Menu

25.5.15

O Sangue do Cordeiro - Sam Cabot


Capa Comum: 368 páginas

Autor: Sam Cabot

Editora: Arqueiro; Edição: 1ª (10 de abril de 2015).

Idioma: Português

Sinopse:

“Este documento, querida amiga, vai abalar a Igreja.”
Ao ler essas palavras em uma carta encontrada em um arquivo empoeirado, Thomas Kelly fica cético. O documento citado na correspondência está desaparecido, mas Thomas, padre da ordem dos jesuítas, duvida que exista algo com tal poder – até ser convocado ao Vaticano para iniciar uma busca desesperada por ele. Enquanto isso, diante de um conselho formado por seus superiores, Livia Pietro recebe instruções claras: encontrar um padre jesuíta recém-chegado a Roma e juntar-se a ele na procura da Concordata, um tratado que contém um segredo tão chocante que poderá destruir para sempre todo o povo de Livia. Enquanto pistas cifradas do passado lançam os dois em um universo traiçoeiro repleto de obras de arte, maquinações religiosas e conspirações, eles são caçados por pessoas capazes de tudo para achar o documento primeiro. Thomas e Livia, então, precisam correr para montar o quebra-cabeça capaz de redefinir os rumos da história e evitar o caos e a destruição que a revelação da Concordata poderá causar. Livia, porém, tem um segredo: ela e seu povo são vampiros.Com uma narrativa que remete ao estilo de Dan Brown e ao terror sobrenatural de Anne Rice, O sangue do cordeiro é uma viagem inesquecível a um passado inimaginável.
 
Escrevendo sob o pseudônimo de Sam Cabot, S.J. Rozan e Carlos Dews, dois escritores que associaram seus respectivos campos de interesse literário a fim de registrarem e oferecerem a diversos leitores um relato fascinante onde religião, segredos, conspirações e princípios de horror se enredam produzindo o livro O Sangue do Cordeiro, a primeira obra de uma cadeia de suspense histórico é uma espantosa pedida para todos os apreciadores de thrillers religiosos mesclados com histórias de vampiros. Essencialmente adorei, pois sou fã irrestrita de vampiros, seres com dentes afiados que não necessariamente precisem brilhar a luz do sol...

Eu resumo a história é narrada em terceira pessoa e se passa em Roma, onde um padre jesuíta Thomas Kelly pesquisa um documento antigo firmado pelo Papa Martinho V e os Noantri, registro esse intitulado de Concordata, que foi roubado do Vaticano. Uma carta misteriosa leva-o a conhecer a obra de um poeta do século 19, Noantri Mario Damiani, onde Thomas descortina informações enigmáticas que possam transportar ao documento desaparecido. Sua pesquisa entrelaça-se inesperadamente com a de historiadora de arte italiana Noantri Livia Pietro, que afirma que forças destrutivas prenunciam revelar os segredos contidos na Concordata. Thomas e Lívia juntos vão se defrontar com grandes ameaças e perigos. Nem Livia com sua confissão que ela e seu povo são vampiros, autodenominados de Noantri irá diminuir o segredo que ela e Thomas irão juntos divisar, uma revelação mais perturbadora do que qualquer ser poderia pressupor existir.

O Sangue do Cordeiro é um livro memorável. Não tem como uma vez que você comece a ler deixar de lado. Comentam que a narrativa faz uma alusão ao gênero de Dan Brown e ao terror sobrenatural de Anne Rice, como ainda não li nada da Anne Rice não me arrisco a afirmar nada, mas posso dizer sem sombras de dúvidas que a escrita corre fluentemente e é extremamente meticulosa. O layout do livro é caprichado e o mesmo possui páginas amareladas. Aconselho a todos a leitura.


2 comentários:

  1. o suspense e as sensações posteriores a leitura são um ponto alto da trama!

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Thaila o livro é realmente memorável. Excelente pedida!

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.