Menu

25.7.14

A Rosa da Meia-Noite - Lucinda Riley

Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788565530668
Ano: 2014
Páginas: 574
Tradutor:Elaine Cristina


Atravessando quatro gerações, A Rosa da Meia-Noite percorre desde os reluzentes palácios dos marajás da Índia até as imponentes mansões da Inglaterra, seguindo a trajetória extraordinária de Anahita Chavan, de 1911 até os dias de hoje. No apogeu do Império Britânico, a pequena Anahita, de 11 anos, de origem nobre e família humilde, aproxima-se da geniosa Princesa Indira, com quem estabelece um laço de afeto que nunca mais se romperia. Anahita acompanha sua amiga em uma viagem à Inglaterra pouco tempo antes da eclosão da Primeira Guerra Mundial. Ela conhece, então, o jovem Donald Astbury, herdeiro de uma deslumbrante propriedade, e sua ardilosa mãe. Oitenta anos depois, Rebecca Bradley é uma jovem atriz norte-americana que tem o mundo a seus pés. Quando a turbulenta relação com seu namorado, igualmente rico e famoso, toma um rumo inesperado, ela fica feliz por saber que o seu próximo papel – uma aristocrata dos anos 1920 – irá levá-la para muito longe dos holofotes: a isolada região de Dartmoor, na Inglaterra. As filmagens começam rapidamente, e a locação é a agora decadente Astbury Hall. Descendente de Anahita, Ari Malik chega ao País sem aviso prévio, a fim de mergulhar na história do passado de sua família. Algo que ele descobre junto com Rebecca começa a trazer à tona segredos obscuros que assombram a dinastia Astbury.

Anahita no seu aniversário de cem anos, pede a seu bisneto Ari que a ajude a encontrar seu primogênito arrancado de seus braços a mais de 80 anos e com isso lhe entrega um manuscrito contando a história de sua vida na Índia quando criança até os dias em que viveu na Inglaterra.
Ari não deu muita importância, mas disse que a ajudaria para tranquiliza-la. Com isso se passaram alguns anos, até que em um momento difícil de sua vida, provocada por ele mesmo, resolveu pegar o manuscrito e começar a ler a estória de sua bisavó. Ele parte a negócios para Londres e decide resolver o mistério acerca do "desaparecimento" de Moh, filho de Anahita. Ele resolve conhecer o tão famoso Astbury Hall, local onde sua bisavó morou quando mais jovem. Conhecemos também Rebecca Bradley uma jovem atriz que passará alguns dias gravando seu novo filme nesse local. Juntos Rebecca e Ari mergulham na história de vida de Anahita e nesse local misterioso que cerca a tão famosa mansão.

Se vocês choraram lendo A Culpa é das Estrelas (ainda não entendo porque, me sentindo uma coração gelado),é porque vocês ainda não leram A Rosa da Meia-Noite, sim caros amigos, preparem seus lencinhos de papel. A estória se passa na Índia de 1911 quando nossa Anahita era ainda uma criança e intercala com os dias de hoje contada por seu bisneto Ari. Passamos a conhecer mais dessa espetacular mulher que depois de tudo que passou ainda tinha força e fé de que seu filho ainda estava vivo. O momento que conheceu sua fiel amiga Indira e de como essa amizade cresceu com o passar dos anos, sua ida a Inglaterra para estudar e como ela conheceu o grande amor de sua vida Lord Donald Astbury (pode parecer clichê mas é isso mesmo), os momentos difíceis que foi a guerra e das malvadezas de Lady Maud, mãe de Donald.
Confesso que fiquei fascinada quando li a sinopse, adoro estórias que se passam no passado, cultura diferente do que estamos habituados a ver. Nunca li nada que se passasse na Índia e lendo o livro fiquei conhecendo um pouquinho desse lugar. Como o livro intercala com partes contada por Anahita e outras por Ari a leitura ficou um tanto cansativa, amei ler sobre Anahita e tudo porque passou, mas não gostava muito das partes em que Ari e Rebecca apareciam, eram meio chatas e cansativas, mas vale muito a pena a leitura e você começa a se empolgar depois que várias peças do quebra-cabeça começam a se juntar e finalmente saber o que aconteceu com o pequeno Moh. Não sou muito de chorar com a leitura,  mas chorei horrores com a estória de Anahita. Se alguém quiser chorar lendo um livro esqueça A Culpa é das Estrelas e LEIA a Rosa da Meia-Noite ;)

6 comentários:

  1. amo os livros da Lucinda, ela sabe como ninguém mesclar passado, presente e futuro sem pesar!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oieee!! Quero muito ler esse livro, Já li um que se passava na Índia, A Maldição do Tigre. Acho interessante!! E gosto de livros que fazem chorar, sério ahahah.

    Beijos
    Nati

    www.meninadelivro.com.br

    ResponderExcluir
  3. Anne,querida, recebi o livro e comecei a ler. Mas ainda tenho outros que ja iniciei, entao vou deixar A Rosa ali esperando. Nao resisti a dar uma espiadinha na escrita de Lucinda, que ainda nao conhecia, e nas primeiras 20 paginas ja senti o quanto ela é talentosa e o quanto me prendeu com sua narrativa instigante. Já me apaixonei por Anahita, estou louca pra saber como esse mistério vai se resolver. E como vc disse que e emocionante (eu tb não chorei com ACEDE, hahaha), sei que o livro é o meu estilo.
    Beijooo!

    Resenha nova: Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  4. Sou apaixonada por leitura. No momento estou lendo o romance "A Rosa da Meia Noite". Estou amando!!!!!!!!!!!!!!Recomendo

    ResponderExcluir
  5. Sou apaixonada por leitura. No momento estou lendo o romance "A Rosa da Meia Noite". Estou amando!!!!!!!!!!!!!!Recomendo

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.