Menu

3.9.15

Fragmentados - Neal Shusterman


Titulo: Fragmentados

Autor: Neal Shusterman

Editora: Novo Conceito

Número de Páginas: 368

Em uma sociedade em que os jovens rejeitados são destinados a terem seus corpos reduzidos a pedaços, três fugitivos lutam contra o sistema que os fragmentaria .
Unidos pelo acaso e pelo desespero, esses improváveis companheiros fazem uma alucinante viagem pelo país, conscientes de que suas vidas estão em jogo. Se conseguirem sobreviver até completarem 18 anos, estarão salvos. No entanto, quando cada parte de seus corpos desde as mãos até o coração é caçada por um mundo ensandecido, 18 anos parece muito, muito longe.
O vencedor do Boston Globe-Horn Book Award, Neal Shusterman, desafia as ideias dos leitores sobre a vida: não apenas sobre onde ela começa e termina, mas sobre o que realmente significa estar vivo.

 ***
Connor, Risa e Lev são três adolescente que apesar de nunca terem se visto tem muito em comum, os três foram condenados a fragmentação. Com uma pequena diferença, Lev é um dízimo ou seja ele foi preparado desde que nasceu para o "grande dia". Após terem sido mandados para a mesma colheita (nome que é dado ao lugar onde os fragmentados aguardam o dia em que serão despedaçados), o destino dos três os unem após a fuga de Connor (que diga-se de passagem foi quase cinematográfica.. hahahaha) e juntos vão tentar sobreviver sem serem pegos, um tentando ajudar o outro a sua maneira.
Em dado momento após uma traição, os três tomam caminhos diferentes. Connor com Risa e Lev tenta sobreviver dia após dia sozinho, até que encontra outro garoto com quem compartilha sua jornada e muitas coisas acontecem, principalmente com Lev, ele deixa de lado aquela "inocência" de dízimo plantada nele e passa a ser mais durão. A vida nas ruas se escondendo e tendo que "caçar" sua própria comida o faz amadurecer e mudar por completo seu jeito de pensar e agir (de um jeito bom) e depois de muitas reviravoltas do destino os três novamente são unidos.

O livro é narrado pelos três adolescentes e através deles ficamos sabendo um pouco mais de como eram suas vidas antes de serem mandados para a fragmentação. No inicio achei a narrativa um pouco cansativa, as coisas estavam demorando para acontecer, mas garanto que após a primeira separação dos três as coisas começam a evoluir mais.

Em certo momento Connor, Risa e Lev vão parar no mesmo lugar e apesar de estarem no mesmo ambiente eles não ficam juntos então podemos ter uma noção diferente da visão de cada um de coisas que acontecem nesse lugar sem ficar aquela coisa repetitiva e a sensação de Déjà vu, cada um tem sua função, então eles quase nunca estão juntos no mesmo lugar.

Gostei bastante do enredo e a reviravolta que acontece no final é surpreendente! É uma série e mal posso esperar pra ler o próximo o livro.
Anne Viana 
Anne Viana

3 comentários:

  1. flor, estou muito arrepiada com o enredo, é pura adrenalina! o tema distópico cada vez mais trabalhado e evoluido!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Outro livro que estou querendo muito ler, principalmente por ser de distopia! É sempre bom ler diferentes livros de distopia, pois cada autor cria um mundo diferente e o mundo criado por Neal parece ser bem trabalho e muito bom, o sistema que ele criou nesse mundo é muito interessante e a história ainda foca em três adolescentes.

    ResponderExcluir
  3. Anne!
    Acredito que esse foi um dos melhores livros que li esse ano e já estou no aguardo da continuidade.
    Uma distopia muito bem escrita e diferenciada, embora a ideia de ser fragmentada após certa idade é totalmente inadmissível na minha cabeça.
    “O passado não reconhece o seu lugar: está sempre presente...”(Mario Quintana)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.