Menu

3.7.14

O Cavaleiro de Bronze - Livro 01 - Paullina Simons


A Segunda Guerra Mundial ainda não havia alcançado a cidade de Leningrado, onde as duas irmãs Tatiana e Dasha Metanova viviam, dividindo um pequeno cômodo com seu irmão, seus pais e avós. Tudo muda quando as tropas de Hitler atacam a União Soviética e ameaçam invadir a grande, mas decadente, cidade. Fome, desespero e medo tomam conta de Leningrado, durante o terrível inverno no qual a cidade foi submetida ao cerco alemão. No entanto, a luz do amor é sempre capaz de iluminar a mais profunda escuridão. Tatiana conhece Alexander, um jovem e corajoso oficial do Exército Vermelho. O rapaz, forte, confiante e guardando um passado misterioso e problemático, e sente-se atraído por Tatiana - e ela por ele. O amor impossível de Tatiana e Alexander ameaça agora dividir a família Metanova. E que segredo é esse que se esconde no passado do soldado, tão devastador quanto a própria guerra?
Bom quando li várias resenhas a respeito de O Cavaleiro de Bronze  não pensei duas vezes e pedi esse livro para resenhar, só não contava que poderia não gostar da leitura. Ok, já podem me julgar porque acho que fui a única na face da terra a não gostar desse romance, mas vou tentar me justificar no decorrer dessa resenha antes que cause um alvoroço por ser diferente de todos que já leram e amaram esse livro.
A história de Tatiana, Tania, Tanechka, ou seja lá como queiram chamá-la, acontece na União Soviética no auge da II Guerra Mundial. A garota com apenas 17 anos ainda vive como uma adolescente inocente com sua grande família em um pequeno cômodo de um condomínio popular. Sua vida muda completamente quando seu irmão gêmeo Pasha vai às pressas para um acampamento na intenção de fugir de um conflito iminente entres os alemães de Hitler e os soviéticos de Stalin.
Em meio a tudo isso Tatiana (que é assim que a chamo, até porque esse nome é repetido nove de dez vezes em uma única frase),  conhece um capitão do exercito vermelho, Alexander. A garota até então não entende o que sente por ele, pois como disse anteriormente ela ainda era uma adolescente inocente. Mas quando começa a despertar algo, ela tem que frear seus sentimentos, pois sua irmã Dasha é apaixonada por seu capitão e já se encontrava com ele, bem antes de Tatiana o conhecer. Acima de seu sentimento, ela é leal ao sentimento da irmã e decide não alimentar nenhuma esperança por esse amor impossível.
E a medida que a leitura vai fluindo (quer dizer comigo não fluiu tão facilmente porque demorei mais de um mês para terminar), somos envolvidos com o terror da Guerra, apesar de ser uma ficção a autora consegue nos mostrar em suas páginas o sofrimento, a miséria e a aflição daquele momento. O romance é morno, não conseguiu me cativar e me pegar de jeito. Sei que para época os costumes eram esses e tudo era muito lento, mas caramba achei muito cansativo. E sem falar que a quantidade de vezes que o nome da protagonista é repetido em uma única frase, me deixava impaciente ao extremo.
Bom, para quem ama romances históricos bem adocicados e com um drama daqueles, O Cavaleiro de Bronze  é uma boa pedida. Não que eu não curta esse tipo de romance, mas gosto dos mais apimentados e pena que esse não conseguiu me conquistar para que pudesse dar uma chance a sua sequência, o que não vai ser o caso.
 
 
 
Espero que tenham gostado e até a próxima!!!


10 comentários:

  1. Camila, querida, vc tem todo o direito de não gostar de um livro. Ora bolas, cada um tem um estilo que aprecia. E tb tem aquela coisa de estar no momento certo para a leitura, já aconteceu comigo de não gostar de um livro e, tempos depois, não entender como não havia gostado, hahaha...
    Gosto quando vc vem e diz a verdade. E ainda tece comentários sobre a leitura, faz sua resenha caprichada, aborda pontos interessantes e diz aos leitores o que podem esperar da leitura. Aí cabe ao leitor decidir.
    É o meu tipo de livro, adoro romances históricos e gosto da sutileza e romantismo da época, dos amores proibidos, dos conflitos e costumes e tb do ambiente da trama. Está nos meus desejados.Ele me lembra O Palácio de Inverno, do John Boyne, que trata da mesma família do czar.
    Beijooo!

    Minhas novas resenhas, livros que amei (adorarei saber a sua opinião):
    Ler para Divertir
    As Meninas que Leem Livros

    ResponderExcluir
  2. Oi Cá, tudo bem?

    Que pena que você não gostou do livro. Eu ainda não sei o que vou achar da história, mas gosto de tramas que mostram o terror da Guerra e de romances históricos mais adocicados, então vou arriscar a leitura - até porque o livro está na estante, me chamando.
    Acho que o bacana é não ir com muitas expectativas e ler no momento certo, ou seja, quando eu não estiver procurando um livro mais rapidinho de se ler ;)

    Beijos,

    Pah - Livros & Fuxicos

    ResponderExcluir
  3. Que pena que você não gostou do livro, ele parece ótimo, estou bastante interessada em ler, já está na minha lista de leitura!

    ResponderExcluir
  4. poxa que pena que não curtiu, eu sou doida para ler esse livro!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. A sinopse parece ótima mas as vezes é assim mesmo né, vamos cheias de expectativa ler um livro e não é tudo isso :/
    Como acabei de começar meu blog adoraria que você desse uma olhada, se quiser se inscrever, divulgar ou me dar alguma dica sobre como melhor eu vou adorar :)
    http://setimaondaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu amei esse livro.

    ResponderExcluir
  7. Oi Camila! Então somos duas, eu não gostei e achei a leitura muito cansativa, entendi perfeitamente o que você disse em relação ao nome da personagem, me incomodou também e o romance não foi como imaginei que seria, muita coisa me deixou insatisfeita, os fãs não gostam mesmo de ver uma opinião negativa, mas nem todo mundo gosta da mesma coisa. Não pretendo ler o próximo.

    Bjos!!!

    ResponderExcluir
  8. Oi Camila!
    Livros e filmes que retratam a guerra não me atraem, por isso eu não leria esse livro, mas achei sua resenha ótima pois, apesar de não ter apreciado a leitura, você expôs pontos importantes do livro que podem vir a chamar a atenção das pessoas que curtem esse estilo.
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  9. Ganhei esse livro mas apesar dos elogios a obra, não tenho vontade de lê-lo por ser um drama e por ser uma triologia, não aguento mais triologias.

    ResponderExcluir
  10. Eu estou esperando esse livro chegar porque ganhei numa promoção, na verdade ganhei o primeiro e o segundo, e tô achando que não vou curtir assim como você. Essa história de repetir 500 vezes o nome da protagonista me irrita ao extremo. Pelo menos já fico preparada para o que pode vir por aí. Medoooooo.

    Bjks
    Sam
    Biblioteca Empoeirada

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.