Menu

4.8.14

O Resgate - Nicholas Sparks

SINOPSE:
Confrontado com situações de extremo perigo, Taylor McAden, bombeiro voluntário, expõe-se até ao limiar do perigo. Denise é uma jovem mãe solteira, cujo filho de cinco anos sofre de um inexplicável atraso de desenvolvimento e a quem ela devota a sua vida numa tentativa de o ajudar. Mas o caso vai aproximar estes seres. Numa noite de tremendo temporal, Denise sofre um acidente de automóvel e é Taylor quem vem socorrê-la. Embora muito ferida, a jovem depressa toma consciência de que o filho já não se encontra na sua cadeirinha do banco traseiro. Taylor irá até ao fim de uma angustiante noite de buscas para o encontrar. Foram tecidas as primeiras malhas que os irão unir - o pequeno Kyle desabrocha ao calor da ternura daquele homem. Denise abandona-se à alegria de um amor nascente. Mas Taylor tem em si cicatrizes antigas, que o não deixam manter compromissos de longa duração. Nicholas Sparks, esse talentoso contador de histórias, intervém com a sua magia redentora e a sua inigualável capacidade de aprofundar a complexidade das relações e dos afetos.
A minha relação com Nicholas Sparks é de amor e ódio. De amor quando pego um de seus incontáveis romances e leio como se estivesse em um conto de fadas, que nem tudo é perfeito, porém o final nos faz suspirar e  ficar extasiada por muitos dias. Já a minha relação de ódio, é quando ele nos arranca as seguintes perguntas:
"Por que??? Por que você fez isso? Não, volta... Não faz isso, com ele(a)!!!" 
Bem, quem ler Tio Nicholas (para os íntimos), entenderá o que isso significa. Mas diante de tudo isso, mesmo com toda essas reações simplesmente AMOOOO os livros dele. Quando pedi O Resgate, não li nenhuma resenha antes, não li sua sinopse e muito menos  conversei com alguém sobre ele. Queria ser surpreendida, o que é um perigo quando se trata dos livros do autor. Mas fui realmente surpreendida e tentarei demonstrar aqui, de forma que não entregue a história com spoilers...

Denise é uma jovem de 29 anos, mãe solteira e que mora com o filho em uma cidadezinha do interior da California. Logo no início do livro conhecemos a sua dura vida, pois Kyle está com 4 anos e não consegue se comunicar em palavras com as outras pessoas como as crianças de sua idade. Voltando de uma consulta, onde Denise depois de muitas e muitas antes dessa, enfim consegue descobrir qual o real problema do filho, acaba se deparando com uma grande tempestade no retorno para casa e no meio do caminho, sofre um acidente perdendo o controle do veículo. Quando acorda, confusa, a primeira pessoa que vê é Taylor, um voluntário do corpo de bombeiros que por coincidência passava próximo ao local do acidente, Ao perceber o que estava acontecendo, Denise entra em pânico e vê que algo está faltando. Quando olha para o banco de trás, a cadeirinha de Kyle está vazia, diante disso não consegue ficar parada e entra em desespero a procura do filho. Taylor, sem entender muito bem o que está acontecendo, organiza buscas e começa uma procura incansável pelo garoto.

E vocês devem estar se perguntando: E o Taylor? Onde ele entra em tudo isso?
Bom Taylor é um cara com seus 36 anos, solteiro e que depois de perder o pai aos 9 anos, acha que não precisa de ninguém nesse mundo. E quando percebe quais são os seus sentimentos por Denise e Kyle sente um medo e os afasta, não por ser um cafajeste, pelo contrário, Taylor é um homem que toda mãe sonha como genro, mas seus medos são justamente de algo que aconteceu no passado e que não revela a ninguém, nem para os amigos mais próximos. Daí vocês podem imaginar o quanto a leitura é intensa e garanto que é mesmo, mas o final é simplesmente PERFEITO!

Ufaaa... E olha que esse é só o início do livro, imagina só quantas emoções Tio Nicholas nos reserva para o restante dele? O que posso garantir é que O Resgate é cheio de emoções!

Como mãe consegui sentir a força de Denise com relação a tudo que ela abdicou para se dedicar a Kyle. O garoto demandava todo o seu tempo e dedicação. E ao perceber que nada disso foi em vão, me deu forças para acreditar que tudo é possível, basta a gente querer e ser perseverante. Fui mãe de um lindo anjinho (que hoje está no céu olhando por mim) e Alice não tinha o mesmo que Kyle, mas era especial e abstraiu de mim uma força a qual eu mesma não tinha noção que era capaz de ter. E quanto mais lia sobre a força de Denise, mais e mais me lembrava que aquilo tudo é real porque também a tive. Não é incrível, que mesmo sendo uma ficção, a história consegue mexer com nosso emocional de tal forma?

Resumindo essa imensa resenha, desde que li Dançando Sobre Cacos de Vidro da autora Ka Hancock, até agora não tinha pego um livro que conseguisse extrair tanto de mim , ao fazer me lembrar da minha filha e principalmente ver que tudo que passei mostra que não sou a única nesse mundo. Nunca leio os Agradecimentos (não me julguem, mas é porque acho muito chato), mas algo me atraiu como um imã para que lesse os Agradecimentos de O Resgate e para minha surpresa, descubro que Kyle é na realidade Ryan, filho de Nicholas Sparks e que tudo relatado no livro, a luta, os treinos e os diagnósticos, na realidade é tudo real. Não é incrível!!!

Pois bem, vou parar por aqui porque senão acabo com todo o encanto. Deu para perceber o quanto AMEI o livro e é lógico que super recomendo.

Espero que tenham gostado e até a próxima!!!




4 comentários:

  1. Aii que legal! Faz tanto tempo que eu não leio nada do tio Nicholas (rs), acho que esse é um bom livro pra voltar.

    Beijos
    Nati

    www.meninadelivro.com.br

    ResponderExcluir
  2. se amanhã o Sparks começar a escrever bula de remédio eu vou ler! não interessa o que ele escreva eu estarei lá, lendo e com certeza curtindo!
    ele tem uma forma única de tocar o leitor!
    sou tiete!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu me interessei por esse livro, mas não quero chorar, então acabo não lendo. rs

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Comecei a leitura ja esperando para ser surpreendida... com esse post, ainda mais ansiosa para terminar. Amando desde o início a relaçao de Denise com Kyle, simplesmente linda

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.