Menu

2.6.16

A Garota do Calendário - Janeiro


Título Original: Calendar Girl: January
Autora: Audrey Carlan
Editora: Verus
Ano: 2016
Sinopse: Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal
Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. 
Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... 
Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.



Simplesmente arrasador, de tirar o fôlego, de não conseguir desgrudar os olhos até alcançar seu êxtase.

Mia Saunders é uma mulher de Las Vegas, mas que saiu da cidade depois de relacionamentos desastrosos. Possui uma irmã mais nova a qual ela cuida e também um pai que dá mais trabalho que a irmã. E é por causa dele que procura sua tia, Millie – Sra. Millan se você for trabalhar para ela – que tem um jeito de ajudá-la a pagar a dívida milionária do pai: Millan é dona de uma empresa de acompanhantes de luxo, que oferece um excelente pagamento para as suas funcionárias. Sexo não está incluso, uma vez que a prostituição é contra a lei... Mas isso não significa que Mia não possa se divertir, não é?

Trilha sonora escolhida para ouvir durante a resenha \o/
Como todo trabalho, há algumas regras a serem seguidas como por exemplo “estar com a melhor aparência possível”, “sorria constantemente” ou “não fale, a menos que falem com você”. E é claro que regras assim fazem pensar que você é apenas uma boneca ao lado de um cara que lhe comprou por algumas horas, dias ou meses. É torturante pensar que quase toda sua personalidade precisa ser esquecida para ser quem a pessoa contratante queira que você seja. 

E por isso, Mia encara o novo trabalho como se estivesse caminhando para um mês de tortura, esperando ter aguentar algum mauricinho mimado e chato. Mas o que encontra é um cara gentil, modesto e divertido. E lindo, claro. 

Não existe romance... Ou não deveria existir, pelo menos. Uma vez que Mia está com ele a trabalho, que consiste em afastá-lo das interesseiras de Los Angeles e mantê-lo focado em suas reuniões e coquetéis de trabalho nos contatos os quais ele precisa fazer. E é até interessante acompanhar Mia nesses locais, uma vez que ela acaba percebendo seu próprio preconceito a respeito dessas mulheres:

“Tecnicamente, eu estava ao lado de Wes pela mesma razão que todas elas estavam ali: dinheiro. Eu precisava de grana e, se elas precisavam ou queriam, realmente não fazia diferença. Ao pensar nisso, meu estômago se contraiu desconfortavelmente. Aquela revelação me fez sentir uma onda de enjoo e repulsa.”

Mia é uma mulher notável, é forte em seus desejos e opiniões e, mesmo sabendo que poderia resolver a situação financeira de seu pai rapidamente, ela se atém a seus objetivos. Sempre cuidou de todos, deixando sua própria vida de lado. 

Fevereiro!
Não vemos muito de Wes, só que ele é um cara família e aparentemente honrado... E Extremamente sexy, o que torna bem complicado para Mia não querer fazer sexo. Ele mesmo apresenta algumas regras, mas nada muito complicado de seguir e que já não estejam no contrato da própria agência de acompanhantes de luxo.

O livro é pequeno, o que achei ruim!!! Queria ver mais do mês de Janeiro, foi bonito ver a relação de uma contratada e um contratante, ambos blindados contra o amor por alguns motivos. 

E vocês não imaginam a minha ansiedade de compartilhar o livro e fotos antes do dia 6! Assim a editora mata de vontade a blogueira, gente!!! Tinha visto já sobre o livro e me atraído por ele, mas foi uma surpresa alucinante recebê-lo antes de todo mundo e ficar cercada de segredos! Queria dar pulinhos de alegria quando abri o envelope e achei ele lá, bonitinho!!! 

A série A Garota do Calendário contará com 12 volumes, sendo que Janeiro e Fevereiro já estão em pré-venda, tem lançamento para o dia 20 de junho de 2016, você não pode perder!

Leitura recomendada para calcinhas e cuecas molhadas, moçes!!!



1 comentários:

  1. oi linda flor, ainda não sei bem o que pensar.... estou com um pé atrás principalmente por ser uma série tão longa, mas vamos ver quando as resenhas começarem a chegar!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.