Menu

20.8.15

Não Pare! - Livro 1 - FML Pepper


Não Pare! – Volume 1
Capa comum: 280 páginas
Autora: FML Pepper
Editora: Valentina; Edição: 1ª (19 de maio de 2015)
Idioma: Português

Sinopse:

Nina Scott não suportava mais a vida nômade e solitária que sua mãe, Stela, a obrigava a ter. Mudar de cidade ou de país a cada piscar de olhos, conviver com tantas perguntas que a consumiam, assombrada por mistérios de um passado guardado a sete chaves. Agora, aos 16 anos, a garota das estranhas pupilas exigia respostas. E, para sua péssima sorte, elas já estavam a caminho! Quando Stela decide ficar em Nova York, Nina acredita que seu sonho de ter uma vida normal vai se tornar realidade. Finalmente terminará o ano letivo em um mesmo colégio, poderá fazer amigos sem ter que abandoná-los em seguida, viver um grande amor, amadurecer, criar raízes... Enfim, curtir a adolescência. Mas o “normal” está muito longe da vida de Nina! Perdida no olho de um furacão de mortes e inexplicáveis acidentes, tendo que esconder os terríveis fatos da mãe paranoica, Nina começa a desconfiar da própria sanidade mental, de tudo e de todos. O que explicaria os paralisantes calafrios, a perda de visão e de memória que experimentava sempre que alguém morria ao seu redor? O que ela teria a ver com os bizarros e sobrenaturais acontecimentos? Estariam eles interligados?


Só conheço uma forma de começar essa resenha, com uma pergunta: CARA QUE HISTÓRIA É ESSA? Juro galera, eu já tinha uma ideia que o livro era bom, já tinha lido comentários satisfatórios a respeito da obra da autora brasileira FML Pepper, mas nunca imaginei que fosse de tirar o fôlego. Não conseguia parar de ler e quando tive forçadamente que tirar uma pausa por conta do trabalho à história ficava martelando na minha cabeça. A minha hora de almoço foi destinada a devorar o livro. E o melhor de tudo é saber que esse é apenas o primeiro livro da Trilogia Não Pare!

Nina Scott de apenas 16 anos, vive quase como uma nômade com a sua mãe Stela. Elas vivem se deslocando para vários países, o que não estabelecia um significado lógico para Nina. Ela se sentia sozinha, não conseguia fazer amigos ou terminar o ano em uma escola devida a essas mudanças repentinas. Sua mãe nunca dava uma explicação plausível para tantas mudanças, seu pai ela não conhecia, ela era “azarada” ao extremo e tinha um defeito de nascença, suas córneas eram semelhantes à de um réptil o que a forçava a usar lentes de contato para ocultar o inconveniente de ser diferente das outras pessoas.

Mais uma vez elas teriam que mudar, pois Stela literalmente “pira” quando elas estão numa Praça em Amsterdã e Nina quase morre ao ser atingida por uma das facas de um exibicionista que mostrava sua habilidade com facas em uma demonstração de rua. E quando no outro dia o mesmo artista de rua aparece assassinado as coisas ficam realmente enigmáticas. Dessa vez o destino de ambas será Nova York, e com essa mudança surge uma promessa de sua mãe que não haveria mudança tão cedo.
[...] Pessoas surgem do nada e, de repente, resolvem me atacar...” Que tipo de ligação haveria entre mim e estes bizarros acontecimentos? A resposta viria ao meu encontro, e não era nada boa [...]
Nesse tempo que elas estão em Nova York novos incidentes surgem, mas Nina a todo custo os esconde da mãe, pois ela sabia que se a mãe ficasse sabendo mais uma vez do que estava se passando elas sairiam correndo feito loucas da cidade. Nina consegue um emprego e até fazer amizades, mas infelizmente a onda de azar da nossa protagonista não consegue abandoná-la, outros acontecimentos inexplicáveis acontecem e todos eles tem um denominador comum, a sua morte.

Na escola junto com Nina, mais quatro novatos entram, uma garota loira de cabelos curtos e espetados, um garoto ruivo de porte atlético, um rapaz alto e loiro, chamado Kevin que por sorte a tinha salvo de ser atropela e um rapaz por quem ela antipatizou e sentia arrepios quando o via, Richard era seu nome, dono de uma beleza rude, cheio de cicatrizes era o dono dos mais lindos olhos azuis turquesa que Nina já tinha visto.
[...] Tudo nele era lindo, exuberante. Definitivamente, eu estava flertando com a Morte! [...]
Mortes sem explicações, assassinatos, acontecimentos sinistros, lapsos de memória, perseguições, incertezas, perguntas sem respostas, novas dimensões, suspense e por que não, um romance nada ortodoxo fazem parte dessa trama tão bem elaborada. A narrativa cheia de aventuras te torna cativo da história e é impossível você ficar inerte e não dar pulos na cadeira.
[...] “Não era para eu sentir nada” Queima tudo. Só quando estou perto de você é que sinto essa febre abaixar, essa dor acalmar. Como se você fosse a minha cura, o meu remédio [...]
FML Pepper realizou um trabalho primoroso, uma corrida instigante para o leitor tentar decifrar e chegar à frente dos acontecimentos. Torci, falei mal, briguei, ri e me apaixonei completamente pela narrativa. Foi uma surpresa extremamente satisfatória se deparar com uma narrativa tão fascinante, cheia de aventuras, personagens consistentes e uma história de arrancar o fôlego.

A diagramação da Editora Valentina está linda, a capa é maravilhosa, páginas amareladas, fontes gostosas de ler e realmente sou só elogios para o conjunto da obra. Leitura 1000% recomendada! Você não será capaz de parar!







7 comentários:

  1. Eu amei esse livro. Achei tão legal como a autora aborda o romance. Parabéns pela resenha.

    bjs
    http://thehouseofstorie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Bella! Realmente não tem como não gostar!

      Excluir
  2. Uau, Nádya!
    Que resenha lindíssima!!!! Eu simplesmente ameeeeei a sua escrita caprichada e suas palavras repletas de entusiasmo.
    Espero que NÃO OLHE! possa surpreendê-la ainda mais, minha linda!
    Mega beijos,
    Pepper

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa! Muito honrada e feliz com sua opinião e presença aqui no blog! Foi realmente divino ler seu livro! Ansiosa pelos demais!

      Excluir
  3. oi flor, eu tenho muita vontade de lê-lo desde que era publicado só em ebook, espero logo me render a trama
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se renda Thaila...Pode se entregar sem medo....Richard te segura...rsrsrsrs

      Excluir
  4. Oi Nádia!!!
    O livro me deixou essas sensações!! É extremamente bom!! Eu ainda não tenho o físico, mas quero muito, muito!!
    Beijos!
    umlugarparaleresonhar.blogspot.com

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.