Menu

10.4.15

Por lugares Incríveis - Jennifer Niven

 

2

Edição: 1
Editora: Seguinte
Ano: 2015
Páginas: 336
Autora: Jennifer Niven

***

Imagine encontrar alguém que será fazer parte de sua vida, alguém importante, em um parapeito de um sino no colégio? No mínimo inusitado.

“Bem devagar, ela vira a cabeça na minha direção, e eu percebo que a conheço, que já a vi pelos corredores. Não resisto e pergunto:

- Vem sempre aqui? Porque esse lugar é como se fosse a minha casa, e não me lembro de ter visto você aqui.” Página 13

É assim que Violet e Fich se encontram. A popular e o esquisito. Uma combinação nada aceitável por aqueles que só pensam em status. Depois desse encontro inesperado, os dois acabam por fazer dupla para um trabalho de geografia: andar por Indiana, conhecer os lugares de seu estado.

image

O livro se alterna na visão de Violet e Fich. A gente acaba por conhecer as nuanças de cada um. Do por quê eles estavam no parapeito e que segredos cada um esconde. Violet é típica garota boa moça que todos adoram, que nunca faz nada de errado. Até que um dia uma tragédia a atinge. Ela se vê perdida em dor e angústia, e nada pode ajudá-la a tirar os sentimentos que tanto a afligem.

Fich é uma incógnita. Um belo ponto de interrogação bem grande. Em muitos momentos, mesmo lendo a própria versão dele, eu me sentia perdida. Ele sempre precisava estar inserido em um personagem, a cada momento ele precisava ter a segurança de quê não seria rotulado. Para ele as pessoas não precisavam ser resumidas a um único fator determinante. Fich é um rapaz complicado, realmente estranho. Até que você entende de onde tudo isso vem. Eu fiquei muito apaixonada por esse personagem, não de forma romântica, mas de forma maternal. Um personagem que merecia colo e carinho constante. Por vezes me peguei sorrindo. Fich é realmente um personagem incomum. Cheio de sacadas filosóficas. Ele sabe tudo e muito mais. Poesia faz parte da vida dele.  Alguns encontrados no livro:

“O amor é o grande manifesto; a urgência de ser, de ter alguma importância, e se a morte vier, morrer com valentia – em suma, permanecer na memória.” Poeta italiano Cesare Pavese.

“Meu amado barco

espatifou-se nas pedras da rotina.

Acertei as contas com a vida

e é inútil continuar contando

dores sofridas em mãos alheias.

As desgraças

e os insultos.

Sorte aos que ficam.”

Poeta da Revolução Russa Vladimir Maiakóvski.

Fich ficará em um lugar especial em meu coração, um dos meus personagens favoritos com toda certeza.

Notaram que não tem sinopse do livro aqui no post? Não quis colocar. Para você que não leu a sinopse, recomendo que não leia. Eu, particularmente, não li a sinopse por inteira do skoob, então eu apenas sabia que o livro se tratava de perda e sofrimento. O livro foi uma grata surpresa para mim.

A história é intensa e sensível. O final irá despedaçar seu coração, assim como o meu foi despedaçado. Se você curte livros que falem da vida, da morte, do modo como às pessoas são e não como os outros querem que elas sejam, então esse livro é para você. Livro mais que recomendado.

[...] o mundo quebra a cada um deles e eles ficam mais fortes nos lugares quebrados. - Ernest Hemingway

***

Filme a caminho!!! :D

Já é certo que terá adaptação para o cinema. O livro nem tinha sido lançado e os direitos para o filme já tinham sido comprados. Já temos a atriz escolhida para interpretar Violet: Elle Fanning. Jennifer comentou que enquanto escrevia o livro, ela já imaginava Elle como Violet.

image

Agora falta escolher um Fich a altura. Eu acredito que o ator Keegan Allen possa fazer muito bem o personagem.

image

Espero gostar e me emocionar com filme. Que seja o filme mais próximo possível ao livro, que não tire sua essência. ;)

0

Crislane Barbosa

http://www.skoob.com.br/usuario/368409


8.4.15

Bruxa da Noite – Nora Roberts

 

Bruxa da Noite

 

Ano: 2015 / Páginas: 320
Idioma: português
Editora:
Arqueiro

Com pais indiferentes, Iona Sheehan cresceu ansiando por carinho e aceitação. Com a avó materna, descobriu onde encontrar as duas coisas: numa terra de florestas exuberantes, lagos deslumbrantes e lendas centenárias – a Irlanda.
Mais precisamente no Condado de Mayo, onde o sangue e a magia de seus ancestrais atravessam gerações – e onde seu destino a espera.Iona chega à Irlanda sem nada além das orientações da avó, um otimismo sem fim e um talento inato para lidar com cavalos. Perto do encantador castelo onde ficará hospedada por uma semana, encontra a casa de seus primos Branna e Connor O’Dwyer, que a recebem de braços abertos em sua vida e em seu lar. Quando arruma emprego nos estábulos locais, Iona conhece o dono do lugar, Boyle McGrath. Uma mistura de caubói, pirata e cavaleiro tribal, ele reúne três de suas maiores fantasias num único pacote.
Iona logo percebe que ali pode construir seu lar e ter a vida que sempre quis, mesmo que isso implique se apaixonar perdidamente pelo chefe. Mas as coisas não são tão perfeitas quanto parecem. Um antigo demônio que há muitos séculos ronda a família de Iona precisa ser derrotado.
Agora parentes e amigos vão brigar uns com os outros – e uns pelos outros – para manter viva a chama da esperança e do amor.

Vocês estão cansados de saber que eu sou completa e totalmente fã dessa autora. Independente do que for lançado eu com certeza irei ler, só em ter o livro em mãos minha felicidade transborda. Eu nem esperei meu exemplar de Bruxa da Noite chegar, peguei emprestado de uma amiga que havia acabado de comprar, praticamente “furtei” o livro de seus braços. (Karlinha, muito obrigada) Assim que li a sinopse fiquei com a sensação que iria amar a leitura e amei mesmo, ultimamente tem sido difícil um livro fisgar minha atenção, mas em Bruxa da Noite eu precisava ser lembrada das coisas pendentes, pois minha vontade era ler e continuar lendo.

Somos levados para a Irlanda, país repleto de paisagens belíssimas e histórias de magia em cada canto. Iona decide aceitar seu legado e fazer do condado de Mayo seu lar, ela nunca se sentiu em casa antes, mas agora achou seu lugar.

Antes de eu continuar falando de Iona, preciso dizer que o prólogo do livro é emocionante, nele é contado a lenda da primeira Bruxa da Noite e como seu legado é passado para as gerações futuras, até chegar aos nossos personagens. Eu sou uma boba chorona, pois me derramei em lágrimas já nesse começo, mas gente, é impossível não lamentar certo fatos.

Não existem segredos no enredo, Iona sabe quem é, apesar de não saber usar sua magia, com a ajuda de seus primos ela irá aprender coisas incríveis e lutará contra “o maldito” que persegue as gerações de sua família. Eu adorei o fato de tudo ser esclarecido logo, sobrou páginas para ação que é extensa nesse volume. Eu vi algumas pessoas falando que faltou romance na história, gente, como assim? O romance é lindo! Iona e Boyle dão um show nos momentos de intimidade, Inclusive algumas lágrimas foram derramadas por causa de certa atitude nada legal do nosso mocinho. (Boyle, ainda assim te amo!)

Nora consegue fisgar o leitor, tanto que terminei a leitura desesperada pelo próximo livro. Espero que a Editora Arqueiro não demore muito a publicar. Já é possível saber quem são os futuros casais, estou ansiosa em acompanhar o desenrolar da relação de um certo casal  “complicado”.

Como eu disse agora a pouco, as paisagens Irlandesas são maravilhosas e uma coisa que Nora faz bem é descrever esse cenários. A vontade que senti de conhecer a Irlanda só aumentou. O condado de Mayo onde acontece a história realmente existe e muito do que foi descrito também. Vou colocar algumas fotos para vocês babarem tanto quanto eu.

ClareIsland_GettyImagesJohnLawrence460images368464Irlanda

Se apaixonaram? Se alguém quiser me levar num passeio, eu topo. Smiley de boca aberta

Capa americana.


7.4.15

[Resultado] Sorteio Trio de Páscoa

E hoje finalmente, o Sempre Romântica traz o resultado do Sorteio Trio de Páscoa, realizado em parceria com os blogs Sonho de Reflexão e As meninas que leem livros, que foi um grande sucesso. Agradecemos a todos que participaram e divulgaram a promoção!

E quem ganhou os TRÊS livros da promoção, através do sorteio realizado no sistema random.org, via Rafflecopter, foi:
Parabéns Douglas Fernandes, aguardamos seu contato por email para envio do seu prêmio.

  • As despesas de envio são por conta e responsabilidade dos blogs participantes, que têm o prazo de ATÉ 45 DIAS para enviá-los após o resultado do sorteio.
  • O vencedor deve entrar em contato pelo email: lenasem@uol.com.br com cópia para sonhodereflexao@uol.com.br e asmeninasqueleemlivros@gmail.com no prazo de três dias, a partir de hoje, com seus dados completos para entrega, caso contrário o sorteio será ANULADO cabendo ou não aos blogs a decisão de um novo resultado.
  • Os blogs não se responsabilizam por desvios, extravios e/ou danos causados pelos correios.
  • Após o envio dos prêmios serão repassados ao ganhador os números dos códigos de rastreio dos correios, encerrando aí a responsabilidade dos blogs.

6.4.15

1 Página de Cada Vez: Um diário Diferente - Adam J. Kurtz

"Pense em alguma coisa que deixa você inseguro e escreva o que é em letras enormes. Use o espaço todo! Olhe bem para o que você escreveu. Agora vire a página."


Título Original: 1 Page at a Time
Autor: Adam J. Kurtz
Editora: Paralela
Sinopse: No seu primeiro livro, o artista gráfico americano Adam J. Kurtz usa provocações divertidas como esta para fazer o leitor refletir sobre sua vida ao mesmo tempo em que testa a própria criatividade. Como o título diz, cada página traz uma brincadeira diferente. Pode ser uma pergunta, uma sugestão de desenho ou um pedido para que você crie uma lista de músicas para seu amor verdadeiro ou das melhores fatias de pizza que comeu na vida.
O autor também pede para o leitor colar objetos inusitados nas páginas do livro e compartilhar nas redes sociais algumas das anotações feitas nele. Uma maneira espirituosa e lúdica de buscar o autoconhecimento.

Não sei, esse livro me deixou meio frustrada. Sim, algumas coisas nele são legais, como criar sua playlist para momentos tristes, para seu amor e coisas assim. Outras, te pede para desenhar algo, escrever sobre algumas coisas de seu passado, como por exemplo: Descreva um aniversário da sua infância. Mas, no geral, ele te pede pra escrever a mesma palavra repetidas vezes, continuar a fazer asteriscos pela página toda, o que pode acabar tornando o livro bem tedioso. Escrever a palavra "Cuidado" repetidas vezes e depois picar a folha e soltar pelo vento. Qual a intenção disso? Não há um fundamento explicativo, como eu notei que existe no "Destrua esse diário", de Keri Smith. Algumas coisas ele copiou de lá, provavelmente.
Mas o que achei mais chato foram as diversas páginas em branco espalhadas pelo livro, ou coisas com a hashtag compartilhe. Pra mim, senti como se a cada página ele pedia para fazer propaganda do livro, sendo que na capa traseira ele diz: Largue seu celular e pegue um lápis! Achei irônico demais. Se a pessoa quiser dividir o que ela fez, ela vai dividir... Não precisa pedir propaganda!
Adquiri o livro pensando que seria tão legal quanto o Destrua, já que tecnicamente seguia a mesma linha, mas não conseguiu me prender tanto. Tem muitas coisas que não dá pra fazer de imediato, pois ele te dá tarefas como viajar, ir a parques, marcar uma saída à noite de presente. Nem todos gostam de balada, you know...
Assim, vale por algumas tarefas. Gostei bastante da que pede pra descrever como conheceu seu melhor amigo, fazer uma lista de 15 palavras que te descrevem... Mas ir marcando as horas conforme elas passam não me anima nem um pouco, é tedioso!
Ainda não fiz todas as atividades, são 365 delas. Às vezes pego ele pra brincar ou algo assim, mas não se tornou meu livro favorito, como o autor supõe em algumas atividades.
Sei lá, talvez eu só não seja uma das pessoas mais criativas do mundo pra conseguir gostar e fazer todas atividades do 1 Página.

5.4.15

Enders - Lissa Price





Capa comum: 288 páginas
Editora: Novo Conceito
Autora: Lissa Price
Idioma: Português

Sinopse
Depois que a Prime Destinations foi demolida, Callie pensou que teria paz para viver ao lado do irmão, Tyler, e do amigo, Michael. O banco de corpos foi destruído para sempre, e Callie nunca mais terá de alugar-se para os abomináveis Enders. No entanto, ela e Michael têm o chip implantado no cérebro e podem ser controlados. Além disso, o Velho ainda se comunica com Callie. O pesadelo não terminou.
Agora, Callie procura uma maneira de remover o chip – isso pode custar sua vida, mas vai silenciar a voz que fala em sua mente. Se continuar sob o domínio dos Enders, Callie estará constantemente sujeita a fazer o que não quer, inclusive contra as pessoas que mais ama.
Callie tem pouco tempo. Obstinada por descobrir quem é de fato o Velho e desejando, mais que tudo, uma vida normal para si e para o irmão, ela vai lutar pela verdade. Custe o que custar.
Após tudo que se passou com a protagonista Callie, sua vida parece finalmente entrar nos eixos. Ela vê a destruição da Prime Destinations e seu mundo está maravilhoso, enfim atualmente ela possui um lar, Helena, sua antiga inquilina, deixa sua morada para ela posteriormente a sua morte. Callie finalmente tem um lugar seguro para ela, seu irmão e Michael.
Callie seria mais afortunada ainda se os problemas não insistissem em prosseguir. O Velho está livre e mais nefasto do que nunca. Ele está aperfeiçoando a técnica dos chips utilizados na transposição dos corpos.
Como se isso não bastasse, agora Callie tem passagens em que ela rememora memórias que seu corpo locatário anterior, Helena, tinha desfrutado enquanto ocupava seu corpo. Acrescente a isso a possibilidade que seu pai possa estar vivo todo esse tempo, que o Velho continua acessando sua mente e fala com ela através do chip que tinha sido definitivamente implantado em seu cérebro, da chantagem do mesmo em colocar a vida do seu irmão em perigo caso ela não se entregue para ser alvo de pesquisas... Complica tudo novamente para nossa heroína, mas Callie continua sendo uma personagem forte e íntegra, que não tem medo de conduzir suas obrigações e nem de carregar o mundo nas costas.
Quanto mais adversidades aparecem mais obstinada Callie fica para adquirir autonomia por seu próprio corpo. Ela esquadrinha alucinadamente meios de remover o chip e desmoralizar o Velho e suas estratégias, além de tentar a todo custo proteger os Metais, ou seja Starters que tem os chips fixados na cabeça, que estão sob controle do homem que ela mais odeia na vida e que tem o poder de explodi-los... Tic, tac.
Há uma citação no livro que ressoa genuíno em toda a duologia, "Não confie em ninguém além de você mesma. E em seguida questione essa confiança", ou seja somos questionados todo momento a ver em quem verdadeiramente acreditamos, e se essas pessoas são efetivamente o que demonstram ser ou não.
Sobre a diagramação do livro nada a declarar, como sempre a capa é linda, inquietante; A tradução é ótima e só posso a dizer a vocês que se preparem pois o livro terá ação, mistério e descobertas inquietantes.