Menu

23.4.15

Lançamento de Abril – Editora Arqueiro

 

10

Com tantos lançamentos é dificil se manter sempre atualizado, por isso, trazemos sempre os ultimos lançamentos do mês das editoras parcerias.

1

Jeremy Marsh é um jornalista cético que dedica a vida a investigar e desmentir fenômenos sobrenaturais. Ele está no auge do sucesso, prestes a ir trabalhar na TV, quando recebe uma carta curiosa. Nela, uma senhora relata a ocorrência de luzes estranhas e fantasmagóricas no cemitério da pequena cidade de Boone Creek. Farejando uma boa história, Jeremy sai de Nova York e vai passar uma semana lá.
Quando começa suas investigações, ele conhece a obstinada Lexie Darnell. Responsável pela biblioteca local, ela está determinada a proteger as pessoas e a cidade que tanto ama – e nem um pouco disposta a confiar no
forasteiro. Depois de sofrer pelo término de dois relacionamentos, ela tem duas certezas: a primeira é de que seu lugar é em Boone Creek, e a segunda é de que não se pode acreditar num homem tão sedutor quanto Jeremy. O que ela não imagina é que o jornalista também tem suas feridas. Ele nunca conseguiu superar completamente a dor de seu casamento desfeito e a frustração de saber que jamais poderá ser pai.
Enquanto tenta descobrir a verdade por trás das luzes do cemitério, Jeremy tem que desvendar também os próprios sentimentos e se vê diante de escolhas muito difíceis, entre elas a de voltar para a vida que conhece em Nova York ou fazer algo completamente novo: acreditar.
O milagre é um romance que explora os maiores mistérios de todos: os do coração.

2

3

A série O Mochileiro das Galáxias consagrou Douglas Adams por sua fina ironia e sua capacidade de elaborar histórias hilárias e inusitadas. Porém, essa não foi sua única obra-prima. Também na década de 1980, ele criou o personagem Dirk Gently, cujos elementos principais surgiram quando escrevia episódios para Doctor Who, outro ícone britânico da ficção científica.
Richard MacDuff é um engenheiro de computação perfeitamente normal que sempre se comportou muito bem, obrigado, até o dia em que deixa uma mensagem equivocada na secretária eletrônica de sua namorada, Susan Way. Arrependido, toma a decisão mais natural possível: escalar o prédio dela e invadir seu apartamento para
roubar a fita com a gravação.
Na vizinhança, Dirk Gently bisbilhota os arredores com seu binóculo quando presencia o ato tresloucado do antigo colega de faculdade e decide entrar em contato para lhe oferecer seus serviços investigativos. Depois de uma série de acontecimentos bizarros, o detetive percebe uma interconexão obscura entre a atitude estapafúrdia do amigo e
o assassinato de Gordon Way – irmão de Susan e chefe de Richard, que passa a ser suspeito do crime. Então, os dois veem-se envolvidos num caso incrivelmente estranho, com elementos díspares e desconexos que, no final, conseguem se encaixar de forma perfeita e construir uma trama típica de Douglas Adams.

4

5

“Personagens carismáticos e a alta tensão sexual entre Rannulf e Judith fazem de Ligeiramente maliciosos uma leitura verdadeiramente deliciosa.” – Publishers Weekly
Após sofrer um acidente com a diligência em que viajava, Judith Law fica presa à beira da estrada no que parece ser o pior dia de sua vida. No entanto, sua sorte muda quando é resgatada por Ralf Bedard, um atraente cavaleiro de sorriso zombeteiro que se prontifica a levá-la até a estalagem mais próxima.
Filha de um rigoroso pastor, Judith vê no convite do Sr. Bedard a chance de experimentar uma aventura e se apresenta como Claire Campbell, uma atriz independente e confiante. A atração entre o casal é instantânea e, num jogo de sedução e mentiras, a jovem dama se entrega a uma tórrida e inesquecível noite de amor.
Judith só não desconfia de que não é a única a usar uma identidade falsa. Ralf Bedard é ninguém menos do que lorde Rannulf Bedwyn, irmão do duque de Bewcastle, que partia para Grandmaison Park a fim de cortejar sua futura noiva: a Srta. Julianne Effingham, prima de Judith. Quando os dois se reencontram e as máscaras caem, eles precisam tomar uma decisão: seguir com seus papéis de acordo com o que todos consideram socialmente aceitável ou se entregar a uma paixão avassaladora?

6

7

“Este documento, querida amiga, vai abalar a Igreja.”
Ao ler essas palavras em uma carta encontrada em um arquivo empoeirado, Thomas Kelly fica cético. O documento citado na correspondência está desaparecido, mas Thomas, padre da ordem dos jesuítas, duvida que exista algo com tal poder – até ser convocado ao Vaticano para iniciar uma busca desesperada por ele.
Enquanto isso, diante de um conselho formado por seus superiores, Livia Pietro recebe instruções claras: encontrar um padre jesuíta recém-chegado a Roma e juntar-se a ele na procura da Concordata, um tratado que contém um
segredo tão chocante que poderá destruir para sempre todo o povo de Livia.
Enquanto pistas cifradas do passado lançam os dois em um universo traiçoeiro repleto de obras de arte, maquinações religiosas e conspirações, eles são caçados por pessoas capazes de tudo para achar o documento primeiro. Thomas e Livia, então, precisam correr para montar o quebra-cabeça capaz de redefinir os rumos da história e evitar o caos e a destruição que a revelação da Concordata poderá causar. Livia, porém, tem um segredo: ela e seu povo são vampiros.

8


22.4.15

A Cabeça do Santo – Socorro Acioli

 

13611_g

Pouco antes de morrer, a mãe de Samuel lhe faz um último pedido: que ele vá encontrar a avó e o pai que nunca conheceu. Mesmo contrariado, o rapaz cumpre a promessa e faz a pé o caminho de Juazeiro do Norte até a pequena cidade de Candeia, sofrendo todas as agruras do sol impiedoso do sertão do Ceará.
Ao chegar àquela cidade quase fantasma, ele encontra abrigo num lugar curioso: a cabeça oca e gigantesca de uma estátua inacabada de santo Antônio, que jazia separada do resto do corpo. Mas as estranhezas não param aí: Samuel começa a escutar uma confusão de vozes femininas apenas quando está dentro da cabeça. Assustado, se dá conta de que aquilo são as preces que as mulheres fazem ao santo falando de amor.
Seu primeiro contato na cidade será com Francisco, um rapaz de quem logo fica amigo e que resolve ajudá-lo a explorar comercialmente o seu dom da escuta, promovendo casamentos e outras artimanhas amorosas. Antes parada no tempo, a cidade aos poucos volta à vida, à medida que vai sendo tomada por fiéis de todos os cantos, atraídos pelo poder inaudito de Samuel. Em meio a esse tumulto, ele ainda irá se apaixonar por uma voz misteriosa que se destaca entre as tantas outras que ecoam na cabeça do santo.

Samuel vive em Juazeiro do Norte com sua mãe, Mariinha. Antes de morrer, ela lhe faz dois últimos pedidos: acender uma vela nos pés das estátuas de Padre Cícero, Santo Antônio e São Francisco, seus santos de devoção, e ir para Candeia atrás de sua avó e de seu pai, que ele nunca conheceu. Sob o sol torturante do sertão do Ceará, Samuel parte para sua jornada.

Chegando em Candeia, a recepção de Niceia, sua avó, é um pouco desapontadora. Com a chuva chegando, Samuel acaba se abrigando em uma gruta, que na verdade é a cabeça da estátua de Santo Antônio, que nunca foi colocada no lugar por problemas técnicos, o que acabou desgraçando a cidade. Lá algumas coisas estranhas começam a acontecer. Samuel é capaz de ouvir a reza das mulheres desesperadas que imploram matrimônio ao santo casamenteiro.

Em parceria com Francisco, novo amigo e filho do coveiro, Samuel se torna um mensageiro de Santo Antônio, quase profeta, começando a ganhar dinheiro e revivendo a abandonada e amaldiçoada Candeia.

Com um misto de fantasia e realismo, a história se desenvolve de forma envolvente e sem deixar nenhuma ponta solta, o que eu achava bem difícil de acontecer, sendo um livro de apenas 166 páginas. A leitura é leve e rápida, mas não menos surpreendente.

“ – Eu moro na cabeça e escuto os pensamentos do santo, doutor.

– Ele tá tentando ajudar a cidade – Francisco interveio.

– Você escuta vozes desde quando?

– Desde que cheguei aqui.

– Tem doente mental na sua família?

– O senhor tá achando que eu tô doido? Eu sou normal, doutor! ”

Leitura recomendada!

Trecho em PDF: http://www.companhiadasletras.com.br/trechos/13611.pdf

1618618_868483459858236_1874829721077052912_n

                                                                                                            

Esta resenha foi escrita por Raiana Alves, colaboradora do blog.

Facebook: https://www.facebook.com/raiana.alves.m


20.4.15

Uma Longa Jornada - Nicholas Sparks


Capa comum: 368 páginas
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Idioma: Português
Sinopse:
Aos 91 anos, com problemas de saúde e sozinho no mundo, Ira Levinson sofre um terrível acidente de carro. Enquanto luta para se manter consciente, a imagem de Ruth, sua amada esposa que morreu há nove anos, surge diante dele. Mesmo sabendo que é impossível que ela esteja ali, Ira se agarra a isso e relembra diversos momentos de sua longa vida em comum: o dia em que se conheceram, o casamento, o amor dela pela arte, os dias sombrios da Segunda Guerra Mundial e seus efeitos sobre eles e suas famílias.Perto dali, Sophia Danko, uma jovem estudante de história da arte, acompanha a melhor amiga a um rodeio. Lá, é assediada pelo ex-namorado e acaba sendo salva por Luke Collins, o caubói que acabou de vencer a competição.Ele e Sophia começam a conversar e logo percebem como é fácil estarem juntos. Luke é completamente diferente dos rapazes privilegiados da faculdade. Ele não mede esforços para ajudar a mãe e salvar a fazenda da família. Aos poucos, Sophia começa a descobrir um novo mundo e percebe que Luke talvez tenha o poder de reescrever o futuro que ela havia planejado. Isso se o terrível segredo que ele guarda não puser tudo a perder.Ira e Ruth. Luke e Sophia. Dois casais de gerações diferentes que o destino cuidará de unir, mostrando que, para além do desespero, da dificuldade e da morte, a força do amor sempre nos guia nesta longa jornada que é a vida.

Jamais desfrutei de qualquer leitura do autor Nicholas Sparks e Uma Longa Jornada foi o meu début. Quando iniciei a leitura tive apenas uma reflexão, a escrita do Nicholas era de fato demasiadamente absorvente.

Duas histórias concomitantes vão sendo concebidas com tudo que unicamente um excelente romance pode presentear. O livro tem sua dose de drama e de sobrenatural tornando a leitura bastante agradável. Uma Longa Jornada é relato cativante. Os capítulos são intercalados com a perspectiva dos três protagonistas, o que abrilhanta ainda mais a narrativa, nos ligando a história de vida de cada um deles.

Ira Levinson, um senhor de 91 anos de idade, acabara de sofrer um grave acidente de carro. Ele está ferido e muito debilitado e praticamente se vê sem expectativa de quem alguém o consiga achar vivo no barranco no qual seu carro ficou preso. Sua adorada esposa, Ruth, que morreu há mais de nove anos começa a surgir ficando do seu lado. Pensei que Ira estava ficando louco, mas percebi que o mundo espiritual estava se fazendo presente na história. Pra mim um fato novo, mas a “aparição” de sua amada Ruth lhe renovava as forças e esperanças de Ira. Senti-me privilegiada de estar junto com Ruth e Ira conhecendo particularidades da vida de ambos. Foi marcante acompanhar as lembranças dos dois, desde o momento que se conheceram até o último dia em que estiveram lado a lado, me vi sorrindo várias vezes das brincadeiras espirituosas que ambos tinham e emocionada com as dificuldades que eles enfrentaram.

[...] Gostaria de ter talento para pintar o que sinto por você, porque minhas palavras sempre parecem inadequadas. Imagino usar vermelho para sua paixão e azul-claro para sua bondade; verde-floresta para refletir a profundidade da nossa empatia e amarelo-vivo para nosso persistente otimismo. E ainda me pergunto: a paleta de um artista pode captar tudo que você significou para mim? [...]

Vamos conhecendo também a história de Sophia Danko e Luke Collins. Sophia cursa História da Arte e está em seu último ano de faculdade. Como toda universitária pensa em se formar e arrumar um emprego. Sophia é moça de cidade grande e Luke um lindo fazendeiro que monta touros em rodeios e sem sombra de dúvidas eles não tem nada em comum, mas estão fadados a se conhecerem e se apaixonarem a despeito de suas disparidades. Pude ler com muita expectativa o amor, respeito e cumplicidade surgirem entre os dois, como também os conflitos, medos, inseguranças e por fim um grande segredo que estava por findar o relacionamento de ambos. Luke era compelido mesmo que isso lhe custasse sua vida de auxiliar a sua mãe em salvar a fazenda da família, já que ele se considera o individuo responsável pela mesma está hipotecada.

[...] Quando seus lábios se tocaram, teve uma sensação de descoberta, como a de um explorador que enfim chega a praias distantes que apenas imaginara ou das quais só ouvira falar. Beijou-a de novo e de novo. Quando finalmente se afastou, encostou a testa na dela. Respirou fundo, tentando controlar as emoções, sabendo que não a amava apenas aqui e agora, mas que nunca deixaria de amá-la. [...]

A despeito de Luke e Sophia terem todo o perfil necessário para levar o romance de Nicholas Sparks ao topo dos mais vendidos me vi perdidamente tomada por Ira Levinson... (me julguem, mas ele era simplesmente adorável).

[...] Entendo que o amor e a tragédia andam de mãos dadas, porque não podem existir sozinhos, mas ainda assim me pergunto se a troca é justa. [...]

Não quero escrever mais nada, pois está faltando pouco para eu falar o final da história, só posso adiantar a vocês que é um final até previsível, mas não deixa de ser marcante e infinitamente lindo.

A capa definitivamente não me agradou, sei que é a capa do filme e tal, mas a mulher em nada se parece com a Sophia, enfim... Não me parece em nada fiel a história. Quanto à diagramação achei ótima e a fonte agradável de ler. Recomendo a leitura a todos e estou ansiosa de ler novos títulos desse tão aclamado autor.



19.4.15

Diário de Um Adolescente Apaixonado - Rafael Moreira



Capa Comum: 128 páginas
Autor: Rafael Moreira
Editora: Novo Conceito
Selo: Novas Páginas
Idioma: Português

Sinopse:

Ele suou frio quando deu o primeiro beijo. Já sofreu bullying na escola. Já gostou de quem não gostava dele. Sente muita falta de quem foi embora. Já brigou com a namorada por Whatsapp e depois pediu desculpas. Ele não troca os amigos por ninguém. Se bem que amigo, AMIGO mesmo, pra ele, é a família. Em 24 crônicas bem-humoradas (claro), o Rafa conversa com a gente como se estivesse bem pertinho. Acostumado a mostrar o rosto na internet, ele criou coragem e começou a escrever sobre as situações da sua infância, sua relação com a família, com as meninas, com os amigos. De cada história, ele tirava uma reflexão sobre as mudanças que já aconteceram na sua vida e o que ele aprendeu com elas. O resultado está aqui, neste livro que você vai ler e depois abraçar bem apertado.


Vamos lá para uma mini resenha e o livro adotado de hoje foi Diário de um Adolescente Apaixonado do Rafael Moreira, que está segmentado em 24 crônicas, aonde ele vêm abordando de maneira bem descontraída de seu relacionamento com amigos, família, escola e de situações que acontecerem em sua vida que por sinal sua maioria são beeem divertidas, e ao final de cada crônica ele sempre coloca uma frase se efeito, bem inspiradora para a moçada. Achei a abordagem simples, bem jovial e o que mais curti é o paralelo que ele traça dos acontecimentos e fatos que marcaram infância e juventude e como esses fatos contribuíram em sua forma de pensar e agir. Se você é um rapazinho o livro traz dicas valiosas de como lidar com sua namorada, TPM e como ser um cara legal.

O livro é bem curtinho, tem apenas 126 páginas, têm ilustrações bem fofinhas, folhas amareladas e a fonte eu achei bem diferente e agradável. Enfim uma leitura jovem, rápida, relaxante que traz muitas reflexões e parece mais um bate papo entre amigos tornando assim a leitura bastante fluída!