Menu

25.11.15

Ardente ⁄ Em chamas - Sylvia Day

Ardente Em chamas
Capa comum: 216 páginas
Autora: Sylvia Day
Editora: Companhia das Letras (7 de abril de 2015)
Idioma: Português

Sinopse:


Nunca misture trabalho com prazer. Nunca fale de política dentro do quarto. De certa forma, no momento em que me tornei amante de Jackson Rutledge, fiz exatamente essas duas coisas. E não posso dizer que foi por falta de aviso. 
Dois anos depois, ele voltou. Mas eu não era mais a garotinha que ele havia conhecido, ao passo que ele não mudara nada. Ao contrário da última vez em que nos esbarramos, eu sabia exatamente com quem estava lidando… e quão viciante seu toque poderia ser. Só que desta vez eu conhecia as regras do jogo. No ambiente competitivo e impiedoso do mundo dos negócios, há uma regra que vale para todo mundo: mantenha seus inimigos por perto, e seus ex-amantes mais perto ainda…





Uma leitura rápida e fluída – era tudo que eu precisava para um fim de tarde e Ardente Em chamas foi com certeza uma excelente opção. A escrita da aclamada diva Sylvia Day é de fato contaminante, você tenta parar de ler, porém simplesmente não consegue, além de ser muito erótica e fascinante. Assim, mais uma vez a danada conseguiu me tornar cativa e apaixonada por mais um herói maravilhosamente sedutor, lindo e gostosamente imperfeito.

A devastadora paixão e fagulhas corporais da proeminente atração entre Jax e Gia correram soltas página a fora e sinceramente eu queria que o livro de fim de tarde tivesse umas páginas a mais.


A história além do forte apelo sexual mostra que todos merecemos uma segunda chance mesmo que o término seja doloroso e inevitável. Que é sempre importante pararmos para expor nossos sentimentos e reavaliar os verdadeiros motivos que ás vezes nos transportam para longe de nossas vontades e desejos. Nossos protagonistas tinham se afastado há quase dois anos atrás, mas quando se reencontraram tudo reacendeu de forma escaldante como a paixão, a luxúria e claro, velhos ressentimentos.


Gia foi uma heroína maravilhosa, gostei bastante da personagem criada pela Sylvia Day. Dona de uma personalidade forte era uma mulher independente, que lutava pelo que queria e para Gia, não era uma opção suportar novamente o mesmo sofrimento a que Jax lhe impusera há tempos atrás, não importando seus palpáveis sentimentos e o clamor do seu corpo toda vez que o via.


Jax mais uma vez foi o sonho de qualquer mulher: viril, sedutor, lindo de morrer e quente como o inferno. Apesar do fato dele ter destruído o pobre coração de Gia torci muito para que ele pudesse ter a chance de reconquistá-la.


Embora o livro soe clichê, fiquei com gostinho de quero mais. Não é um livro para aqueles críticos chatos que ficam de plantão só esperando para alfinetar meus queridos livros hots, mas um livro para descontrair, suspirar e torcer por um final feliz!




5 comentários:

  1. nunca li nada da autora, mas gostei e muito dos seus comentários favoráveis a esse livro, tanto os personagens como na construção do enredo. Creio que merece uma espiadela
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Nadya. O gênero erótico é um dos que estão listados em minha lista de não-leitura, pois é um tipo textual que me desagrada muito e atrasa minha leitura. Entre os seus autores, a que menos gosto é justamente a Sylvia Day. Ardente | Em Chamas não me atraiu, exceto pela figura feminina do enredo por ser demonstrado como forte e independente. De resto, não gostei.
    Blog: Consumidor de Sonhos | consumidordesonhos.blogspot.com.br
    Instagram: Consumidor de Sonhos | CdS

    ResponderExcluir
  3. Eu não sou fã de leitura erótica, mas esse livro me deixou interessada. Acho que por retratarem a mulher como forte e independente (assim como o Ycaro falou). Gostei da história e da sua resenha! Vale a pena ler, então? Acho que sim, né? Haha
    Beijo!!!

    ResponderExcluir
  4. Olá, Nádya!

    Considerando que a Syvia tem como amiga e inspiração Nora Roberts, é de se esperar que mesmo que as suas tramas sejam clichês, elas também sejam bem escritas e com erotismo na dose certa, sem cair no vulgar.
    Só falta mesmo dar um jeito de não enrolar tanto com o Gideon e a Eva, pois aqui com a Gia e o Jax, ela provou que pode fazer isso sim.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  5. No meu caso...sou totalmente viciada em romances eróticos, não eróticos, água com açúcar.....tem romance to dentro...rsrsrs.....Já li livros desta autora e são simplesmente maravilhosos....mesmo tendo enrolado a história do Gideon e a Eva..... como superar Crossfire?? Ainda não li esse, mas já estou providenciando, pois deve ser mais uma trama envolvente.

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.