Menu

29.10.15

Dom Pedro I Vampiro - Nazarethe Fonseca

Dom Pedro I Vampiro

Capa comum: 336 páginas
Autora: Nazarethe Fonseca
Editora: Planeta; Edição: 1ª (22 de julho de 2015)
Idioma: Português

Sinopse:
A vida de Pedro já havia sido bem diferente. Em outro momento, ele foi mortal. Muito jovem, teve de enfrentar o desafio de governar uma colônia corrupta e falida, atividade da qual fez questão de livrar-se na primeira oportunidade.Cansado e ser contido ou controlado, o que não combinava com o seu temperamento, declarou independência de um país tropical, sobre o qual haviam depositado muitas esperanças, mas que andava pouco acreditado. E Pedro o fez prosperar, contra tudo e contra todos!Amado, odiado, disputado pelas mulheres, sedento de sangue e de poder, governou o Brasil e nele deixou marcas profundas de suas paixões e desejos. Reis, rainhas e imperadores tornam-se imortais através da morte, como aconteceu a Dom Pedro I, que, por um golpe do destino torna - se um vampiro.


O que relatar de um livro de uma autora que eu admiro? O que proferir se a cada livro que leio da Nazarethe Fonseca o fascínio por sua escrita só aumenta pelo seu modo fantástico de descrever uma história?

Em Dom Pedro I Vampiro ela não decepcionou. Ela realizou um empreendimento memorável, onde ao inserir um personagem tão conhecido da história como Dom Pedro I, o Imperador do Brasil deu nova dimensão ao passado, tornando a biografia de Pedro simplesmente fascinante. Apesar do livro abordar sobre o vampirismo ela não se limita apenas a dentes afiados, olhos vermelhos, mortes atrozes e medo do sol. Ela consegue envolver mesmo o mais leigo leitor que não teve contato nenhum com histórias de vampiros a aquele que detesta história do Brasil – assim com eu. Foi um trabalho excepcional, descrevendo personagens históricos e acontecimentos de maneira envolvente de forma que a obra consegue ser acessível a todos os gostos literários.

A história é narrada por Dom Pedro I, com uma estrutura de narrativa-base com entalhes entre o passado e presente. Além da narrativa se avolumar, avançando em cada capítulo, para um ápice de cair o queixo a rica narrativa enriquece a obra nos tornando cativo a cada linha escrita. Com maestria, ficção e história deram as mãos e a história criada é tão real que senti em certos momentos o hálito quente de Pedro em meu pescoço...

O conflito que Dom Pedro passa por toda a história é real. Uma luta de um Imperador contra uma sociedade, contra o sobrenatural e principalmente contra ele mesmo. Um personagem a frente de seu tempo, com fama de mulherengo, aventureiro e boêmio, que pagou muito caro para manter as aparências e financiar seus gastos pessoais. Independência ou morte, um grito para libertação do Brasil ou um brado pessoal do nosso querido Imperador?

O livro tem uma linda estrutura, a capa muito bem realizada, a fonte agradável e folhas amareladas são um complemento ao talento de nossa autora Nazarethe Fonseca. Um livro que foge do estereótipo de um exemplar comum de vampiros que lemos por aí. Livro viciante que recomendo a todos!


8 comentários:

  1. o livro parece ter bastante pesquisa histórica e isso muito me agrada, apesar do título não ser dos mais estimulante para mim, parece ser legal
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thaila esse é um livro que recomendo de olhos fechados. Trabalho primoroso de pesquisa, criatividade e história bem escrita.

      Excluir
  2. Adorei a resenha Nádya. Você soube como ninguém destacar os pontos altos do livro e sem revelar spoilers. Suas resenhas cada vez melhores, obrigada.

    ResponderExcluir
  3. Nazarethe sua linda! Muito obrigada! Fico muito feliz em saber que agradei! Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Adorei! Como sou apaixonada pela historia do Brasil, deu até vontade de ler!

    ResponderExcluir
  7. Pois leia Amanda Vieira, você vai adorar!

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.