Menu

5.4.15

Enders - Lissa Price





Capa comum: 288 páginas
Editora: Novo Conceito
Autora: Lissa Price
Idioma: Português

Sinopse
Depois que a Prime Destinations foi demolida, Callie pensou que teria paz para viver ao lado do irmão, Tyler, e do amigo, Michael. O banco de corpos foi destruído para sempre, e Callie nunca mais terá de alugar-se para os abomináveis Enders. No entanto, ela e Michael têm o chip implantado no cérebro e podem ser controlados. Além disso, o Velho ainda se comunica com Callie. O pesadelo não terminou.
Agora, Callie procura uma maneira de remover o chip – isso pode custar sua vida, mas vai silenciar a voz que fala em sua mente. Se continuar sob o domínio dos Enders, Callie estará constantemente sujeita a fazer o que não quer, inclusive contra as pessoas que mais ama.
Callie tem pouco tempo. Obstinada por descobrir quem é de fato o Velho e desejando, mais que tudo, uma vida normal para si e para o irmão, ela vai lutar pela verdade. Custe o que custar.
Após tudo que se passou com a protagonista Callie, sua vida parece finalmente entrar nos eixos. Ela vê a destruição da Prime Destinations e seu mundo está maravilhoso, enfim atualmente ela possui um lar, Helena, sua antiga inquilina, deixa sua morada para ela posteriormente a sua morte. Callie finalmente tem um lugar seguro para ela, seu irmão e Michael.
Callie seria mais afortunada ainda se os problemas não insistissem em prosseguir. O Velho está livre e mais nefasto do que nunca. Ele está aperfeiçoando a técnica dos chips utilizados na transposição dos corpos.
Como se isso não bastasse, agora Callie tem passagens em que ela rememora memórias que seu corpo locatário anterior, Helena, tinha desfrutado enquanto ocupava seu corpo. Acrescente a isso a possibilidade que seu pai possa estar vivo todo esse tempo, que o Velho continua acessando sua mente e fala com ela através do chip que tinha sido definitivamente implantado em seu cérebro, da chantagem do mesmo em colocar a vida do seu irmão em perigo caso ela não se entregue para ser alvo de pesquisas... Complica tudo novamente para nossa heroína, mas Callie continua sendo uma personagem forte e íntegra, que não tem medo de conduzir suas obrigações e nem de carregar o mundo nas costas.
Quanto mais adversidades aparecem mais obstinada Callie fica para adquirir autonomia por seu próprio corpo. Ela esquadrinha alucinadamente meios de remover o chip e desmoralizar o Velho e suas estratégias, além de tentar a todo custo proteger os Metais, ou seja Starters que tem os chips fixados na cabeça, que estão sob controle do homem que ela mais odeia na vida e que tem o poder de explodi-los... Tic, tac.
Há uma citação no livro que ressoa genuíno em toda a duologia, "Não confie em ninguém além de você mesma. E em seguida questione essa confiança", ou seja somos questionados todo momento a ver em quem verdadeiramente acreditamos, e se essas pessoas são efetivamente o que demonstram ser ou não.
Sobre a diagramação do livro nada a declarar, como sempre a capa é linda, inquietante; A tradução é ótima e só posso a dizer a vocês que se preparem pois o livro terá ação, mistério e descobertas inquietantes.


1 comentários:


  1. de verdade não é um enredo que tenha elementos que prendam minha atenção
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.