Menu

22.12.14

Ligeiramente Casados – Mary Baloch



ligeiramente-casados
Como todos os Bedwyn, Aidan tem a reputação de ser arrogante. Mas este nobre orgulhoso tem também um coração leal e apaixonado - e é a sua lealdade que o leva a Ringwood Manor, onde pretende honrar o último pedido de um colega de armas. Aidan prometeu confortar e proteger a irmã do soldado falecido, mas nunca pensou deparar com uma mulher como Eve Morris. Ela é teimosa e ferozmente independente e não quer a sua proteção. O que, inesperadamente, desperta nele sentimentos há muito reprimidos. A sua oportunidade de os pôr em prática surge quando um parente cruel ameaça expulsar Eve de sua própria casa. Aidan faz-lhe então uma proposta irrecusável: o casamento, que é a única hipótese de salvar o lar da família. A jovem concorda com o plano. E agora, enquanto toda a alta sociedade londrina observa a nova Lady Aidan Bedwyn, o inesperado acontece: com um toque mais ousado, um abraço mais escaldante, uma troca de olhares mais intensa, o "casamento de conveniência" de Aidan e Eve está prestes a transformar-se em algo ligeiramente diferente…

 

As vezes a melhor leitura é aquela que você sabe que é “água com açúcar”, já sabe como vai terminar, mas não consegue largar o livro de maneira alguma.  E quem não gosta de um romance  levinho, de preferência de época, de vez enquando,  não é? Se você é como eu e ama esse tipo de livro, tem que ler “Ligeiramente Casados”, primeiro livro da série Os Bedwyns. Segue a linha dos livros da Julia Quinn, também publicados pela Editora Arqueiro, que continua com o trabalho incrível de edição e sem contar o primor que é a capa.

Em Ligeiramente Casados conhecemos o Coronel Lorde Aidan Bedwyn, que ao prometer ao Capitão Percival Morris proteger sua irmã “custe o que custar”,  se vê na obrigação de  cumprir sua palavra independente do sacrifício que terá que fazer. Já Eve Morris tem o coração do tamanho do mundo, e com a morte do irmão tem um problemão nas mãos do mesmo tamanho do seu coração. Como ela vai conseguir ajudar todos os seus incapazes?

Um homem honrado, uma mulher em dificuldade e apenas uma solução : Casamento!

Tá bom! Você já deve ter visto va´rios livros com esta temática, parece clichê e é, mas tambem é interessante de ler, é leve descontraido e adoro livros de mocinhas decididas e heróis em cavalo branco!


1 comentários:

  1. a leva de romances históricos vem me conquistando, espero que com este livro tbm ocorra o mesmo
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.