Menu

11.6.16

{Recomendação} O menino que desenhava monstros



Já falei o quanto amo os livros lançados pela DarkSide, né? Capa dura, marcador próprio, páginas boas de ler... E estórias que fazem seu espírito sair do corpo de tanto suspense ou terror!

Esse livro me deu vontade de ler por algumas razões: quando era criança, eu costumava criar histórias, sendo quegrande parte delas eu contava para meus primos da mesma idade ou menores, contos de suspense ou terror. Modéstia à parte, eu arrasava nisso.

E, se eu tinha um medo... Por exemplo, medo do Freddy Krueger (eu tenho até hoje, gente!!! Sem nunca ter visto nenhum filme!), eu brincava com ele. Tipo, em forma de história. Criava todo um cenário e lutava contra o damn Freddy. Se não fizesse isso, eu sabia que ia ter pesadelos com ele à noite e assistiri- matar meus pais, ou só meu pai e minha mãe me ajudava e vice-versa. 

Como não tinha muitos amigos, era mais sozinha mesmo que eu fazia essas coisas. Era minha forma de enfrentar meus medos: transformá-los em monstros das minhas brincadeiras para que assim eu pudesse vencê-los. E fiz isso até minha adolescencia, motivo o qual eu não dormia muito... Ficava em meu quarto à noite toda, criando histórias antes de dormir. Lembro de uma vez em que eu acabei pegando no sono deitada no chão, minha mãe que me acordou e achou que eu havia caído da cama!  ¯\_(ツ)_/¯ 

A história de Jack me lembrou muito essa fase de minha vida (exceto que os monstros dele são reais e os meus... bem, assombravam só a mim).

Vamos ao livro!



Todos já desenharam monstros na infância, mas poucos conseguiram dar vida a eles.

Título Original:The Boy Who Drew Monsters
Autor: Keith Donohue
Editora:DarkSide Books
Data de Lançamento: 10/06/16

Jack Peter é um garoto de 10 anos com síndrome de Asperger que quase se afogou no mar três anos antes. Desde então, ele só sai de casa para ir ao médico. Jack está convencido de que há de monstros embaixo de sua cama e à espreita em cada canto. Certo dia, acaba agredindo a mãe sem querer, ao achar que ela era um dos monstros que habitavam seus sonhos. Ela, por sua vez, sente cada vez mais medo do filho e tenta buscar ajuda, mas o marido acha que é só uma fase e que isso tudo vai passar.

Não demora muito até que o pai de Jack também comece a ver coisas estranhas. Uma aparição que surge onde quer que ele olhe. Sua esposa passa a ouvir sons que vêm do oceano e parecem forçar a entrada de sua casa. Enquanto as pessoas ao redor de Jack são assombradas pelo que acham que estão vendo, os monstros que Jack desenha em seu caderno começam a se tornar reais e podem estar relacionados a grandes tragédias que ocorreram na região. Padres são chamados, histórias são contadas, janelas batem. E os monstros parecem se aproximar cada vez mais.



"Na superfície, O Menino que Desenhava Monstros é uma história sobre pais fazendo o melhor para criar um filho com certo grau de autismo, mas é também uma história sobre fantasmas, monstros, mistérios e um passado ainda mais assustador. O romance de Keith Donohue é um thriller psicológico que mistura fantasia e realidade para surpreender o leitor do início ao fim ao evocar o clima das histórias de terror japonesas.

Um livro para fazer você fechar as cortinas e conferir se não há nada embaixo da cama antes de dormir. O Menino que Desenhava Monstros receberá o tratamento monstruoso já conhecido pelos leitores da DarkSide® em 2016. A história também ganhará uma adaptação para os cinemas, dirigida por ninguém menos que James Wan, o diretor de Jogos Mortais e Invocação do Mal."

Sobre o autor: Keith Donohue é o autor do best-seller The Stolen Child, além de The Angels of Destruction e Centuries of June. Seus livros já foram traduzidos para mais de doze idiomas. O Menino que Desenhava Monstros chamou tanto a atenção do público que rapidamente teve seus direitos vendidos para o cinema. O autor, que tem Ph.D. em Inglês pela Catholic University of America, vive em Maryland. Saiba mais em keithdonohue.com.


OBS: Ainda tenho medo de monstros embaixo da cama. 


1 comentários:

  1. uau, mais um dos grandes livros de suspense e terror da editora
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.