vash e Elijah. Neste segundo livro da série, Vash, a segunda vampira mais importante do mundo, e Elijah, líder dos licanos, assumem o papel central. Além de serem representantes de duas espécies que sempre se perseguiram, Elijah e Vash se odeiam, mas são obrigados a se aproximar em busca de parceria numa guerra contra os anjos. O único problema é que o ódio entre eles vai se transformando em uma paixão incontrolável. Vash, uma mulher dura e determinada, perde a concentração nas lutas, passa a ter ciúmes e a não controlar mais seus sentimentos, enquanto Elijah parece decidido a conquistá-la, usando os mais tentadores artifícios.

Um Desejo Selvagem inicia logo do ponto em que Um Toque de Vermelho finalizou, porém nele conhecemos mais de perto Elijah. Considerado um Alfa no meio dos licanos (lobos), o mesmo vive em um impasse pois por sua vontade a rebelião contra os Sentinelas não ocorreria. Do outro lado, os vampiros Caídos se aproveitam de tal rebelião para fazer aliança com os licanos e consequentemente aumentar o seu poder contra a um vírus que vem disseminando toda a raça de vampiros no país.
O líder dos Caídos envia seu braço direito Vash para oficializar tal aliança, mesmo sabendo de sua incompatibilidade com a raça de lobos, pois seu companheiro Char foi estripado por um bando e que até hoje Vash alimenta uma sede de vingança. Mas para a surpresa da nossa guerreira é que quando se depara com um licano todo ensanguentado devido a uma batalha, com um corpo escomunal cheio de músculos bem definidos e completamente nu, seu desejo de vingança se transforma em outro tipo de desejo e a reciproca é a mesma.
Elijah e Vash eram para ser inimigos em comum. De início era só um acordo entre os dois: ela queria saber quem eram os lobos responsáveis pela morte de seu parceiro e ele queria vingar a morte de seu amigo e Vash era a assassina. Mas sabemos que esse tipo de acordo não daria muito certo devido a grande e intensa tensão sexual entre eles.
Fora toda esse louco envolvimento entre El e V (já me tornando íntima dos personagens), encontramos também o grande dilema e conflito entre os Sentinelas - comandados pelo gatíssimo anjo Adrian -  e os Caídos - comandados por Syre. Mesmo em situações opostas, os dois líderes lutam pelo mesmo fim: acabar com o Vírus. Sylvia Day consegue nos envolver em um mundo sobrenatural e suas batalhas tanto contra o amor impossível entre os personagens, quanto na batalha em si entre Sentinelas e Caídos. O que mais me surpreendeu, fora as cenas quentíssimas de El e Vash claro, foram as batalhas e o suspense que SD conseguiu levar até a última página do livro. Isso mesmo, a autora deixou uma questão solta no ar que possivelmente só saberemos quando o terceiro livro for lançado.
Se me perguntam se gostei do livro: É claro que amei!!! Mas também odiei, pois sou uma pessoa altamente curiosa e estou com os nervos a flor da pele, pois não sei o que vai acontecer, só quando o terceiro livro sair e peço a todos os "anjos" que não demore muito para que isso aconteça.
Apesar disso tudo, super recomendo a leitura dos livros da Sylvia Day, com seus mocinhos super decididos e provocantes!
 
Espero que tenham gostado e até a próxima!!!



2 comentários:

  1. Gostei dos livros de Day, mas não consigo ler.
    Sempre coloco outros na frente!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. infelizmente não consigo me identificar com a escrita da autora
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.