Menu

11.9.15

Preces e Mentiras - Sherri Wood Emmons

Quando Bethany, de 7 anos, conhece sua prima de 6 anos, Reana Mae, é o começo de uma relação desajeitada que salva ambas de uma solidão profunda. Todo verão, Bethany e sua família vão de Indianopolis para West Virginia's Coal River Valley. Para a mãe de Bethany, essas viagens até lá  a lembram de sua infância pobre e composta por minas de carvão, um lugar do qual ela desejou escapar. Mas seus amados familiares e a amizade de Bethany e Reana Mae continuavam trazendo lembranças.
Mas conforme Bethany cresce, ela percebe que a vida nessa comunidade pequena e unida não é tão simples quanto pensava... que as cabanas na beira do rio, que guardam muito da história de sua família, também geram fofocas escandalosas... e aqueles mais próximos a ela guardam segredos inimagináveis. No meio das florestas densas e da beleza silenciosa do vale, esses segredos estão finalmente sendo revelados, com uma força suficientemente devastadora para acabar com vidas, fé, e a conexão que Bethany pensou que duraria para sempre.

Confusa, muito confusa. Foi assim que eu me senti lendo os primeiros dois capítulos deste livro. A autora resolve apresentar TODOS os personagens e todos os seus parentescos em dois capítulos. Gente, que tipo de alma sádica faz isso? Tenho um sério problema em entender relações familiares. Quando alguém fala “o pai do meu cunhado fez...” eu peço uma pausa para entender, juro. A palavra “tia-avó”, então... faz estragos no meu cérebro. Confesso que, devido essa minha dificuldade específica, passei batida por esses dois capítulos. Lá para a segunda metade do livro, quando eu estava de saco cheio de não entender como Bethany e Reana eram primas, resolvi reler esses capítulos com calma. Ainda bem que o fiz, porque o final do livro está totalmente relacionado a essas relações de parentesco.

O livro é narrado em primeira pessoa por Bethany, muito embora eu não a encare como a protagonista do livro. Nada de importante acontece na vida de Bethany, ela simplesmente está por perto quando coisas importantes acontecem na vida dos outros. Mas isso é ótimo porque você vai descobrindo os segredos com ela. Falando em segredos, gostei muito de como a autora administrava os mistérios do livro; parecia até que ela sabia em que momento você ia desvendar o mistério e, puft!, duas páginas depois ela já contava tudo. Gostei muito mesmo! É muito chato quando você já desvendou aquele segredo há 3 capítulos e o livro insiste em fazer suspense, argh!

O tema geral do livro é um drama familiar. Perdão, um não: vários. Não é o tipo de livro que eu estou acostumada a ler mas fui surpreendida positivamente com essa experiência. Em alguns momentos, me peguei revoltadíssima com os acontecimentos. E é tão difícil eu me envolver ao ponto de esculhambar os personagens, haha. Engraçado que eu esculhambava uma personagem (geralmente Reana Mae) em um capítulo, 10 páginas depois eu já a havia perdoado, daí no capítulo seguinte eu já estava com ódio de novo. Mas não é assim que funciona a vida? "A gente briga, a gente chora, mas a gente se ama." (bela música, rs)

Reana mexeu muito comigo. Ela é uma personagem que faz TUDO errado mas você, mesmo assim, não consegue ficar com ódio dela por muito tempo. Você se coloca no lugar dela. Você a entende. Você quer ajuda-la. Já ouviram Help Yourself, da Amy Winehouse? Acho que é a música tema dela.


“Quando eu ando com seus sapatos eu entendo um cara confuso (...)
Eu sinto o peso que seus ombros carregam (...)
E eu lhe conheço, você é tão frustrado
Mas todos nós nos tornamos o que, um dia, nós odiamos (...)

Mas eu não posso te ajudar se você não ajudar a si mesmo”
Recomendo o livro (e a música também, haha, LINDA!), sem dúvidas. É de fácil leitura, embora sua temática às vezes seja meio... pesada. Um dos poucos livros que quer ter ares de realidade e tem mesmo; eu acreditaria se me dissessem que Preces e Mentiras é uma autobiografia de Bethany. Resumindo e repetindo: eu recomendo. Muito. Muito mesmo.

Edição: 1 
Editora: Novo Conceito 

ISBN: 9788581630458
Ano: 2012
Páginas: 368

6 comentários:

  1. Opa, adoro saber que tenho esse livro na minha estante. Adoro dramas familiares, ainda mais u que tenha agradado tanto.
    Vou ler (em breve) e depois te conto.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Todos os personagens ligi no início é de enlouquecer.
    Realmente não é um livro que chame muito minha atenção, mas fiqeui feliz em saber que você se surpreendeu e gostou da leitura.
    Dica anotada!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  3. Correndo para as Americanas comprar o meu exemplar!

    ResponderExcluir
  4. eu sinceramente não leria por agora, mas quem sabe em um futuro próximo me renda? se foi tão surpreendente para você pode também me agradar!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Aryanna!
    Li esse livro tem uns 2 anos e ao reler sua resenha, relembrei de como fiquei indignada em alguns episódios do livro.
    Embora goste muito dos dramas familiares.
    Recomendo a leitura também;
    “Ainda não vi ninguém que ame a virtude tanto quanto ama a beleza do corpo.”(Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  6. Já conhecia o livro e não havia me interessada, mas após ler sua resenha fiquei querendo ler. Gosto de livros que mostram a realidade, que tem muitos segredos das pessoas próximos e dos familiares.
    Bjus.

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.