Menu

25.5.16

Dois Anos, Oito Meses e 28 Dias - Salman Rushdie





Edição: 1
Autor: Salman Rushide
Editora: Companhia das Letras
Ano: 2016
Páginas: 336
Sinopse: Depois de uma tempestade em Nova York, fatos estranhos começam a ocorrer. Um jardineiro percebe que seus pés não tocam mais o chão. Um quadrinista acorda ao lado de um personagem que parece um de seus desenhos. Ambos são descendentes dos jinn, figuras mágicas que vivem num mundo apartado do nosso por um véu. Séculos atrás, Bunia, princesa dos jinn, apaixonou-se por um filósofo. Juntos, tiveram filhos que se espalharam pelo mundo humano. Quando o véu é rompido, tem início uma guerra que se estende por mil e uma noites — ou dois anos, oito meses e vinte e oito noites. Mais uma vez, Salman Rushdie cria uma obra-prima sobre os conflitos ancestrais que permanecem no mundo contemporâneo.




***
Em Dois Anos, Oito Meses e 28 Dias, temos uma história que segue vários momentos. Escrito em terceira pessoa, temos uma visão ampla dos acontecimentos em várias partes do mundo. O livro nos apresenta vários personagens e as situações esquisitas, conhecidas como estranhezas, que acontecem com eles.

Raphael Hieronymus Manezes nasceu em Bombaim, na Índia. Era filho ilegítimo do padre Jeremias D’Niza. Raphael foi mandado pelo pai para Nova York logo depois da morte de sua mãe, onde trabalhou com o tio Charles no seu escritório de arquitetura. Acabou ficando conhecido como Geronimo. Depois anos, ganhou o escritório do tio e o transformou em um estúdio de paisagismo e passou a ser chamado como Mr. Geronimo. Anos se passaram, e depois três dias e três noites, Mr. Geronimo percebe que não consegue colocar os pés no chão. Está flutuando de forma misteriosa.

“E foi ali que Mr. Geronimo notou que seus pés apresentava um problema novo e sério. Ao pisar na lama, suas botas não chapinhavam nem se prendiam. Deu dois ou três passos desorientado pelo negrume, olhou para trás e viu que não tinha deixado pegadas.” Página 35

Além dessa peculiaridade de Mr. Geronimo, outros também apresenta algumas estranhezas. Um bebê enrolado em uma bandeira da Índia é deixado misteriosamente no gabinete da prefeitura. A prefeita Rosa Fast logo percebe que a criança tem um dom. De alguma maneira a criança consegue expor a corrupção nas pessoas apenas com sua presença, deixando marcas de ulceração em suas peles.

Esses e muitos outros casos vieram a acontecer. Um tomento se assola sobre a terra, várias estranhezas acontecem com as pessoas durante Dois Anos, Oito Meses e 28 Dias.

O que está acontecendo? Mas o que realmente essas pessoas tem? O que o mundo não sabe é que eles são descendentes de djins, seres mágicos. Eles habitam um mundo aparte do nosso, onde apenas uma camada invisível separa os dois mundos. Esse mundo se chama Peristão ou Mundo Encantado. Teve uma época que os djins passavam para o nosso mundo e podia tomar nossa forma, mas o portal foi fechado. E agora muitos anos depois, o portal foi aberto novamente e nada de bom pode vir disso.



Salman Rushdie é indo-britânico. Ele é um autor bastante peculiar. Seu estilo de escrita mescla mito e fantasia com a vida real. Ele utiliza muito de religião em seus livros, em um deles o autor despertou a ira de aiatolá Ruhollah Khomein, líder religioso do Irã. Esse exigiu a morte do autor por blasfemar contra o profeta Maomé.

Seu tipo de escrita não me agradou. Não sei se pode ter sido a tradução ou a maneira como o próprio autor aborda os assuntos tratados no livro e sua maneira de estruturar seu texto. Os parágrafos são extremamente longos e em algumas ocasiões as falas ou pensamentos são atropelados e ficam misturados junto com a narração. Senti-me confusa muitas.

Se o livro tivesse sido escrito de uma maneira diferente, talvez eu tivesse apreciado a leitura. Uma pena, pois a história tem uma premissa bastante interessante, porém o livro se tornou para mim redundante e tedioso.




2 comentários:

  1. nunca tinha visto esse livro, a proposta é intrigante!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Thalita!
    Pois é, a proposta é mesmo interessante, mas o livro não conseguiu me conquistar. :/
    Boa noite!

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.