Menu

8.5.15

Tubarão - Peter Benchley


Edição: 1
Editora: DarkSide® Books
ISBN: 9788566636369
Ano: 2015
Páginas: 320



Autor: Peter Benchley
Tradutor: Carla Madeira
Sinopse: Tubarão - Você não está vendo, mas ele está lá no fundo, observando suas pernas se mexerem nas águas turvas. A mais perfeita máquina assassina da natureza, o predador que mantém seu posto no topo da cadeia alimentar desde a época dos dinossauros. Um torpedo de carne, ossos e dentes. Não há para onde fugir. Se você sempre devorou livros, chegou a hora da revanche.



Dia quente de sol e um ótimo dia para uma praia, não acha?! Então vista logo sua roupa de banho e vem comigo dar um mergulho. Eu vou ficar por aqui mesmo com a água na altura dos joelhos, obrigada.  Também não recomendaria que você fosse muito para o fundo, nunca se sabe o que pode estar espreitando dentro da água... O_O

Bom pessoal, o livro conta a história de “Martin Brody”, que é o chefe de policia da pequena cidade de “Amity”, a beira-mar. Amity é uma cidade de veraneio de mais ou menos 2 mil habitantes, que sobrevive dos turistas que chegam anualmente nas estações mais quentes para desfrutar de suas belas praias de águas tépidas. Mas toda a sobrevivência da cidade se vê ameaçada quando a sombra da morte chega às praias de desta bucólica cidade, na forma de um gigantesco e voraz tubarão branco. Brody se vê então na difícil situação de achar e matar esse tubarão, antes que a noticia dos ataques se espalhe e afete de maneira irremediável a economia local.
Sei o que você esta pensando nesse momento: “Mas pera aí, eu já ouvi essa história antes! E acho que foi na TV!” .___.
Sim caro mancebo, você esta correto... Foi exatamente neste livro que foi baseado aquele filme antigoooo de mesmo nome... Simmmm, aquele mesmo que passava religiosamente uma vez ao ano nos bons e velhos tempos de sessão da tarde. Mas fique logo avisado que o livro e o filme tem várias diferenças entre si. Apesar de a versão para a telona ter mantido muito da historia original de seu irmão impresso.
O livro mostra bastante os ataques, mas eles não são o foco principal... Você acompanha o cotidiano dos habitantes de Amity durante todo o ocorrido (principalmente do chefe de policia Brody) e todos os estragos que são causados a frágil economia local e a vida dessas pessoas. Mostrando que dentro ou fora da água, ninguém sai impune e que todos estão à mercê desse voraz peixe.
O livro é fluído e muito gostoso de ler. Para vocês terem uma ideia, já é a segunda vez que estou lendo (li anos atrás com uma edição antiguinha que comprei em um sebo) e li metade dele em uma noite no período entre a novela das nove e o programa do Jô (sei disso porque minha mãe estava vendo TV do meu lado enquanto eu estava lendo ¬¬). Ele foi relançado recentemente pela editora Darkside, com direito a duas edições (simples e de capa dura) que são um luxo!
Edição de capa dura à esquerda e brochura à direita
O livro esta mais do que recomendado e garanto que quem se arriscar terá uma agradável surpresa com sua leitura e jamais verá o mar da mesma forma de novo...
                 Beijo grande a todos e tenham sonhos terríveis.



***
Escrito por Mary Zombie, colaboradora do blog. http://www.skoob.com.br/usuario/45011

6.5.15

Para Sir Phillip, com amor – Julia Quinn

Para Sir Phillip_16mm.inddÉ possível apaixonar-se por alguém a quem não se viu nunca? Eloise e Phillip estão a ponto de descobri-lo. Ela, a pequena da família Bridgerton, vai a casa dele quando, depois de um ano de amizade por carta, recebe sua surpreendente oferta de matrimônio. Eloise está disposta a acabar com seu celibato, mas seu sonhado pretendente não encaixa com a imagem do homem que a espera: não só é rude e introvertido, muito diferente dos cavalheiros londrinos com quem está acostumada, mas sim - algo que esqueceu de mencionar em suas cartas- tem duas crianças de oito anos que, desde a morte de sua mãe, converteram-se em autênticos diabos. Mas Eloise é uma Bridgerton, e não se rende facilmente: não se criou com sete irmãos para deixar-se vencer agora por dois pequenos malcriados. Phillip, por sua parte, somente queria uma esposa e uma mãe para seus filhos, mas a aparição de Eloise lhe promete muito mais: um futuro cheio de paixão e emoções... e o final da vida tranqüila e sossegada que, até recentemente, confundia com a felicidade.

Julia Quinn ganhou o posto de minha autora preferida, dividindo espaço com a Diva Nora Roberts, digamos que “em pé de igualdade” e olha que atualmente esse não é um posto fácil de se ganhar! Os livros da Julia tem uma pitada de drama, de delicadeza, de bom-humor, de romance,  sem contar que ainda são de época (minha fase favorita para histórias).   Hoje vamos falar de mais um livro dos irmãos Bridgertons : “Para Phillip com amor”  o 5º livro lançado no Brasil da série não podia ser diferente dos demais… PERFEITO! Eloisa e Phillip ganharam todo o meu amor com sua história. Eloisa cativa pelo amor pela palavra escrita e Phillip por seu amor pela rosas. Um completa ou outro, e os dois nos fazem mais uma vez acreditar em contos de fadas.

Acho que ainda estou caidinha pelo Phillip, senti muito por ele,  quando comecei a conhecer  a vida com a primeira esposa, os problemas, o sofrimento… me fez querer colocá-lo no colo ou me colocar no colo dele (seria bom do mesmo jeito, tá?) aí vem Eloisa, que dos outros livros, me parecia ser uma garota bisbilhoteira, engraçada, leal aos amigos, mas solitária. Parei de sentir pena do Phillip e quis bater na cabeça dele para ele enxergar a mulher incrivel que estava ali para ele. Ainda bem, que estamos falando dos Bridgertons e conhecendo os irmãos de Eloise podemos concluir que minha aflição foi desnecessaria, deram conta do recado e uns socos no mocinho avoado.

Chorei um bocado lendo este livro - Tá! eu choro com qualquer coisa , eu sei, mas a autora deu uma sensibilidade muito grande aos personagens. Uma história familiar, sem vilões e bruxas pra infernizar, só sentimentos contraditórios e pessoas orgulhosas. Adoro livros que expõe os sentimentos tanto da mocinha quanto do mocinho, a autora fez isso neste livro o que muito me agradou.

Gostei especialmente da carta que ela deixa para sua filha recém-nascida, me lembrou muito da minha mãe, que fazia poesias para mim desde quando soube que me esperava:


"Tenho tanta coisa para lhe ensinar, minha pequena. Espero poder fazer isso servindo-lhe de exemplo, mas também sinto a necessidade de escrever algumas coisa tambem. Essa é uma peculiaridade minha, que eu espero que você descubra e considere divertida quando ler esta carta.

Seja forte.

Seja cuidadosa.

Seja conscienciosa. […]

Ria. Ria alto e sempre. E, quando as circunstâncias pedirem silêncio, transforme sua gargalhada em um sorriso.

Não se acomode. Saiba o que quer e corre atras. E se não souber o que quer, seja paciente. As respostas chegarão no tempo devido […]

Seja bem-vinda ao mundo, minha pequena. Estamos todos muito felizes com a sua chegada” (p.276)


4.5.15

After - Depois da Verdade - After # 2 - Anna Todd

 
After - Depois da Verdade - After # 2 - Anna Todd
 
Sinopse:
 
No segundo livro, Tessa tenta esquecer Hardin, o jovem caótico e revoltado que partiu seu coração em vários pedaços. Mas ela está prestes a descobrir que alguns amores não podem ser superados. Como apagar da memória as noites apaixonadas em seus braços, ou a eletricidade de seu toque? Hardin sabe que cometeu o pior erro de sua vida ao ter magoado Tessa tão profundamente. Ele não acha que merece tê-la de volta, mas se recusa a deixá-la partir. Neste livro, Hardin vai lutar com toda a sua força para reconquistar o grande amor da sua vida. Ao longo do caminho, os seus mais profundos segredos serão revelados. Depois da verdade, será que o amor de Tessa e Hardin resistirá? ”
 
Tess e Hardin, simplesmente adorei o vai e vem da vida de vocês. É incrível.
Quando um apronta, o outro perdoa isso acontece no livro todo.
Brigas, vão embora um para longe do outro, voltam, fazem as pazes. Embora as tréguas sejam curtas, eles superam tudo (até o imperdoável) em nome desse amor.
Tess deixa tudo, rompe com tudo e com todos para ficar com Hardin. No primeiro livro ele é uma pessoa violenta, briguenta, sem amigos verdadeiros, só parceiros de sacanagens.
É insensível quanto às maldades que pratica. Mas no segundo livro tudo começou a mudar, quando alguma “coisa” se partiu, deixando-o enojado, quando mostrou aos “amigos”, o resultado da besteira grotesca que ele fez. Que tudo tinha a ver com Tess.
Mesmo depois de tudo o que pensava em fazer, de ter um relacionamento, Hardin começa a ver Tess com outros olhos, nem ele mesmo sabe como isso aconteceu.
 
Despois de descobrir a verdade Tessa não pode ficar no alojamento da faculdade, muito menos na casa da mãe, Zed oferece seu apartamento, mas ela opta por ficar na casa do seu melhor e único amigo Landon, que por acaso é enteado do pai de Hardin.
Como louco Hardin procura conversar com Tessa, para explicar o inexplicável, com a única desculpa de “eu não presto, mas eu te amo”.
Apesar de muito magoada, mas sabe que o ama demais e sentindo pena do seu estado físico e de suas olheiras, atende aos pedidos de Hardin e volta pro apartamento dele para “conversarem”.
Como eles se amam (ao seu modo) e se desejam demais, fazendo as pazes ou brigando Hardin e Tessa, ficaram juntos? Apesar de tudo o que acontece, as mentiras que um dia ficou assombrando o relacionamento vem à tona, por isso não pretendem mais mentir um para o outro.
 
No segundo livro gosto mais dessa Tessa decidida e certa do que quer. É muito bom ver a mudança de comportamento e de atitude de Hardin sobre tudo. Sobre o relacionamento conflitante com seu pai, a vontade de mudar para melhor por causa de Tessa, mas o jeito idiota de ser parece não querer sair dele. Na verdade em muitos momentos tenho vontade de entrar no livro é dar uma voadora ele, mas mesmo assim Hardin e Tessa são apaixonantes.
Ansiosa para ler a continuação.


Título: After - Depois da Verdade - After # 2
Autor(a): Anna Todd
Editora: Paralela
Número de Páginas: 632