Menu

14.11.14

Simplesmente Acontece – Cecelia Ahern

 

1

Edição: 1
Editora: Novo Conceito
Ano de lançamento: 2014
Páginas: 448
Autora: Cecelia Ahern

O que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para outra simplesmente não conseguem ficar juntas? Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos. Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails e cartas. Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.

***

A cada página um momento da vida de Rosie e Alex. De crianças a adolescentes, de adolescentes a adultos.

O livro nos é retratado através de cartas, bilhetes, e-mails, via bate-papo, cartões-postais, e etc. No primeiro momento conhecemos nossos doces protagonistas, quando Rosie convida Alex para seu aniversário de 7 anos. Eles se conhecem desde os 5 anos de idade e são inseparáveis. Unha e carne.

Os dois passam toda a infância e adolescência grudados, até que por uma reviravolta do destino o pai de Alex recebe uma proposta de emprego nos Estados Unidos, em Boston, tendo que se mudar de Dublin no seu último ano de escola. Rosie e Alex são separados. Contra toda a ordem do destino, os dois continuam sua amizade mesmo á longa distância.

Alex é aceito em Harvard, ele quer ser médico cirurgião. E desde que viajou com família, quando criança, Rosie teve a fascinação em querer trabalhar em um grande hotel de luxo. Então ela decide se candidatar ao curso de Hotelaria na universidade de Boston e ela é aceita no curso. Os planos estão traçados, porém o destino muda quando Rosie descobre que esta grávida.

“Não posso tirar uma folga, ligar para avisar que estou doente, nem pedir para minha mãe escrever um bilhete. Agora a mãe sou eu. Quem dera eu pudesse escrever um bilhete para mim mesma. Estou apavorada, Alex.” Página 45.

E agora? Em um momento nos vemos à perspectiva que eles finalmente poderiam ficar juntos quando ela se mudasse para Boston. Mas Rosie não pode mais fazer isso, ser mãe solteira é o que lhe aguarda. Em Boston, Alex continua sua vida, conhece Sally, se casa e se torna um grande cirurgião. Enquanto Rosie vive em uma constante reclamação, sem perspectivas de um futuro que lhe agrade.

Rosie teve que amadurecer rápido. Com a ajuda da família e amigos, Rosie recebe apoio ao cuidar de sua pequena filha Katie. Uma menina fofa e tão inteligente quanto à mãe.

“Obrigada pela carta. Fico feliz que você gostou do meu vestido, mas se eu fosse você tinha usado um vestido mais bonito, que nem o que a minha mãe estava usando no dia do seu casamento. Todo mundo falou que o vestido dela combinou muito bem com a roupa de Alex.” Página 80

O livro não tem foco apenas em Rosie e Alex, vários outros personagens dão o ar de sua graça na história. Um destaque é a melhor amiga de Rosie, Ruby. Essa mulher não tem juízo. Hahaha... Ela tenta tornar a vida de Rosie menos tediosa.

Acabei de visualizar você ali com uma escopeta na mão, mandando esses homens ficarem longe do seu imóvel.” Página 369

3

A cada leitura de correspondência, o leitor torce para que o destino de Alex e Rosie seja entrelaçado e eles possam finalmente viver o amor que deveria ter sido deles desde sempre. Passei o livro todo esperando, torcendo com um final feliz, com a felicidade dos dois juntos, que pudessem finalmente se amar. Que eles pudessem encontrar o silêncio que tanto queriam. Será que é pedir muito que esse casal (que tem tudo para dar certo e só eles não enxergam) fique junto logo? Um pertence ao outro.

“Cei bem como são esses silêncios.” Página 389.

Um livro cheio de reviravoltas. Muitas reviravoltas mesmo! Que fala de amor, amizade, companheirismo e lealdade. Não tem como não se emocionar e esperar apenas coisas boas para os dois.

O filme já foi lançado nos Estados Unidos, mas só será lançado aqui no Brasil ano que vem, 8 de janeiro de 2015. E claro que estou bem curiosa. Já deixando claro, pelo trailer, o livro e filme tem algumas diferenças. Porém sua essência está lá. Chega logo janeiro!

2

Confiram o trailer:

 

 

image

Essa resenha foi escrita por Crislane Barbosa, colaboradora do blog. http://www.skoob.com.br/usuario/368409


12.11.14

Em Meus Pensamentos–Bella Andre

Sullivan 8

Quantos de nós podemos contar com uma segunda chance? Grayson Tyler enfrentou uma tragédia três anos atrás. Agora, ele está recomeçando sua vida nas montanhas da Califórnia. Talvez a paisagem calma, com céu azul, mar e montanhas, o ajude a se esquecer do passado infeliz. Nesse refúgio, ele também deseja ser esquecido por todos que o fizeram sofrer. A tranquilidade vai embora para sempre no dia em que a energia vibrante de Lori Sullivan invade a sua vida. Uma bailarina tão linda quanto impertinente, que não costuma levar desaforo para casa e não está nem um pouco interessada em agradar. O magnetismo entre os dois promete tirar, literalmente, o sossego de Grayson, mas o fazendeiro solitário não está disposto a baixar a guarda. Ele não vai deixar essa novata virar sua vida de cabeça para baixo.

 

O livro da mázinha fecha com chave de ouro a série de irmãos Sullivans e já deixa a curiosidade acirrada para os primos Sullivans, os próximos que virão na série.

Lori Sullivan mostrou um lado frágil inimaginável nos livros anteriores porque ela sempre foi muito segura, irônica e afiada quando necessário. Daí vê-la abalada por um relacionamento fracassado, frágil por causa da incerteza que se abateu sobre si mesma, foi uma grande surpresa. Mas o furacão Sullivan se ergue imponente às custas de seu imenso coração que, para ajudar outra pessoa ferida, esquece até de sua própria dor.

Grayson é um homem ferido, amargurado, que não consegue esquecer o passado e deixa o fel traumático povoar seus dias iguais acreditando que, sem expectativas não poderá mais se ferir. Mas quando a linda e impetuosa Lori chega como um furacão sacudindo tudo e abalando as suas estruturas, a paixão faz toda a sua determinação de permanecer sozinho ruir (e olha que ele tentou, hein? Ficou até odiosamente bruto!). Grayson não tem chance, aos poucos, torna-se um humano novamente capaz de amar, capaz de se perdoar e aprende que a vida é cheia de altos e baixos, mas ainda assim, vale a pena gozar dela com toda a sua beleza e intensidade.

E assim, os dois antes perdidos, se encontram e juntos formam um dos casais mais lindos da família Sullivan.

Livro lindo, RECOMENDADÍSSIMO!

hasta la vista!

assinatura_1


10.11.14

Coração de Mãe - Jodi Picoult

 

CORACAO_DE_MAE_1412030040P

Jodi Picoult é o tipo de autora que prende o leitor a sua escrita, cria personagens complexos e dúbios, repletos de sentimentos que permitem o leitor amar e odiar ao mesmo tempo. Nas primeiras páginas de Coração de Mãe eu detestei a Paige, estava pronta para seguir odiando-a até o final, mas a autora me mostrou que as coisas nem sempre são como parecem ser.

Os capítulos são intercalo entre Paige e Nicholas, dessa forma conhecemos suas motivações e expectativas. Paige, é uma jovem simples, o abandono por parte de sua mãe sempre pesou muito em sua vida, tanto que algumas decisões são reflexo dessa falta. Aos poucos vamos descobrindo mais sobre as complexidades de Paige, eu passei a admira-lá e torci muito para que conseguisse preencher o vazio deixado pelo abandono maternal. Quando Paige conhece Nicholas ele é estudante de medicina, seu maior objetivo sempre foi esse, mas Paige irá mudar sua vida de cabeça para baixo, é com ela que ele percebe o quanto sua vida é vazia. Eu me encantei por Nicholas imediatamente, assim  como Paige, o imaginei como o príncipe que mudaria as coisas e traria felicidade. O envolvimento do casal acontece rapidamente, tanto que logo estão casados e Paige se torna o pilar de apoio de Nicholas que estuda cada vez mais.

Paige e Nicholas são de classes sociais diferentes, e é muito difícil para Paige lidar com o circulo social do marido, ela acaba se anulando na tentativa de atender seus desejos e fica cada vez mais distante da pessoa que deseja ser. Durante anos viveram assim, até que Paige engravida e as complicações aumentam. A partir daqui o verdadeiro drama começa, quando era Paige que narrava eu ficava tremendamente chateada com Nicholas e seu egoísmo em não ver que Paige é uma pessoa com necessidades e não sua empregada, mas quando era Nicholas que narrava eu ficava chateada com Paige em não mostrar ao marido suas necessidades reais, foi assim que percebi que o que falta para esse casal é dialogo. A falta de comunicação é a culpada por grande partes das dificuldades e momentos de sofrimento, quando enfim percebem isso, talvez, seja tarde demais para consertar as coisas.

Eu curti muito a leitura, me emocionei em vários momentos, ou seja, várias vezes me peguei chorando em lugares públicos, desejando poder consolar Paige e Nicholas, dizer que no final tudo iria acabar bem. Minha única ressalva ao livro é que terminou abruptamente, eu esperava mais, quase não acreditei quando virei a última página. Na minha percepção existia muito mais a ser dito.

Sinopse

Paige tem apenas algumas lembranças de sua mãe, que a abandonou quando ela era uma garotinha. Agora, aos dezoito anos, ela deixa o pai para trás em Chicago em busca do sonho de cursar a faculdade de artes. Mas Paige vê seus planos mudarem quando conhece Nicholas, um ambicioso estudante de medicina com quem logo se casa. Depois de alguns anos tentando se encaixar nos ambientes abastados que Nicholas frequenta e se sentindo mais deslocada do que nunca , Paige engravida inesperadamente. Sobrecarregada pelas exigências de ter uma família, ela não consegue esquecer a ausência da mãe e as memórias dolorosas do passado, que a fazem duvidar de si mesma. Lutando para se encontrar e finalmente acreditar nas próprias capacidades, Paige toma uma atitude chocante, que trará consequências avassaladoras para todos os envolvidos. Em Coração de mãe, Jodi Picoult constrói com perícia um romance cativante, que examina emoções e problemas com os quais todos nós podemos nos identificar.

Livro no Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/413513