Menu

6.4.15

1 Página de Cada Vez: Um diário Diferente - Adam J. Kurtz

"Pense em alguma coisa que deixa você inseguro e escreva o que é em letras enormes. Use o espaço todo! Olhe bem para o que você escreveu. Agora vire a página."


Título Original: 1 Page at a Time
Autor: Adam J. Kurtz
Editora: Paralela
Sinopse: No seu primeiro livro, o artista gráfico americano Adam J. Kurtz usa provocações divertidas como esta para fazer o leitor refletir sobre sua vida ao mesmo tempo em que testa a própria criatividade. Como o título diz, cada página traz uma brincadeira diferente. Pode ser uma pergunta, uma sugestão de desenho ou um pedido para que você crie uma lista de músicas para seu amor verdadeiro ou das melhores fatias de pizza que comeu na vida.
O autor também pede para o leitor colar objetos inusitados nas páginas do livro e compartilhar nas redes sociais algumas das anotações feitas nele. Uma maneira espirituosa e lúdica de buscar o autoconhecimento.

Não sei, esse livro me deixou meio frustrada. Sim, algumas coisas nele são legais, como criar sua playlist para momentos tristes, para seu amor e coisas assim. Outras, te pede para desenhar algo, escrever sobre algumas coisas de seu passado, como por exemplo: Descreva um aniversário da sua infância. Mas, no geral, ele te pede pra escrever a mesma palavra repetidas vezes, continuar a fazer asteriscos pela página toda, o que pode acabar tornando o livro bem tedioso. Escrever a palavra "Cuidado" repetidas vezes e depois picar a folha e soltar pelo vento. Qual a intenção disso? Não há um fundamento explicativo, como eu notei que existe no "Destrua esse diário", de Keri Smith. Algumas coisas ele copiou de lá, provavelmente.
Mas o que achei mais chato foram as diversas páginas em branco espalhadas pelo livro, ou coisas com a hashtag compartilhe. Pra mim, senti como se a cada página ele pedia para fazer propaganda do livro, sendo que na capa traseira ele diz: Largue seu celular e pegue um lápis! Achei irônico demais. Se a pessoa quiser dividir o que ela fez, ela vai dividir... Não precisa pedir propaganda!
Adquiri o livro pensando que seria tão legal quanto o Destrua, já que tecnicamente seguia a mesma linha, mas não conseguiu me prender tanto. Tem muitas coisas que não dá pra fazer de imediato, pois ele te dá tarefas como viajar, ir a parques, marcar uma saída à noite de presente. Nem todos gostam de balada, you know...
Assim, vale por algumas tarefas. Gostei bastante da que pede pra descrever como conheceu seu melhor amigo, fazer uma lista de 15 palavras que te descrevem... Mas ir marcando as horas conforme elas passam não me anima nem um pouco, é tedioso!
Ainda não fiz todas as atividades, são 365 delas. Às vezes pego ele pra brincar ou algo assim, mas não se tornou meu livro favorito, como o autor supõe em algumas atividades.
Sei lá, talvez eu só não seja uma das pessoas mais criativas do mundo pra conseguir gostar e fazer todas atividades do 1 Página.

1 comentários:

  1. esses livros interativos estão na moda, são quase como um diário e uma terapia bacana
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.