Menu

19.3.15

Manson - Jeff Guinn


Edição: 1
Editora: DarkSide Books
ISBN: 9788566636314
Ano: 2014
Páginas: 520
Autor: Jeff Guinn
Sinopse: Manson não é simplesmente uma biografia de um assassino e um líder de culto. É uma história da cultura norte-americana da Grande Depressão ao final do século XX. Um estudo fascinante da ambição, avareza, mesquinharia, controle da mente, celebrifilia (um desejo intenso e patológico para se relacionar com uma celebridade), sexo, narcóticos, racismo e abuso de poder. É a história dos ex-presidentes Richard Nixon e Lyndon Johnson, de Martin Luther King, do Vietnã, do movimento ativista estudantil da nova esquerda Students for a Democratic Society, dos Panteras Negras, da cultura lisérgica e de uma nação em processo de degradação.

E ai organismo?! BAUMCUMEQUETÁ?! o/

Todo mundo sentadinho e escutando a tia, que hoje o babado é sério... O livro que trago para vocês hoje aborda assuntos muito sérios como: Assassinato, racismo, drogas, detalhes de cenas de crimes, sexo, violência e linguagem vulgar. Então se você não tem estomago para algum desses assuntos, sugiro que vá comer o seu leite com pêra e ler o seu gibi da Mônica, porque essa aqui definitivamente, não será a sua praia.
                                                                
“Manson”, do escritor Jeff Guinn, trata da vida do infame assassino, hippie, aspirante a cantor e líder de culto, Charles Manson... Que no final dos anos 60 liderou um grupo de jovens a cometer uma série de roubos, invasões e posteriormente, assassinatos grotescos. Assassinatos esses, que teriam a atriz Sharon Tate, esposa do renomado diretor de cinema Roman Polanski, como uma de suas vitimas mais notórias.
Charles Manson
A biografia trata de toda a vida de Charles (ou Charlie, como era chamado por seus seguidores) de maneira detalhada, antes e depois dos assassinatos... Visitamos sua infância conturbada, adolescência em reformatórios, suas diversas passagens pela cadeia durante a idade adulta, para então chegar aos fatídicos eventos que deixariam sua marca na geração paz e amor para sempre. No decorrer do livro, nos familiarizamos também com os diversos jovens que se juntaram a Charlie e aos quais ele chamava de “A Família” (nome dado por Charlie para seu grupo de seguidores). “Família” essa que faria de tudo por Charlie e na qual ele incutiria suas crenças e valores distorcidos sobre o fim do mundo, os Beatles e o que é certo e errado.
Sharon Tate


O livro é muito bem escrito e por mais que seja grosso, a leitura simplesmente flui ao longo de suas mais de 500 paginas. A maneira com a qual o autor contextualizou os fatos do livro com os acontecimentos sociais da época (como revoltas raciais e etc.), entrevistas e fotos, só torna o livro ainda mais rico e prazeroso de se ler.
                                                           
Destaque sempre merecido para o trabalho de edição primoroso da editora DarkSide, que mais uma vez nos brinda com um lindo exemplar, digno de ser colocado em destaque na estante. A edição é em capa dura e conta com varias fotos em seu interior. Resumo da opera: o NEGOCIO É BOM! 
Observação randomicamente aleatória do dia: O cantor Marilyn Manson, tirou seu nome artístico da junção dos nomes de duas figuras da cultura pop americana, notórias por razões distintas... Marilyn vem da diva “Marilyn Monroe” (atriz e musa da beleza) e Manson vem do assassino (assunto dessa resenha) Charles Manson. 


Então por hoje é só pessoas...  Ate uma próxima resenha e tenham sonhos terríveis.
***




Escrito por Mary Zombie, colaboradora do blog. http://www.skoob.com.br/usuario/45011

3 comentários:

  1. Mary, eu lembro de quando você ganhou esse livro. Parecia pinto no lixo de tão feliz.

    Quem sabe um dia você me empresta, prometo tomar cuidado. Sua resenha ficou maravilhosa, deu vontade de saber mais, mesmo sendo sobre um assassino odioso como esse.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. a editora sempre tem lançamentos bacanas para um público do qual não faço parte rsrsrs
    fico sempre com um pé atrás em ler algum de seus lançamentos, sou muito fácil de impressionar com as histórias de suspense e de verdade não sinto um pingo de vontade de conhecer essa mente ardilosa
    Quando der, de uma passada no blog, adorarei sua visitinha!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Fiquei louca por esse livro por conta do projeto gráfico que se não me engano é da Retina 78, esses maravilhosos, haha. E o que eu mais achei genial foi a capa ir além do óbvio, não trazendo uma imagem já conhecida dele, mas uma foto comportada do cara jovem, bem vestido e sorridente, parecendo um adolescente comum. A primeira vista não parece uma biografia de um assassino. Quero muito <3
    sobrecafeelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.