Menu

31.3.15

Cure meu Coração - Melissa Walker

 

1

Edição: 1
Editora: Farol Literário
Ano de lançamento: 2015
Páginas: 272
Autora: Melissa Walker

A expectativa de Clem para as férias que passaria velejando em alto-mar com os pais e a irmã caçula era de um verão no exílio. Em crise consigo mesma, ela embarca no veleiro “Tudo é possível” sem saber, que na verdade, o que a espera é uma viagem de descobertas sobre a amizade, o amor e o perdão. Seja bem-vindo a bordo.

                              

 

***

Quando seu coração é magoado, você tende a se fechar. Mas, e quando você acaba por magoar sua melhor amiga no mundo e se sente magoado por ter feito isso?

A adolescência é uma fase complicada, com muitos pensamentos e sentimentos confusos. Onde cada mínimo detalhe influencia em seu humor e atitude.

Clementina não foge a regra. Ela é a típica adolescente de 16 anos com suas dúvidas e anseios. Acaba de sofrer uma dor no coração: perdeu a amizade de sua melhor amiga-alma gêmea, Amanda. Clem fez algo terrível com Amanda e ela acredita que não mereça seu perdão. Porém, isso não quer dizer que Clem não queira voltar às boas com ela.

image

Depois de um ano escolar difícil para Clem, seus pais decidem fazer uma viagem de verão no veleiro da família, o “Tudo é Possível”. Quem sabe 3 meses longe não farão Clem melhorar? Adorei os pais de Clem, eles são carinhos e compreensivos. Dando o tempo que ela precisa para descarregar sua raiva e frustação, e esperar ela se sentir a vontade para finalmente compartilhar suas emoções com eles.

“Primeiro no ombro da minha mãe, depois na manga da camisa do meu pai, quando ele se estica para passar um guardanapo.” Página 153.

E ainda tem irmã de Clem, Oliver. Que criança mais fofa! Oliver tem 10 anos, mas aparenta ser mais velha. Ela tem uma sensibilidade apurada. Ela sabe que a irmã está triste por algo e tenta fazer de alguma forma com que ela volte a sorrir.

“Abro os olhos e vejo minha irmã, que aguarda solene.

- O quê?

- Estou feliz por você ter parado de chorar.” Página 14.

Durante a viagem, Clem conhece o simpático casal de idosos, Ruth e George. Além do James, um rapaz excessivamente feliz. Os dois acabam se conhecendo em um momento doloroso: eles acabam se esbarrando no armazém. Um momento que envolve banana e assassinato em dose dupla. (brincadeira). James está sempre com um sorriso no rosto, como se nada no mundo pudesse abalá-lo.

“Também é muito alto e tem um sorriso que engole seu rosto.” Página 27.

Ele e o pai também estavam viajando pela mesma rota que Clem e a família, assim os dois acabaram por se aproximar e conhecer as verdades da vida juntos.

“- Tá muito bom. Mas você vai dar isso pra mim?

- Pra você se lembrar do que é real.” Página 164.

O livro é contado em duas fases: presente e passado. Clem nos conta como conheceu Amanda e vai até a situação desagradável de como perdeu a amizade dela. A autora foi muito sensível em nos falar da perda de confiança, traição e perdão. Principalmente o perdão. Às vezes é mais difícil se perdoar do que perdoar o outro.

image

Ninguém pode ser sempre feliz, sempre triste, sempre raivoso. Na vida não existe um “sempre”. As divergências ocorrem e cabe a nós reagirmos a elas. Superar ou sucumbir. O que nos torna forte é o modo como desejamos superar os momentos difíceis para encontrar a verdadeira felicidade.

Acredito que esse livro é uma boa pedida para quem está na fase da adolescência. Porém, é recomendado para todos os leitores. Vocês vão querer dar colo e, ao mesmo tempo, querer dar uns cascudos em Clem. ;D

0

 

Crislane Barbosa
http://www.skoob.com.br/usuario/368409


29.3.15

Starters - Lissa Price



Capa comum: 368 páginas
Editora: Novo Conceito (27 de julho de 2012)
Autora: Lissa Price
Idioma: Português


Sinopse:

Callie perdeu os pais quando as guerras de Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes que os matariam por uma bolacha.
A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar perturbado em Beverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como o Old Man. Ele aluga adolescentes para alugar seus corpos aos Terminais — idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudará a sobreviver concorda em ser uma doadora. Mas o neurochip que colocam em Callie está com defeito e ela acorda na vida de sua locadora, morando em uma mansão, dirigindo seus carros e saindo com o neto de um senador.
Parece quase um conto de fadas, até Callie descobrir que sua locatária pretende fazer mais do que se divertir — e que os planos de Prime Destinations são tão diabólicos que Callie nunca podia ter imaginado.
Starters é uma distopia, e reconheço estava aborrecida de tantas sociedades imaginárias que se conservam na mesma proposição de serem controladas por um Estado opressivo, onde a sociedade vive em circunstâncias de extrema dominação e em condições de vida inaceitáveis aos cidadãos. Starters de Lissa Price Starters é uma notável exceção. O seu texto surge com uma premissa insólito, carregado de terror psicológico.
Starters narra à vida de Callie Woodland, uma adolescente de 16 anos que busca descobrir uma forma de manter-se junto do seu irmão mais novo de sete anos Tyler. Eles sofrem a perda de seus pais para uma guerra biológica, qu se propagou por todo o planeta, aniquilando qualquer pessoa que não tivesse sido vacinada contra os esporos genocidas. Somente os líderes e políticos influentes foram vacinados, além de unicamente os menores de 18 anos. As pessoas entre 20 e 60 anos não sobreviveram. Um genocídio tinha acontecido. Acaba surgindo assim duas classes distintas, os Enders que são em sua generalidade ricose velhos que possuem mais de cem anos, e as crianças e adolescentes que sobraram, os Starters que são divididos em várias dinastias, os que ainda possuem família ou que foram adotados; os queforam submetidos a residirem na Instituição 37, uma espécie de abrigo onde são marginalizados e maltratados; os “camaradas” que vivem em prédios abandonados e conseguem sobreviver graças a coleta de restos que encontram e os “renegados” que vivem nas ruas e se mantem vivos através de roubos tanto a ricos quanto aos camaradas. Callie, seu irmão Tyler e o seu melhor amigo Michael são órfãos e vivem fugindo dos inspetores para não serem obrigados a viver na Instituição 37.
Callie está desesperada por comida e remédios, seu irmão Tyler que está seriamente doente. Callie precisa a todo custo oferecer uma lar decente e remédios a seu irmão. Em seu desespero ela decide conhecer a Prime Destinations, uma empresa gerenciada por um homem intitulado de o “Velho”, que transforma os jovens em seres fortes, lindos e saudáveis, pessoas essas que terão seus corpos arrendados por Enders da mais alta sociedade. Callie começa a vislumbrar uma chance de afinal ter uma vida adequada ao tratamento que seu irmão necessita, instigada pelo dinheiro que vai receber ela aluga seu corpo, antes passando por uma transformação total, com plásticas que a transformam numa mulher sem defeitos.
O seu corpo é alugado por duas vezes e na terceira vez o chip implantado na cabeça de Callie gera uma falha de transferência e ela acorda em um lugar estranho em seu próprio corpo, com a voz de sua locatária, Helena, em sua cabeça que implora que ela não volte a Prime para consertar, pois seria extremamente perigoso. Com medo do que possa acontecer e sem saber em quem realmente confiar ela prossegue com a farsa, Callie ainda é a inquilina de Helena.
Enquanto Callie tenta descobrir todos os enigmas que giram em torno da Prime Destinations, ela busca proteger a todo custo seu irmão e amigos. Ao compasso do desenrolar da narrativa descobrimos que a Prime Destinations possui projetos mais extensos e intricados do que meramente locar corpos para os Enders.
Posso afirmar que Callie é uma protagonista unidimensional, ela é atraente, brilhante, grandiosa e disposta a sacrificar-se por seu irmão, independentemente das implicações que isso possa causar.
Como em todas as distopias um triângulo amoroso surge no meio de todo o suspense e horror. Foi satisfatório o modo como à autora manipulou o tema do romance, tornando-o jovial e bem leve. Estou até o momento tentando me decidir pelo lindo, rico e romântico, mas igualmente misterioso Blake, o neto de um candidato a senador, ou por Michael, seu melhor amigo.
Adorei a diagramação do livro e a capa eu acho particularmente assustadora. O livro em si desponta para uma leitura rápida, cheia de voltas e reviravoltas que avançam até o fim. Mas devo alertar que a autora deixa muita ponta solta que somente ira ser desvendado no segundo e último livro da série, Enders.
 
 







27.3.15

O Circo Mecânico Tresaulti - Genevieve Valentine


Edição: 1
Editora: DarkSide® Books
Ano: 2013
Páginas: 320
Tradutor: Danton Caldas
Autor: Genevieve Valentine
Sinopse: Em pleno cenário pós-apocalíptico, O Circo Mecânico Tresaulti ergue sua lona e dá início ao grande espetáculo. Ambientado sobre a perigosa superfície de um mundo devastado, cheio de bombas e radiação remanescentes de uma guerra pela qual todos já saíram derrotados, este belo romance nos apresenta uma caravana circense em eterna viagem através de muitas cidades sem país, região ou rota definida. Lugares que podem não mais existir quando o circo retornar. Aqueles que se juntam ao circo procuram segurança, trabalho sem risco de vida ou apenas uma nova forma de recomeçar. E seguir adiante, apesar de tudo.
 
 
E nhaeeeeee pessoas?!
 
Tá uma chuva desgraçada aqui na minha cidade, então só me resta sentar no pc e adiantar as resenhas... Sorte do´cês e azar da minha vontade de ir à praia. ¬¬
Bom, para dar inicio a conversa, acho q devo primeiramente avisar que li o livro há já algum tempo, então minha memória sobre alguns detalhes referentes a historia pode estar um pouco enferrujada (idade chegando é osso). Massssssss... Vou fazer o meu melhor para puxar pela memória e tentar explicar para vocês um pouco mais sobre esse livro encantador e incrivelmente bizarro que me surpreendeu imensamente na época em que tive o prazer de lê-lo. Então, respeitável publico... Tenham em mão seus ingressos, sentem em seus lugares e venham conhecer: “O Circo Mecânico Tresaulti”!
Todos que me conhecem sabem que adoro um bom livro de futuro pós-apocalíptico... Então foi mais que natural de minha pessoa, ser atraída por essa belezinha aqui tal qual uma mariposa para a luz. O livro trata de um futuro pós-guerra, onde a terra esta devastada e a vida é difícil para os poucos sobreviventes que fazem o seu melhor para seguirem suas vidas destroçadas com alguma normalidade. Em meio a esse cenário deveras agradável é que surge o “Circo Mecânico Tresaulti” e sua coleção de integrantes peculiares que viajam de cidade em cidade demonstrando suas habilidades e seus corpos, parte humanos e parte mecânicos, sob o comando de “Boss”, a dama do picadeiro e dona do circo.

Por meio de uma prosa poética e às vezes bastante sombria, Genevieve nos leva a amar, odiar e a torcer por seus personagens ao decorrer do livro. Acompanhar suas tristes historias e conhecer as circunstancias que levaram cada personagem á integrar o circo, prende o leitor ate a ultima linha de cada capitulo.
Com uma edição caprichada da editora DarkSide, o livro vem repleto de belas ilustrações para o deleite dos olhos do leitor, o que ajuda a dar mais vida e a não deixar só a cargo da imaginação os incríveis personagens dessa historia. Vale a pena ressaltar também, que o livro vem com um pequeno mimo... Ele vem com um “ingresso” lindamente decorado para o circo mecânico. Isso é AMOR... Tipo, MUITOOOOOOOO AMOR MEU POVO! *-*
 
Ingresso
Espero ter conseguido deixar vocês intrigados a dar uma passada nesse mundo pós-apocalíptico steampunk que abriga o circo mecânico. Compre seu ingresso na bilheteria e adentre a lona, garanto que será um show que você jamais esquecerá. ;)
***




Escrito por Mary Zombie, colaboradora do blog. http://www.skoob.com.br/usuario/45011

25.3.15

Tensão - Gail McHugh


Capa comum: 336 páginas
Editora: Arqueiro
Autora: Gail McHugh
Idioma: Português
Sinopse:
Após a morte da mãe, a vida de Emily Cooper vira de cabeça para baixo. Ela precisa de um novo começo, e Dillon Parker, seu namorado, a convence a se mudar para mais perto dele a fim de passarem mais tempo juntos.
Em Nova York, Emily arranja um emprego temporário como garçonete em um restaurante no centro de Manhattan. Ao sair para fazer uma entrega logo no primeiro dia de trabalho, ela esbarra em Gavin Blake, um empresário sexy e bem-sucedido. Assim que seus olhares se encontram, há uma tensão no ar, mas nenhum dos dois consegue entender ou explicar essa forte conexão. Atormentada, Emily tenta não pensar muito naquele desconhecido que mexeu tanto com ela. Porém, ela descobre que Dillon e Gavin são amigos e que terá de conviver com ele muito mais do que poderia ter imaginado. Perdida em sentimentos confusos, Emily sente o desejo por Gavin crescer e se tornar mais ardente a cada vez que se encontram. Será que os dois vão resistir à tensão ou se entregar a essa paixão, apesar de todas as consequências?


Gail McHugh concebeu um romance que fala sobre amor, sexo, um triângulo amoroso, tristeza e abuso, isso só para apontar alguns dos assuntos que vamos encontrar nessa história pra lá de “caliente”.

Eu queria mais informações da história da vida da protagonista Emily e saber o que realmente motiva nossa mocinha de permitir que seu atual namorado Dillon fosse tão repulsivo e abusasse mentalmente de forma tão descarada. Entendi que sua mãe faleceu de câncer e o mesmo estava aparentemente sendo atencioso e a apoiando nos momentos difíceis e tal, más vezes eu tinha uma ânsia de entrar no livro e quebrar o nariz daquele egocêntrico, valentão e egoísta que era seu namorado Dillon. Acredito que fazia parte da construção do personagem e o crescimento pessoal da mesma, pois aguentar aquele homem só sendo santa.

Com a morte da mãe, Emily se muda para Nova York para dar início a uma nova vida e também ficar mais próxima de Dillon e logo que chega a cidade ela conhece Gavin Blake, um homem lindo, rico, sedutor, charmoso como o inferno... (momento de suspiro profundo) e a atração entre os dois é palpável, mesmo que o primeiro encontro entre eles seja fugaz é o suficiente para que Emily se sinta atraída. Eles se encontram novamente e fica cada vez mais difícil para nossa protagonista resistir ao Sr. "Alto, moreno e bonito", mas tudo se complica quando eles descobrem que eles têm uma pessoa em comum... Dillon. Gavin e Dillon são amigos e estão apaixonados pela mesma mulher!

Eu não sou muito chegada a triângulos amorosos, mas sinceramente não consegui ficar imune e amei a química entre Emily e Gavin. Ele é quente, realmente muito quente e cheguei a queimar a pontinha dos meus dedos quando folheava a página desse livro e lia os momentos tórridos dos dois. O primeiro beijo deles foi descrito com tanta precisão que tenho certeza até agora que foi eu quem deu aquele beijo no lindão do Gavin.... Se eu me apaixonei por ele? Digamos que liguei para o Cristian Grey, - Sim o do Cinquenta Tons de Cinza - e pedi um tempo... kkkkk.

Em suma, o vai e vem entre Emily e Gavin me deixou integralmente sem fôlego. Também adorei os demais personagens, sua melhor amiga Olivia é divertida e verdadeira.
"Nunca me senti tão machucado e tão apaixonado ao mesmo tempo. Se você tivesse me dito que o dia em que nos conhecemos iria quebrar meu coração — e que se passariam dias, meses, ou até mesmo anos onde eu me sentiria tão machucado como agora — isso não me impediria de me apaixonar por você."
E digo mais moçada, este é um romance de estréia fantástico e vai deixar você querendo mais e pelo que sei tem continuação, o segundo livro chama-se Pulsação! A capa nem preciso dizer que é sexy, a diagramação do livro é ótima, folhas amareladas e fonte excelente para ler. Recomendo demais a leitura.

23.3.15

Infinity Drake - John Mcnally

Capa dura: 480 páginas
Editora: Novo Conceito
Selo: #Irado
Autor: John Mcnally
Idioma: Português

Sinopse:
Se você acha que as vespas são desagradáveis, espere até conhecer a Scarlatti. Ela é um inseto geneticamente modificado que tem um único objetivo: exterminar! Uma equipe pequenina... talvez possa combatê-la. É a nossa esperança!O problema é que a Scarlatti é muito mais poderosa que o exército designado para combatê-la. Além disso, o vilão maquiavélico que a criou não está disposto a desistir tão fácil. Finn e seus companheiros precisam ser rápidos: em pouco tempo a humanidade poderá ser extinta.
 


Infnity Drake ou Finn deveria estar na escola, mas ele vai passar alguns dias com o seu tio e juntos eles irão acampar, pois sua avó foi para um cruzeiro de tricô, deixando o jovem Finn aos cuidados do seu divertido tio Al.
Na realidade seu tio é um cientista conceituado chamado Doutor Allbeny, que trabalha para diferentes governos mundiais. Al e Finn são sequestrados pelo serviço secreto do governo britânico que precisam da colaboração do seu tio para frustrar os planos do grande vilão e cientista Doutor Cooper – Hastings de aniquilar com o mundo. Ele libertou uma bio arma mortal - a vespa Scarlatti – um inseto geneticamente alterado que é suficientemente habilitada em acabar com meio mundo com um vírus mortal.
Al tem uma grande ideia, encolher uma equipe qualificada completa com a sua invenção que é capaz de reduzir coisas ou pessoas, ou seja, com essa equipe reduzida em tamanho mínimo todos seriam capazes de acompanhar a uma outra vespa Scarlatti, que será descongelada após 30 longos anos. Nela será implantado um rastreador que será assim capaz de encontrar a vespa mortal que foi solta. O plano parece brilhante né? Só que Finn acaba sendo encolhido junto com os demais e deste modo se vê compelido a fazer parte de um emaranhado infinito de confusões e perigos.
Humor, ação, aventura, adrenalina, ciências, matemática, muita ficção e alta tecnologia é o que você irá se deparar nesse livro tornando a leitura deveras consistente e engenhosa. Os diálogos são inteligentes e originais. O que mais você poderia querer? A capa do livro é dura e fabulosamente ilustrada, a diagramação é perfeita com páginas amarelas e bem grossas o que em minha opinião dá uma nova expressão a história.


21.3.15

Eu E Você - Ali Cronin


Eu e Você – Garota <3 Garoto #6 – Ali Cronin

Sinopse:

Um ano se passou desde esse início de Garota Ama Garoto, e Sarah está mais madura e experiente. Disposta a superar o passado, ela voltou a namorar seu melhor amigo, Ollie. Porém, por mais que o relacionamento pareça ótimo, Sarah está atordoada, cheia de dilemas e questionamentos. Depois que seu pai perde o emprego, Sarah tem de abrir mão das últimas férias de verão antes do começo da faculdade, para ajudar com as despesas da família. Enquanto lida com as mudanças em casa, a expectativa pelas notas finais e a impossibilidade financeira de ir para a Grécia com os amigos, Sarah torna-se próxima de Jackson, seu colega do trabalho na livraria. Os dois descobrem que têm muito em comum, e essa amizade confunde ainda mais a garota. Afinal, será Ollie realmente o amor da vida dela? E como ficarão as coisas quando os dois forem para a faculdade? Sarah precisa descobrir um jeito de lidar com todas as inseguranças, sem esquecer dos seus amigos do coração.

***

No sexto livro da Série Garota Ama Garoto, se conta a estória de Sarah e seus amigos e amores.
Todos esperando estressadamente o resultado das provas finais, que lhes garantirá a entrada ou não na faculdade. É uma turma grande de amigos bem animados e levados.Cada um deles têm vida própria com problemas e frustrações resolvíveis ou não, fazendo o livro ter uma vivacidade surpreendente. Rola camaradagem, amizade, parceria, dentro de um humor contagiante. E os pais aceitam numa boa, as transas tanto dos filhos como das filhas, em suas próprias casas. Realmente incrível rs!

Tem muitos casais coadjuvantes, mas tudo gira mesmo em torno do casal Ollie e Sarah. Eles se conhecem desde sempre, até que se descobrem homem e mulher. Mas dada a imaturidade, Ollie dá uma “dispensada” em Sarah, que se desequilibra emocionalmente.
Mas não há muita repercussão, porque as amigas se garantem umas às outras. É maravilhoso o dialogo entre elas.
Ollie cai em si, viu a burrada que fez e eles voltam. Sarah aceita, mas com um pé atrás na relação. E a vida apronta mais uma com ela.
A vida tira o tapete e a orbita da família dela, quando seu pai depois de tantos anos no mesmo emprego é mandado embora. Aí é só infortúnio.

Além de ter o relacionamento meio confuso com Ollie, ela precisa se virar para arranjar um emprego e ajudar em casa, e pagar sua faculdade.
Depois de muito procurar um emprego, Sarah consegue se empregar numa livraria. Ela se sente muito bem no ambiente de trabalho, adora a dona e pra completar ainda tem seu amigo de trabalho Jackson, um garoto lindo e uma mala chamada Abby.
Pode se imaginar que coisa boa não vem por aí né?
A conexão entre Jackson e Sarah é muito forte, chegando mesmo a balançar a “estabilidade” entre ela e seu namorado Ollie.
E aí como vai ser? Quem levará a melhor nesse triangulo amoroso? Só lendo pra descobrir.

Desde o primeiro livro que li da autora Ali Cronin foi uma surpresa muito agradável.
Ela soube prender minha atenção do começo ao fim e me fez torcer e vibrar com cada conquista de Sarah e de seus amigos (Ollie, Cass, Jack, Rich, Ashley e Donna).
Sempre gostei muito de historias contadas sobre amigos desde criança, que acabam se envolvendo e criando muita confusão.
A autora sabe envolver o leitor com as indecisões e sentimento conturbados dos personagens. É isso que mais gosto nessa série: conhecemos um pouco de cada um dos amigos de Sarah e seus conflitos e desejos.
É realmente uma série que eu recomendo.

Título: Eu e Você – Garota <3 Garoto #6
Autor (a): Ali Cronin
Editora: Seguinte
Número de Páginas: 336


20.3.15

Sorteio Trio de Páscoa

 
sorteiotriopascoa 4
A Páscoa está chegando e junto com ela mais um super sorteio que une os blogs As Meninas que Leem Livros, Sonho de Reflexão e Sempre Romântica. Dessa vez cada blog irá disponibilizar um livro e mais um brinde surpresa, que o ganhador só irá descobrir o que é quando receber seu pacote em casa. Então serão TRÊS livros e TRÊS brindes surpresa, para apenas UM ganhador.
                                                                                 
Quer participar?! Tá esperando o quê?! Leia as regras abaixo e concorra a esse prêmio delícia!
Livro prêmio do blog Sempre Romântica:
O Melhor de Mim - Nicholas Sparks + Brinde surpresa.
Livro prêmio do blog Sonho de Reflexão:
Pecaminoso - Gisele Souza + Brinde surpresa.

Livro prêmio do blog As meninas que leem livros:
Dezenove Minutos - Jodi Picoult + Brinde surpresa.
Para participar é fácil basta:
  • Residir no Brasil.
  • Preencher o formulário abaixo corretamente.
ATENÇÃO: É obrigatório seguir os TRÊS perfis dos blogs participantes no Facebook, após preencher estes primeiros itens no Rafflecopter, ele libera as demais alternativas para você. Espere a caixinha do formulário aparecer abaixo e efetue seu login no Facebook.

a Rafflecopter giveaway
                                            
ATENÇÃO:
- O concurso é recreativo, não estando vinculado a marcas, compras e vendas de serviços.
- O sorteio é válido até 05/04/2015.
- O resultado será divulgado nos blogs participantes na semana seguinte ao término do sorteio, e também nas redes sociais.
- O contato será feito pelo ganhador por e-mail.
- Se o sorteado não tiver seguido as regras obrigatórias corretamente ou não entrar em contato dentro de três dias após o recebimento do e-mail, o sorteio será anulado, cabendo aos blogs a decisão de um novo resultado.
- As despesas de envio são por conta e responsabilidade dos blogs participantes, que tem o prazo de até 45 dias para enviá-los após o resultado do sorteio.
- Os blogs não se responsabilizam por desvios, extravios e/ou danos causados pelos correios.
- Regras sujeitas a alterações sem aviso prévio!

19.3.15

Manson - Jeff Guinn


Edição: 1
Editora: DarkSide Books
ISBN: 9788566636314
Ano: 2014
Páginas: 520
Autor: Jeff Guinn
Sinopse: Manson não é simplesmente uma biografia de um assassino e um líder de culto. É uma história da cultura norte-americana da Grande Depressão ao final do século XX. Um estudo fascinante da ambição, avareza, mesquinharia, controle da mente, celebrifilia (um desejo intenso e patológico para se relacionar com uma celebridade), sexo, narcóticos, racismo e abuso de poder. É a história dos ex-presidentes Richard Nixon e Lyndon Johnson, de Martin Luther King, do Vietnã, do movimento ativista estudantil da nova esquerda Students for a Democratic Society, dos Panteras Negras, da cultura lisérgica e de uma nação em processo de degradação.

E ai organismo?! BAUMCUMEQUETÁ?! o/

Todo mundo sentadinho e escutando a tia, que hoje o babado é sério... O livro que trago para vocês hoje aborda assuntos muito sérios como: Assassinato, racismo, drogas, detalhes de cenas de crimes, sexo, violência e linguagem vulgar. Então se você não tem estomago para algum desses assuntos, sugiro que vá comer o seu leite com pêra e ler o seu gibi da Mônica, porque essa aqui definitivamente, não será a sua praia.
                                                                
“Manson”, do escritor Jeff Guinn, trata da vida do infame assassino, hippie, aspirante a cantor e líder de culto, Charles Manson... Que no final dos anos 60 liderou um grupo de jovens a cometer uma série de roubos, invasões e posteriormente, assassinatos grotescos. Assassinatos esses, que teriam a atriz Sharon Tate, esposa do renomado diretor de cinema Roman Polanski, como uma de suas vitimas mais notórias.
Charles Manson
A biografia trata de toda a vida de Charles (ou Charlie, como era chamado por seus seguidores) de maneira detalhada, antes e depois dos assassinatos... Visitamos sua infância conturbada, adolescência em reformatórios, suas diversas passagens pela cadeia durante a idade adulta, para então chegar aos fatídicos eventos que deixariam sua marca na geração paz e amor para sempre. No decorrer do livro, nos familiarizamos também com os diversos jovens que se juntaram a Charlie e aos quais ele chamava de “A Família” (nome dado por Charlie para seu grupo de seguidores). “Família” essa que faria de tudo por Charlie e na qual ele incutiria suas crenças e valores distorcidos sobre o fim do mundo, os Beatles e o que é certo e errado.
Sharon Tate


O livro é muito bem escrito e por mais que seja grosso, a leitura simplesmente flui ao longo de suas mais de 500 paginas. A maneira com a qual o autor contextualizou os fatos do livro com os acontecimentos sociais da época (como revoltas raciais e etc.), entrevistas e fotos, só torna o livro ainda mais rico e prazeroso de se ler.
                                                           
Destaque sempre merecido para o trabalho de edição primoroso da editora DarkSide, que mais uma vez nos brinda com um lindo exemplar, digno de ser colocado em destaque na estante. A edição é em capa dura e conta com varias fotos em seu interior. Resumo da opera: o NEGOCIO É BOM! 
Observação randomicamente aleatória do dia: O cantor Marilyn Manson, tirou seu nome artístico da junção dos nomes de duas figuras da cultura pop americana, notórias por razões distintas... Marilyn vem da diva “Marilyn Monroe” (atriz e musa da beleza) e Manson vem do assassino (assunto dessa resenha) Charles Manson. 


Então por hoje é só pessoas...  Ate uma próxima resenha e tenham sonhos terríveis.
***




Escrito por Mary Zombie, colaboradora do blog. http://www.skoob.com.br/usuario/45011

17.3.15

Eleanor & Park - Rainbow Rowell

Segurar a mão de Eleanor era como segurar uma borboleta. Ou um coração a bater. Como segurar algo completo, e completamente vivo.



Autora: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.
                                                                                                   
Sabe quando você termina de ler um livro e simplesmente não sabe o que fazer com ele? Quando tudo foi tão lindo e perfeito que não tem sobre o que escrever, pois nada do que disser irá fazer jus aquele amigo que te contou uma história maravilhosa? Esse é um desses livros, que você vai lendo e vendo que, apesar de tudo, de toda a tristeza que cerca sua vida, de todos os motivos que tem para dar errado, as coisas acabam certas? Você ainda consegue sorrir depois que o final chegou... E quer manter tudo o que sentiu só para você. Guardadinho dentro de sua mente, para revisitar sempre que precisar.

Eleanor é uma garota doce. Não sei muito bem como descrevê-la, é uma protagonista encantadora, adolescente que já passou por grandes agruras na vida. Agruras que ninguém da idade dela, ninguém da idade de seus irmãos - ela é a filha mais velha - deve passar. E no final, ela é Han Solo. Park, um garoto que tem agruras diferentes, um adolescente que passa por confusão em sua puberdade, mal compreendido pelo pai e usado como modelo feminino pela mãe em sua infância, termina como a princesa Lea: Salva o mundo e o governa.

Você vai lendo e tentando se imaginar na vida de Eleanor, uma garota gordinha - ou pelo menos mais encorpada que as "tops" da escola - ruiva - já viram o tamanho do preconceito contra ruivos nos EUA? -, e que se veste engraçado... Tipo, é o trio de coisas que faz da sua vida um inferno na escola. E para adolescentes, já sabem como é. O grupo é que manda. E, dependendo da grande bagunça que você é, até aqueles que andam com você levam a mesma fama. Park tinha medo dessa fama e, por isso, começaram a se aproximar devagar. Pequenas gentilezas, olhares, leituras no ônibus, música dividida... A descoberta de um novo mundo.

A certeza de que terá alguém ali para te salvar, mesmo com toda a porcaria que te cerca. Acredito que eles salvam um ao outro, em um momento em que ambos estavam afundando.
Assim foi o primeiro amor de Eleanor & Park. Como um livro que você abre e começa lendo devagar, vai sentindo onde está pisando... Começa a se viciar nas palavras, sempre querendo um pouco mais. Aí você passa do meio, sabe que o livro está acabando, que tudo vai ficar desastroso lá. Mas ainda assim, não quer parar. Quer continuar, como um viciado. Sabe das consequências... Mas você precisa chegar lá. E o final chega, tudo está perdido. A esperança te sufoca. Mas no final, sempre sobram algumas palavras para que você possa se agarrar.

E você tem certeza que terá uma bela de uma ressaca quando a última página se fechar e você acordar pela manhã.



*Pensamento da madrugada: Eleanor é uam Weasley!!!
Aqui encontram uma boa Soundtrack que segue com as músicas do livro, sintam-se à vontade para apreciar!



16.3.15

Em Breve: Lançamentos DarKSide - Golem e o Gênio/Onde Cantam os Pássaros

                                                             
Olá mais uma vez organismos! Hoje vamos falar de coisa boa (e não é da iogurteira top therm e nem da câmera tekpix) ... Estou de volta para apresentar para vocês as novidades quentíssimas da minha editora favorita, a editora DarkSide.                
                  
Como eu sei q vocês também “apostam no escuro”, venham todos com a tia Mary Zombie q o babado promete. 



Ficha Técnica
Título | Golem e o Gênio
Autor | Helene Wecker
Tradutor | Cláudia Guimarães
Editora | DarkSide®
Edição | 1ª
Idioma | Português
Especificações | 460 páginas,
capa dura
Dimensões | 16 x 23 cm
Lançamento | Abril de 2015

                                                              
                                                  
Os confrontos e as barreiras vividas por duas culturas tão próximas, ainda que aparentemente opostas. Em Golem e o Gênio, premiado romance fantástico que a DarkSide® Books traz ao Brasil em 2015, o leitor se transporta à Nova York da virada do século XX, em uma viagem fascinante através das culturas árabe e judaica. Seus guias serão poderosos seres mitológicos.
Chava é uma golem, criatura feita de barro, trazida à vida por um estranho rabino envolvido com os estudos alquímicos da Cabala. Ahmad é um gênio, ser feito de fogo, nascido no deserto sírio, preso em uma antiga garrafa de cobre por um beduíno, séculos atrás.
Atraídos pelo destino à parte mais pobre de uma Manhattan construída por imigrantes, Ahmad e Chava se tornam improváveis amigos e companheiros de alma, desafiando suas naturezas opostas. Até a noite em que um terrível incidente os separa. Mas uma poderosa ameaça vai reuni-los novamente, colocando em risco suas existências e obrigando-os a fazer uma escolha definitiva.
O romance de estreia de Helene Wecker reúne mitologia popular, ficção histórica e fábula mágica, entrelaçando as culturas árabe e judaica com uma narrativa inventiva e inesquecível, escrita de maneira primorosa.
Golem e o Gênio foi eleito uma das melhores fantasias históricas pelo Goodreads e ganhou o Prêmio da VCU Cabell de Melhor Romance de Estreia.

“Um passeio místico e profundamente original
pelas calçadas de Nova York.”
Booklist
“Wecker combina as mitologias judaica e árabe para criar
um romance mágico ambientado na Nova York de 1899 [...]
Conforme Chava e Ahmad se unem contra uma ameaça terrível,
a vizinhança em seu bairro, em Lower Manhattan,
começa a tratá-los de maneira intrigante.”
Library Journal
A autora
Helene Wecker cresceu em Libertyville, Illinois, uma pequena cidade ao norte de Chicago. Graduou-se em Inglês pela Carleton College, em Minnesota. Trabalhou com marketing e comunicação em Minneapolis e Seattle antes de se dedicar à ficção, sua primeira paixão. Em seguida, mudou-se para Nova York, onde cursou o mestrado em Ficção na Columbia University. Vive em São Francisco com o marido e a filha. Golem e o Gênio é o seu premiado romance de estreia. Saiba mais em helenewecker.com.



Ficha Técnica
Título | Onde Cantam os Pássaros
Autor | Evie Wild
Tradutor | Leandro Durazzo
Editora | DarkSide®
Edição | 1a
Idioma | Português
Especificações | 240 páginas, capa dura
Dimensões | 14 x 21 cm
Lançamento | Maio de 2015
                                                 
 
 
Onde Cantam os Pássaros vem conquistando prêmios literários tradicionais como o Barnes & Noble Discover Award, oferecido pela livraria aos novos autores de destaque, o britânico Jerwood Fiction Uncovered Prize e o mais importante prêmio australiano, Miles Franklin Award, resenhas encantadoras e inúmeros fãs por onde é lançado. Com tramas paralelas, passadas em épocas e hemisférios diferentes, o leitor vai montando um intrigante quebra-cabeça com o que lhe é fornecido por essa autora criativa e, ao mesmo tempo, rigorosamente precisa.
No premiado romance de Evie Wyld, a fazendeira Jake White leva uma vida simples numa ilha inglesa. Suas únicas companhias são rochedos, a chuva incessante, suas ovelhas e um cachorro, que atende pelo nome de Cão. Tendo escolhido a solidão por vontade própria, Jake precisa lidar com acontecimentos recentes que põem em dúvida o quanto ela realmente está sozinha – e o quanto estará segura. De tempos em tempos,uma de suas ovelhas aparece morta, o que pode ser muito bem obra das raposas que habitam a floresta próxima à sua fazenda. Ou de algo pior. Um menino perdido, um homem estranho, rumores sobre uma fera e fantasmas do seu próprio passado atormentam a vida de uma mulher que sonha com a redenção.
Aos poucos, vamos descobrindo mais sobre as suas habilidades em tosquiar e cuidar de ovelhas, aprendidas ainda quando jovem, em sua terra natal, na Austrália. E vamos aprendendo também o que aconteceu lá, que acabou por conduzir White à uma vida de reclusão e isolamento. E sobre as contradições e diferenças entre um passado (sempre narrado no tempo verbal presente) cheio de vida e calor, e o presente (narrado por sua vez no passado) repleto de lama, frio e um ritmo mais desacelerado, paira uma atmosfera absolutamente brutal.
Com uma prosa verdadeiramente excepcional, o estilo da autora reúne tanto clareza como substância e apresenta uma personagem inesquecível, enigmática, trágica, assombrada por um passado inescapável. Uma mulher forte, ainda que tão passível de falhas, erros e equívocos como todos nós. É uma história de solidão e sobrevivência, culpa, perda e o poder do perdão. Uma escrita visceral onde sentimos a presença de tudo, os odores, o vento, o tempo. Nada passa desapercebido.

“Uma de nossas romancistas mais talentosas da nova geração.”
The Observer 
A autora
Evie wyld é inglesa e, como sua personagem em Onde Cantam os Pássaros, viveu parte de sua vida na Austrália. É autora do premiado After the Fire, a Still Small Voice e integrou a edição da revista Granta com os melhores jovens escritores britânicos da década. Onde Cantam os Pássaros é o seu premiado segundo romance, o primeiro lançado no Brasil. Saiba mais em eviewyld.com.


Desnecessário comentar da  qualidade "quase psicopata" de todos os livros lançados pela editora DarkSide. Todos eles são tão lindos q da vontade de expor na mesa de centro da sala. hashtag: AMORDEFINE! *-*
 
Então por hoje é só pessoal, vão engordando os cofrinhos para adquirir essas belezuras... Ate a próxima e tenham sonhos terríveis.
 

 

Escrito por Mary Zombie, colaboradora do blog. http://www.skoob.com.br/usuario/45011