Menu

26.7.15

Fingindo - Cora Carmack

Capa Comum: 336 páginas
Autora: Cora Carmack
Editora: Novo Conceito
Idioma: Português
Sinopse
Meu nome é Cade Winston. Aluno de mestrado em belas-artes, voluntário, abraçador de mães e seu namorado pelas próximas vinte e quatro horas. Prazer em conhecê-la. Com seus cabelos coloridos, tatuagens e um namorado que combina com tudo isso, Max tem exatamente o estilo que seus pais mais desprezam… E eles nem sonham que a filha vive assim. Ela fica em apuros quando seus pais a visitam na faculdade e exigem conhecer o futuro genro. A solução que Max encontra para não ser desmascarada é pedir para um desconhecido se passar por seu namorado. Para Cade, a proposta veio em boa hora: é a chance que ele esperava para acabar com a sua fama de bom moço, que até hoje só serviu para atrapalhar sua vida. Um faz de conta com data marcada para terminar… E um casal por quem a gente vai adorar torcer. Fingindo vai seduzir você.


Fingindo é o segundo volume da série Perdendo-me, cujos livros podem ser lidos de maneira avulsa. Nesse livro, vamos nos enveredar pela história de Cade, um cara lindo, certinho e educado e de Max, uma garota descolada, rebelde, dona de cabelos que outrora foram rosa e agora se encontram tingidos de vermelhos e de quebra é detentora de uma maravilhosa boca carnuda.
Para quem não se recorda do primeiro livro da série, Perdendo-me, aqui vai uma prévia; Cade era o melhor amigo de Bliss. Cade amava Bliss que amava Garrick que amava Bliss. Ops, alguém ficou sobrando nessa história né e de quebra com um coração partido. Com a conclusão da faculdade Cade, Bliss e Garrick mudam-se para a Filadélfia. Cade está fazendo mestrado em Belas - Artes e procurando emprego ao mesmo tempo em que tenta ocultar seus sentimentos por Bliss, ou seja, ele simula que tudo está maravilhoso para não magoar a melhor amiga. No dia que ele resolve colocar um ponto final nessa dependência emocional ele conhece Max, a antítese de Bliss.
Mackenzie "Max" Miller está com um problemão. Seus pais chegaram à cidade para uma visita surpresa, e se eles contemplarem seus cabelos tingidos, suas tatuagens e piercings, descobrirem que ela dança as noites num bar, toca numa banda, tem o sonho de ser uma musicista e seu namorado Mace tem uma tatuagem no pescoço e toca numa banda, com certeza eles irão retirar toda a ajuda financeira que ela precisa pra se manter. Para agravar mais ainda, eles estão esperando para conhecer o namorado certinho que Max conheceu na biblioteca, uma mentira deslavada que ela contou pra ver-se livre do interrogatório sem fim da mãe.

Ela está numa cafeteria quando atende esse telefonema avisando da chegada intempestiva dos pais e só tem tempo para duas coisas, mandar Mace se mandar e procurar uma saída para seu dilema. Nisso ela dá de cara com Cade, que a observava de sua mesa, uma cara lindo, com rostinho de bom moço e ainda por cima está com um livro. Ele era perfeito! Max precisa de ajuda instantânea e esquecendo todo bom senso faz uma proposta no mínimo curiosa, ela quer que Cade seja seu namorado. Cade interessado na bela mulher, cansado de ser o bom mocinho e como um bom ator que é concorda sem pestanejar, mas com uma condição, como pagamento pelos serviços prestados eles precisam ter um encontro... Hum! Eles não tem nada em comum, mas uma atração irrompe e veremos se realmente os opostos se atraem!
[...] Nunca tinha saído com uma garota como ela, e provavelmente ela nunca saiu com um cara como eu [...]

A narrativa alternada entre Cade, o Menino de Ouro e Max é muito boa. Dá para conhecer e entrar na cabeça dos personagens que por sinal são consistentes, fortes e apaixonantes. A autora conduziu muito bem a personalidade de ambos, descontruindo e construindo o bom moço e a menina durona, que não se importava com nada. As cenas sensuais foram apenas um acréscimo que Cora Carmack nos presenteia em cima uma narrativa apaixonante. A gramatura do livro é perfeita, fonte ótima de ler. Agora a capa imaginei um Cade mais sensual. Ficou muito a desejar. Ainda bem que a escritora acertou na história!

[...] Há coisas pelas quais vale à pena lutar, não importa o resultado, e você é uma delas [...]


2 comentários:

  1. eu adorei a história, personagens tão diferentes e que ao mesmo tempo se completam
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. oi alguem podia me manda o livro pq nao consigo abaixa.
    karol_kitten123@hotmai.com
    bjs

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.