Menu

3.8.15

O Príncipe dos Canalhas – Loretta Chase

PRINCIPE_DOS_CANALHAS_1425605374417031SK1425605374B
 

SBN-10: 8580413990
Ano: 2015 / Páginas: 288
Idioma: português
Editora: Arqueiro


O Príncipe dos Canalhas - Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent...
Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu.
Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho.
Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.

***

Esse livro está na lista dos introcáveis, e pensei em colocar na lista dos não emprestáveis, de preferência intocável também, ia colocá-lo em um quadro, para as amigas que visitarem minha casa nova só apreciá-lo de longe, mas mudei ideia depois de perceber que o que é bom tem que ser compartilhado, espalhado aos “quatro ventos”.

Deixando os exageros de lado, deu para perceber quanto ele me conquistou, não é? Não posso dizer que foi o melhor livro desse ano, por que li alguns que me deixou apaixonada (todos da Arqueiro, diga-se de passagem) tanto quanto ele, mas realmente achei um dos melhores.

Lorde Belzebu é Sebastian Ballister, marquês de Dain, o apelido não foi lhe dado à toa. Rejeitado pelo pai, enviado para um colégio onde os outros garotos faziam da sua vida um inferno, Sebastian aprendeu a se defender da melhor forma possível: Virou o “Diabo em pessoa”, depravado, imoral, arrogante, perigoso… O que ninguém sabe é que por trás desse monte de adjetivos ele é apenas um homem que achou um jeito de sobreviver na selva humana.

Jessica não se amedronta com as facetas escandalosas de lorde Belzebu, só quer que seu irmão desmiolado, pare de gastar o que tem e o que não tem nas noitadas que Sebastian dá. Inteligente para os negócios e apaixonada por antiguidades, sonha em ter sua loja e ficar independente e com isso não precisar de um marido para sustentá-la, o que já é um grande escândalo para sua família. Não se deixa abater por mexericos e tem um maior carinho pela avó, que é totalmente liberal pra época e pra idade, senti uma certa falta da vó da metade pro fim do livro, me divertia com ela.

O relacionamento dos dois é explosivo, do tipo “bateu, levou”, tanto Jessica como Sebastian são difíceis de aceitar que se apaixonaram  e transformam  alguns mal-entendidos em um turbilhão de problemas, mas nada que atrapalhe um Felizes para Sempre.

Capa linda, diagramação perfeita. Super recomendo!

3 comentários:

  1. Eu sou total e completamente apaixonada por esse livro.

    Não tem como não se encantar com esse lord que não percebe seu real valor. Amei a mocinha decidida que não permite julgar o outro pela aparência ou mesmo pelo pensamento dos outros.

    Esse é aquele tipo de livro que aquece o coração, me faz suspirar apaixonada desejando ter a sorte de encontrar um mocinho como esse.

    Amei a resenha, deu vontade de ler novamente.

    ResponderExcluir
  2. eu ja li e confesso que quis dar umas pauladas no Dain, mas no fundo é impossivel não se apaixonar por alguém tão sofrido e por uma mocinha tão sagaz quanto Jessica
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Thalita!!
    Eu não consigo emprestar livros mais. Já emprestei 2 livros que não voltaram e vários que vieram dilaçerados kkkkk
    Eu AMO quando os personagens se atracam hahahaha Essa mocinha parece ter personalidade muito forte!!
    Quero ler pra ontem!!

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.